quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Intervenção do PSB Estadual em Garanhuns


Sileno Guedes, presidente estadual do PSB, não aceitando o lançamento da pré-candidatura do ex-vereador e empresário Givaldo Calado de Freitas (PSB), - motivo pelo qual, não compareceu a reunião do PSB local, realizada no último sábado (7), no auditório do Garanhuns Palace Hotel - interviu com mão de ferro na atual comissão provisória, aproveitando, que ela havia caducado no último dia do ano passado, para nomear novos membros, desta vez, alinhados com os desejos do Palácio, o qual, já trabalha para tentar eleger o atual prefeito de Lajedo, Antônio João Dourado, em Garanhuns.

PRESSÃO SOFRIDA POR IVAN RODRIGUES

Segundo membro destituído do PSB, o qual pede reserva quanto ao seu nome, na noite da sexta-feira (6), véspera da reunião do partido, acontecida na manhã do sábado (7), o Dr. Ivan Rodrigues, recebeu uma ligação um tanto quanto indelicada do prefeito de Lajedo, Antônio João Dourado, o qual se mostrava bastante insatisfeito, com a notícia da indicação do nome de Givaldo Calado de Freitas, como mais um pré-candidato do partido, avisando assim ao Dr. Ivan Rodrigues, que iria se queixar de tal manobra, ainda naquela noite, com Sileno Guedes, como também com o Governador Eduardo Campos.

REPLAY DE 2008

Em 2008, após outra intervenção, a época, para apoiar a candidatura do ex-prefeito de Caetés, em Garanhuns, Zé da Luz, o PSB estadual também fez com que todos do partido sentissem o peso de sua mão de ferro.

Agora, quatro anos depois, a história se repete, tendo o palácio, escolhido como candidato do partido desta vez, o atual prefeito de Lajedo, Antônio João Dourado, o qual, a pedido do Governador Eduardo Campos, transferiu o seu domicilio eleitoral para Garanhuns, em outubro passado, prazo final para poder ser candidato a prefeito na cidade.

“Em 2008, tentaram fazer conosco a mesma coisa, só que nos da comissão provisória, na época, junto com mais alguns filiados, fizemos um ato de desfiliação em massa. O Palácio já deveria ter visto que Garanhuns não aceita imposições. Errou em 2008 com Zé da Luz, e erra agora em 2012 com Antônio João, é o mesmo filme, com novos atores. Isso só faz mostrar a todos, o partido pouco democrático que o PSB é”, diz Audálio Ramos, ex-presidente do PSB e atual presidente do PSDC na cidade. E encerra se solidarizando com os atuais membros que sofreram a intervenção. “Quero aproveitar o espaço, para me solidarizar com todos que estão passando por esse constrangimento agora, e dizer que, o PSDC esta de portas abertas, para todos que quiserem vim, pois aqui não temos coronéis.” Finaliza.

REVOLTA E INDIGNAÇÃO NAS REDES SOCIAIS

Nas redes sociais, o clima já é de revolta e indignação com a nova intervenção do PSB estadual na cidade, como já se pode ver nos primeiros comentários surgidos até o momento sobre o assunto, no “Grupo Amigos de Garanhuns no Facebook”. Veja abaixo, alguns desses comentários:



Nenhum comentário:

Postar um comentário