terça-feira, 21 de novembro de 2017

Daniel da Silva na secretaria de saúde; sim ou não?


Em contato com a nossa redação, o vereador Daniel da Silva (PSC) se disse grato e lisonjeado por ter seu nome cogitado para assumir tal responsabilidade que é conduzir a secretaria de saúde de Garanhuns, tamanho é seu orçamento e abrangência, mas faz questão de negar que tenha sido convidado pelo prefeito Izaías Régis (PTB) para assumir a pasta, afirmando ainda que não saber nem porque destas especulações, já que nunca ouviu do prefeito a vontade de substituir a atual secretária, Shisneyda Furtado, pela qual afirma ter um grande apreço, já dizendo ser explicito o excelente trabalho que Shisneyda vem exercendo a frente da saúde pública de Garanhuns.


“Olá amigo Cisneiros, fico muito feliz em poder estar mais uma vez aqui no Blog do Cisneiros para falar com seu público que o acompanha. Cisneiros? Fiquei muito lisonjeado em ter meu nome lembrado para assumir uma secretaria como a de saúde em Garanhuns, tamanho é seu orçamento e abrangência, realmente uma grande missão, mas também afirmo que em momento algum ouvi do prefeito a vontade de trocar a atual secretária, Shisneyda Furtado, nem muito menos recebi tal convite, sendo assim, o que posso afirmar é que tenho um grande apreço pela atual secretária e que é explicito a todos o excelente trabalho que ela vem executando a frente da saúde pública municipal de Garanhuns,” afirma o vereador Daniel da Silva.

Ainda segundo a nossa fonte, está tudo certo para caso os áudios com a possível fala de Shisneyda afirmando que o prefeito comete crime de responsabilidade ao dizer que os recursos da saúde estão indo para outras secretarias, e a depender de mais algum dano a imagem do governo que tais audios poderiam ferare, então Daniel assumiria com a possível queda de Shisneyda. Mas tudo ainda estaria no campo das especulações, pois o áudio tão falado até agora não vazou em lugar nenhum.



Veja a seguir print de conversa que tivermos na tarde desta terça-feira (21) com nossa fonte do governo municipal do prefeito Izaías Régis,  via whatsapp, enquanto escrevíamos está matéria:


Ortobom inaugura loja em grande estilo em Garanhuns


Aconteceu na última quinta-feira (16), em grande estilo, a inauguração da nova loja do grupo Ortobom em Garanhuns. Fechada para reforma e sob nova administração, a nova franquia da Ortobom na cidade trás o que a de melhor e mais sofisticado produzido pelo grupo e distribuído nacionalmente nos grandes centros consumidores do país, tudo encontrado na nova loja em Garanhuns.


Em grande estilo


Josenildo Santana, Mônica Libório, da D’Lara Recepções, e a filha do casal, Lara.

Sem nenhuma sobra de duvida podemos dizer que a inauguração da nova loja foi em grande estilo, contando com bufê D’Lara recepções, apresentação de Saulo Paes, e direção, organização e competência do supervisor do Grupo Ortobom para grande parte do interior do estado, Josenildo Santana, grande responsável pelo sucesso da inauguração da nova loja e por muitos convidados que lá estavam prestigiando o evento.

Ideologia de Gênero: Vamos celebrar a estupides humana; Respeito, só isso; Respeito, nada mais que isso!


Vamos celebrar a estupides humana, vamos celebrar a ganancia, a inveja, a estupides religiosa, a loucura e o fanatismo, os extremos, seja de que lado ou lados forem, vamos festejar a violência, a intolerância e incompreensão, vamos celebrar o horror de tudo isso com festa velório de caixão, assim, parafraseando o grande e saudoso Renato Russo, um dos maiores poetas da atualidade e porque não dizer da humanidade, externo o meu sentimento ao final da audiência pública sobre ideologia de gênero que aconteceu na manhã desta terça-feira (21) na câmara de vereadores de Garanhuns.

Sim, palavras fortes usadas acima, mas não pode ser diferente, quem lá esteve ou quem assistiu a Live do Blog do Cisneiros na nossa página no Facebook, deve ter tido a mesma sensação, onde posso afirmar, sem exagero nenhum, que em alguns momentos me senti na idade media, ou talvez na cidade de Salem nos Estados Unidos, cidade esta que ficou famosa devido a luta de grupos religiosos contra quem eles acusavam de bruxaria, ou de serem bruxas ou bruxos dependendo do caso, foi assim que me senti ao presenciar o comportamento de alguns ditos religiosos que lá estavam empunhando a sua verdade religiosa, defender Jesus mandando o que pensa diferente tomar no C*, perdão, mais foi o que ouvi e os que lá estavam ouviram sair da boca dos “defensores da família”, seria engraçado, se não fosse trágico.

Teve momentos em que juro que tive medo de que os que não comungavam dos mesmos pensamentos de alguns religiosos pudessem sair dali linchados. Rapaz, interessante como que alguém que vai defender sua religião, sua mensagem cristã, mensagem está de paz e amor, pode usar e se embriagar de tanta cólera e violência para tal. Volto a dizer, seria muito engraçado, se não fosse trágico.

Já do outro lado vejo em muitos a necessidade de implantar a sua ideologia a força a toda sociedade, os mesmos que exigem respeito ao seu ponto de vista, não respeitam o ponto de vista oposto ou seja lá qual for, se não for o deles, então são homofônicos. Repito, vejo isso no comportamento de alguns.

Muitos hoje já afirmam que a discussão sobre ideologia de gênero é muito mais ampla, envolvendo fatores diversos da sociedade, desde a violência contra a mulher, bem como aos homossexuais, a aceitação do diferente e muito mais, mas o que se vê em parte dos defensores da diversidade é a vontade desenfreada de impor seu pensamento a toda sociedade, e começando logo pelas nossas crianças, logo pelas nossas crianças, o que temos de mais sagrado na nossa sociedade, à base de toda família, isso não posso admitir, isso não, aí vocês já estão indo longe demais.

Amigos, seja de que lado você se veja, seja que verdade que você defenda, nós, todos nós, só precisamos ter em mente uma coisa, uma única coisa, ou melhor, um único sentimento, uma única palavra, RESPEITO, nada mais que isso, simplesmente... RESPEITO.

Sim, RESPEITO, você só precisa respeitar a opinião do outro, nada mais que isso, ser tolerante. Agora, quando digo RESPEITO, é RESPEITO, como respeitar o meu direito de não concordar com seu ponto de vista. Nem o estado, nem as escolas, nem grupesco nenhum tem o direito de dizer como devemos educar nossos filhos, o estado pode dar diretrizes na área educacional escolar, mas não em que religião nossos filhos devem seguir, nem muito menos querer interferir na orientação sexual de uma criança. Querer intervir no âmbito privado familiar é inadmissível. Como também dizemos que fanáticos religiosos não podem querem impor sua ideia, nem gruescos de sabedores de tudo não tem o direito de desrespeitar nenhuma religião, seja ela qual for.

RESPEITO é bom, e se exige para todos os lados!


Abaixo, letra e clipe da música Perfeição do grande e saudoso, Renato Russo, da super banda Legião Urbana. Logo a seguir, Live do Blog do Cisneiros.




Perfeição
Legião Urbana
 
Vamos celebrar a estupidez humana
A estupidez de todas as nações
O meu país e sua corja de assassinos covardes
Estupradores e ladrões

Vamos celebrar a estupidez do povo
Nossa polícia e televisão
Vamos celebrar nosso governo
E nosso estado que não é nação

Celebrar a juventude sem escola, as crianças mortas
Celebrar nossa desunião
Vamos celebrar Eros e Thanatos
Persephone e Hades
Vamos celebrar nossa tristeza
Vamos celebrar nossa vaidade

Vamos comemorar como idiotas
A cada fevereiro é feriado
Todos os mortos nas estradas
Os mortos por falta de hospitais

Vamos celebrar nossa justiça
A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos
O voto dos analfabetos

Comemorar a água podre e todos os impostos
Queimadas, mentiras e sequestros
Nosso castelo de cartas marcadas
O trabalho escravo, nosso pequeno universo
Toda a hipocrisia e toda a afetação
Todo roubo e toda indiferença
Vamos celebrar epidemias
É a festa da torcida campeã

Vamos celebrar a fome
Não ter a quem ouvir, não se ter a quem amar
Vamos alimentar o que é maldade
Vamos machucar o coração

Vamos celebrar nossa bandeira
Nosso passado de absurdos gloriosos
Tudo que é gratuito e feio
Tudo o que é normal
Vamos cantar juntos o hino nacional
A lágrima é verdadeira
Vamos celebrar nossa saudade
E comemorar a nossa solidão

Vamos festejar a inveja
A intolerância, a incompreensão
Vamos festejar a violência
E esquecer a nossa gente
Que trabalhou honestamente a vida inteira
E agora não tem mais direito a nada

Vamos celebrar a aberração
De toda a nossa falta de bom senso
Nosso descaso por educação
Vamos celebrar o horror de tudo isto
Com festa, velório e caixão
Está tudo morto e enterrado agora
Já que também podemos celebrar
A estupidez de quem cantou essa canção

Venha!
Meu coração está com pressa
Quando a esperança está dispersa
Só a verdade me liberta
Chega de maldade e ilusão

Venha!
O amor tem sempre a porta aberta
E vem chegando a primavera
Nosso futuro recomeça
Venha que o que vem é perfeição



Câmara de vereadores de Garanhuns se rende aos tambores da cultura afro


De 13 a 20 de Novembro, Comunidades Quilombolas e Povos de Terreiros de Garanhuns realizaram uma série de atividades em alusão ao dia da Consciência Negra, atividades essas que foram executadas nas Comunidades quilombolas e em alguns Terreiros da Cidade. 

A abertura aconteceu na Comunidade Quilombola do Castainho no dia 13 com a Palestra (Desmistificando Os Orixás) e Falas de Lideranças Quilombolas; Dia 14, na Comunidade Quilombola de Estrela, palestra (Filosofia Afro Brasileira: Desconstruindo Preconceitos/Direitos Quilombolas; Dia 15, na Comunidade Quilombola de Caluet palestra, (Família, você é insubstituível/ Direitos Quilombolas) e ao final da tarde, Festa do Acará no Ylé Axé Ayeyê Ofa Onibaim T’efon-Rua Joaquim Branco N° 109, São José; Dia 16, Visita dos povos de Terreiro a Comunidade Quilombola do Timbó, com homenagem a Dona Nora, e a noite, na Comunidade Quilombola de Estivas (Exibição do Filme “A escrava Anastácia”, para as Comunidades Quilombolas de Castainho e Estivas, logo após, roda de conversa e sorteio de brindes);Dia 17 palestra na Comunidade Quilombola de Tigre (Família, você é insubstituível/ Direitos Quilombolas); Dia 18,na Comunidade Quilombola de Tigre (Roda de Diálogo com Lideranças Quilombolas e Povos de Terreiro);Dia 19, na Comunidade Quilombola de Estivas (Oficina de Culinária: Comidas sagradas de Orixá e sua contemporaneidade, para todas as comunidades quilombolas); Com Culminância nessa última segunda feira dia 20 de Novembro com  Sessão Solene na Câmara de Vereadores de Garanhuns (com entrega de Título de Cidadão honorário; Votos de Aplauso e Medalha de Mérito Cultural). Dia esse também que se homenageia Zumbi dos Palmares, personagem histórico que representou a luta do negro contra a escravidão, no período do Brasil Colonial. Ele morreu em combate, defendendo seu povo e sua comunidade. Os quilombos representavam uma resistência ao sistema escravista e também um forma coletiva de manutenção da cultura africana aqui no Brasil. Zumbi lutou até a morte por esta cultura e pela liberdade do seu povo.


Até os dias atuais Quilombos e Terreiros são reconhecidos como verdadeiros simbolos de resistência e de Cultura viva em nossa Sociedade.

Na tarde do dia 20 de novembro, um dia histórico para população negra e afrodescendente de Garanhuns, onde na câmara de vereadores de Garanhuns mais precisamente às 15h, em  suas dependências se rendeu aos tambores da cultura afro, com o vereador Marinho da Estivas realizando evento para homenagear os resistentes e lutadores que contribuíram e contribuem para a luta  e conquista de direitos, bem como a propagação  das manifestações culturais e religiosas.

Aconteceu Seção Solene para homenagear os protagonistas de muitas lutas e conquistas dos quilombolas, povos de terreiros e de origem afrodescendentes. Estão entre eles o Votos de Aplauso ao Deputado Estadual Isaltino Nascimento, Medalha de Mérito Cultural a Banda de Pífano Folclore Verde do Castainho na pessoa de Sr. joão Faustino,Título de Cidadão Honorário de Garanhuns ao Senhor Cicero Andrade Silva,Voto de Aplauso ao Babalorixá: Fernando Ubiratam de Andrade-Pai Fernando (In Memoriam), na pessoa do Sr. Igor , Votos de Aplauso a Senhora Noêmia de Brito Felix (Noemi Castainho), Votos de Aplauso a Cooperativa Habitacional Quilombola- COOPERHAQ, na pessoa do Sr. Valdir Pereira da Silva, Votos de Aplauso a Coordenação Estadual de Comunidades Quilombolas de Pernambuco na pessoa do Sr. José Carlos.

Entrega das placas para homenagear ,Yalorixá Euza, Babalorixá Fernando Ubiratam de Andrade (In Memoriam), Yalorixá Eunice Tavares da Silva, Yalorixá Gercina Santiago da Silva -Dona Mocinha (In Memoriam), Yalorixá Josefa da Silva Alves, Yalorixá Maria Auxiliadora (Mãe Nenê), Yalorixá Maria Nora, Senhor Erick Faustino, Babalorixá José Vieira (Guiguioman), Yalorixá Maria José Gomes, Comunidade Quilombola Castainho na pessoa da Srª Cintia Mendes Comunidade Quilombola Timbó na pessoa da Sr. Ermeson Araújo, Comunidade Quilombola Caluet na pessoa da Srª Maria do Socorro, Comunidade Quilombola Estrela na pessoa da Srª Eunice Comunidade Quilombola Tigre na pessoa da Srª Isabel, Comunidade Quilombola Estivas.


Aliança Politica: Marinho da Estivas fecha apoio a Reeleição do deputado estadual Isaltino Nascimento


Aproveitando a presença do deputado estadual Isaltino Nascimento em Garanhuns, o qual veio participar das homenagens ao dia da consciência negra, o vereador Marinho da Estivas já aproveitou para anunciar que as comunidades quilombolas as quais representa, junto com alguns lideres de terreiros, decidiram fechar apoio a reeleição de Isaltino. Afirmando não puder ir de encontro a decisão majoritária das comunidades e lideranças as quais sempre o apoiam, Marinho afirmou que também está fechado com o projeto de reeleição de Isaltino.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Vereador Professor Márcio comemora ofícios atendidos

"Agradeço ao poder executivo Municipal, as secretarias e órgãos competentes, por atenderem os pedidos de lombadas nas ruas que solicitei nos ofícios enviados," Relata o Vereador Professor Márcio.

Ruas: Vicente Celestino – Magano
Sempre Viva – Manoel Shell
Otilia Peixoto – Magano
Maestro Erlon Chaves – Magano
Vicente Celestino – Magano
Av. Sátiro Ivo (lombadas em frente a escola Maria Tavares) - Magano
Rua do Magano – Magano
Wilson Urquiza – Magano
Lamartine Babo – Magano
Carmem Miranda –Magano


CORAGEM ATITUDE E TRABALHO PARA CUIDAR DO POVO!

VEREADOR PROFESSOR MÁRCIO.


Segue os ofícios protocoladas abaixo:







Música garanhuense encerrou o segundo fim de semana da Magia do Natal


A cada dia em que é realizado o Desfile de Papai Noel, mais gente se emociona com a passagem do bom velhinho. O percurso de todos os fins de semana foi repetido neste domingo e depois o Papai Noel conversou, tirou fotos e recebeu cartinhas na casa montada em frente ao Palácio Celso Galvão. A turista Valéria Alves, do Recife, classificou o evento como “excelente”. “A organização está de parabéns, é uma festa muito segura, organizada, numa cidade limpa, com pessoas muito educadas”, afirmou.

Em seguida, com coreografias bem elaboradas e figurinos ricos em detalhes, o Studio de Danças Arte dos Movimentos, de Lajedo, apresentou no Palco Prefeitura o espetáculo Dai Louvores ao Rei, sob a direção da professora Jéssica Nataly. O grupo de flautas do Centro de Referência em Assistência Social do Magano deu continuidade com alguns dos maiores sucessos da época natalina, entre eles ‘Jingle Bells’, ‘Noite Feliz’ e ‘Então é Natal’.

Dando continuidade, em uma apresentação contagiante do início ao fim, a banda garanhuense Os Valvulados trouxe ao público clássicos da Música Popular Brasileira, com pitadas de rock. No repertório estavam canções de Chico Buarque, Tim Maia e Roberto Carlos. O grupo reconhecido nacionalmente pela mistura quase alucinante de samba-jazz, soul e a black music e estreou esta noite na programação da Magia do Natal. Outro artista natural de Garanhuns encerrou os shows do domingo. Hercinho incluiu baião, xote, reggae, poesia, blues e samba num só repertório, convidando ao palco músicos como Alexandre Revoredo, Rogério Diniz e Magote. Ao final, o público aprovou o que foi apresentado na noite. Margarete Sampaio, que aplaudiu de pé, disse que aprovou a participação de artistas locais e se revelou fã de Hercinho. “O conhecemos no Festival de Inverno e vim especialmente para vê-lo. Gostei demais”, disse.


BAIRROS - Esta semana tem início o Natal nos Bairros, sempre às 18h. Na quarta-feira ( 22), o Grupo de Violões do Cras Heliópolis, o Reisado Garanhuns Cultural e Omara se apresentam na Rua Djalma Ramos Machado, no bairro Dom Hélder Câmara (Cohab III). Já na quinta (23) quem receberá o projeto é a comunidade do Magano, com palco montado na Praça Campos Sales. Se apresentam o Grupo de Flautas e Violinos do Cras Magano, o Grupo de Violões do Cras Heliópolis e David Meneses. (Secom)

Sábado com MPB e espetáculo natalino no Palco Prefeitura


Muitas famílias à espera, público animado e participativo. O sábado (18) começou com o tradicional Desfile de Papai Noel, que leva alegria ao público que vem ao encontro do bom velhinho na Avenida Santo Antônio. No palco, estiveram Banda Legião Brown, Rede de Dança da Igreja Jardim das Oliveiras e Celino Melo. Amanhã, a programação começa às 18h, com mais um Desfile de Papai Noel.

A auxiliar de sala de aula Zulene da Silva, trouxe Maria Gabriela para ver o Desfile, mas quase não consegue acompanhar. “Chegamos tarde, mas ainda deu pra ver sim. É tudo muito lindo. Amanhã venho mais cedo pra não perder nada”, diz. Depois do percurso com carros alegóricos e as coreografias realizadas pelas crianças e adolescentes dos Centros de Referência e Assistência Social (Cras), o Papai Noel ainda atende uma a uma cada criança que quer entregar uma cartinha ou só posar com ele. A fila de até 20 metros, em média, só aumenta com mais pequenos ansiosos pelo encontro.

A primeira atração da noite foi a Banda Legião Brown do Erem Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, do município de Capoeiras, que tem 11 projetos com bandas musicais. Na estreia deles no palco, fizeram homenagens a Legião Urbana e Charlie Brown Jr. A Rede de Dança da Igreja Jardim das Oliveiras apresentou um espetáculo de dança contemporânea. Toda a temática tratou do nascimento de Jesus Cristo como principal motivo para a comemoração do Natal. O grupo formado por 60 crianças, jovens e adultos também é estreante na Magia do Natal, mas já atua há 17 anos.  O encerramento do sábado foi com Celino Melo, no Palco Prefeitura. O garanhuense apresentou clássicos da MPB com uma nova roupagem, além de músicas autorais. Com mais de 30 anos de carreira, Celino se apresenta pela segunda vez no Natal e já esteve também nos palcos do Festival de Inverno de Garanhuns.


DOMINGO - Às 18h teve início o Desfile de Papai Noel e a programação de shows começou às 19h com o Grupo Arte dos Movimentos Studio de Dança. Logo após, quem subiu ao palco foi o Grupo de Flautas do Cras Magano, seguido pelo show dos Valvulados, e encerrando as apresentações quem sobe ao palco é o cantor Hercinho. A Magia do Natal chegou também ao distrito de São Pedro neste domingo. A peça “Auto do Natal”, da Trupe do Professor Hildeberto Martins (Trhimar), da Escola Elisa Coelho, foi a primeira do Natal nos Distritos. O grupo se apresentou a partir das 17 h 30 min. A Companhia Fisa D’Arte e a Orquestra Manoel Rabelo também fizeram parte da programação. (Secom)

Ler e Escrever


Givaldo Calado de Freitas *


Não faz muito, fui visitar um amigo. Recebeu-me em um dos cômodos de sua ampla e bonita residência, que logo entendi como seu recanto: o lugar onde estaria em paz para pensar, escrever e ler os seus livros como o faz, diariamente. Foi-me logo me dizendo: “Não olhe a minha desarrumação, não. Confesso que ela é a melhor arrumação de que preciso. Dela e daqui, de onde tenho assento, mantendo controle de tudo. E depois, Givaldo, não queira saber a sensação de estar entre livros por todos os lados. Portanto, por eles cercado. Parece que eles estão a querer penetrar em mim. E eu a penetrar neles. Confesso que gostaria que fosse verdade. Não só, e tão só, sensação. Fosse, portanto, real. Eu, penetrando em meus livros. Meus livros, penetrando em mim. Ah! Se me fosse dado que isso ocorresse.”.

Vi e pude sentir, nesse meu amigo, muita paz a lhe cobrir em seu exclusivo refúgio.

Disse-me: “Aqui, amigo, adentra apenas eu, e um ou outro amigo a meu convite. Aqui, é meu refúgio. Aqui é meu altar. Aqui eu me encontro com meus tesouros - meus livros e minhas canetas. E você me faz lembrar o Marquês de Maricá. Que repetia sempre: ‘No Brasil, não se podem emprestar livros: os que os recebem, consideram-nos dados e não emprestados.”‘.

“Você lembra, não é, Givaldo? A gente conversava muito a respeito disso na casa de Tobias. Nunca gostei de emprestar meus livros. Desde aqueles tempos. Minha mãe me dizia: ‘Quem empresta, não presta!’. E, sobretudo, naqueles tempos quando os recursos eram escassos. Por isso que tenho os livros que tenho. Livros que vêm daqueles tempos. Muitos! Livros que vieram depois. Também muitos. Livros. Livros. E livros... Alguns milhares.

A propósito, Givaldo, você tem procurado as livrarias, os livreiros? Outro dia saí da minha residência com um de meus filhos a um desses Shoppings. Você sabe, não é: disse-lhe outra época. Não quero mais trabalhar. Lá, fomos a duas ou três livrarias. Você conhece as minhas predileções. Fiquei horrorizado com os preços dos livros, sobretudo os de Direito. Fiquei a me perguntar o que seria de mim se o tempo voltasse e eu tivesse que adquirir aqueles livros para avançar na minha formação. Tenho pena dos pais de família de hoje por conta do alto custo para conseguir dar uma boa formação a seus filhos. Livros de Direito, proibitivos. Livros de Medicina, nem falar, inacessíveis. Enfim, um verdadeiro absurdo.”

Saí da residência do amigo, não sem antes lhe dizer que, como ele, também tinha meus livros como meus melhores e maiores amigos. E, citando Mário Quintana: “O livro traz a vantagem de a gente poder estar só e ao mesmo tempo acompanhado.”. É como me sinto amigo, no meu refúgio.


Por isso, amigo, nunca me vejo só, já que, como você, também vivo cercado de livros. Ah! E, deles, tenho muito ciúme. Meus livros e minhas canetas são meus amigos inseparáveis. Aqueles se confundem com estas.  “Escrever é lembrar-se. Mas ler é, também, lembrar-se.” Dizia Mauriac. E esse exercício eu o faço todo santo dia. Apesar de meus dias a dia, ainda de muito trabalho. 

Saudando esse dia, portanto, estou a cortejar a leitura e a escrita. Enfim, o ler e o escrever. Que não têm fim. Salve o dia do livro! Que lembra leitura. Que induz à escrita. Mas sempre tendo em mente as palavras de Campoamor: “Quem me dera saber escrever!”. E eu completo: e ler.

“Diante de seu discurso, Givaldo, em homenagem a este 29 de outubro, permita-me colocar que o movimento editorial no Brasil, que cresce e cresce, cada vez mais, não é de ontem, muito menos de hoje. Vem de longe. De muito longe. Do Brasil Colônia. Ele vem da instalação da Imprensa Régia, em 1808, pelas mãos de Dom João VI, então príncipe regente. Ele vem, um pouco depois, em 1810, da fundação da Biblioteca Nacional, quando se lançou o primeiro livro editado no Brasil, “Marília de Dirceu”, de Tomaz Antônio Gonzaga. Posto que, é certo, crescido mesmo só a partir de 1925 com a fundação da Companhia Editora Nacional, pelo escritor Monteiro Lobato.”

Mas eu concluo meu discurso, amigo: temos que fazer a apologia do livro e da escrita. Esta, contudo, não só neste dia: 29 de outubro. Temos que fazê-la, sempre. E sempre. Sobretudo, às nossas crianças, a fim de que, desde cedo, o hábito da leitura seja-lhes presente em suas vidas, e por todas suas vidas.

Abrir um livro é uma questão de hábito. E este, quanto mais cedo adquirido, mais presente estará no homem de amanhã. E, para abrir um livro, não é preciso escolher um lugar. Ele pode se aberto e lido em qualquer hora e em qualquer lugar. Basta querer.     


* Figura Pública. Advogado de Empresas. Empresário.

sábado, 18 de novembro de 2017

Magia do Natal: shows do Palco Prefeitura abrem programação do final de semana


Abrindo o segundo final de semana de programação da Magia do Natal em Garanhuns, nesta sexta-feira (17), o Palco Prefeitura recebeu diversas apresentações, responsáveis por animar a noite no principal polo do evento. Nos shows, o espetáculo ficou por conta da cultura popular brasileira, representada nas músicas e expressões culturais dos artistas.

A primeira atração foi o Grupo Infantil Doce Melodia, formado pelas crianças e pré-adolescentes da Escola Santo André, que encantaram o público com canções que marcam o período natalino. Em seguida, quem subiu ao palco foi a banda de Metais e Mix Natalinos da Escola de Referência João Fernandes, do município de São João, com uma apresentação repleta de elementos característicos de ritmos populares brasileiros.

Antes mesmo do início dos shows, um grande número de visitantes já parava em frente ao Palácio Celso Galvão para conferir a decoração e luzes natalinas. “A decoração está primorosa, amamos também o Relógio das Flores, que está primoroso. Além disso, o povo daqui é muito atencioso e educado. Garanhuns está de parabéns e é uma cidade que me dá orgulho de ser pernambucana”, declarou Jânia Burgos, que veio do município de Maceió.

Carlinhos Sales foi a terceira atração do Palco Prefeitura. Com mais de 20 anos de carreira o recifense trouxe para Magia do Natal grandes clássicos da Música Popular Brasileira, interpretando composições de grandes nomes como o cantor Zé Ramalho. O vocalista Josué Melo e o Grupo Art Brasileira foram a última atração desta sexta-feira. Com cinco anos de carreira, os integrantes interpretaram grandes sucessos da atualidade e encerraram a noite com muita animação.

A expectativa é grande para a programação deste sábado (18) e domingo (19), dias em que a avenida Santo Antônio recebe o Desfile de Papai Noel, a partir das 18h, atraindo um grande número de pessoas. O Palco Prefeitura recebe amanhã, shows do Projeto de Natal do Erem Caetés e a banda Luiz Pereira Junior, a partir das 19h15. Em seguida é a vez do Grupo Nossa Arte com uma apresentação de reisado, e encerrando os shows do sábado, acontece o show de Celino Melo.

Já no domingo, após o Desfile de Papai Noel,  a programação de shows começa com o Grupo Arte dos Movimentos Studio de Dança, às 19h. Logo após, quem sobre ao palco é Grupo de Flautas do Cras Magano, seguido pelo show dos Valvulados, e encerrando as apresentações quem sobe ao palco é o cantor Hercinho.

A Magia do Natal chega também ao distrito de São Pedro neste domingo. A peça “Auto do Natal”, da Trupe do Professor Hildeberto Martins (Trhimar), da Escola Elisa Coelho, será a primeira do Natal nos Distritos. O grupo se apresentará a partir das 17h30. A Companhia Fisa D’Arte e a Orquestra Manoel Rabelo também fazem parte da programação. (Secom)

Nota oficial – José de Abreu deixa secretaria-executiva de Finanças


O Governo Municipal de Garanhuns, por meio do Gabinete do Prefeito, vem informar que o secretário-executivo de Finanças, José de Abreu, entregou ao prefeito Izaías Régis, nesta sexta-feira (17), uma carta com o pedido de exoneração do cargo. Num trecho da carta, ele evidencia sua gratidão ao gestor municipal: “Durante todo o tempo que estive à frente da função, a desempenhei com responsabilidade e aproveito para agradecer a confiança que o senhor prefeito sempre teve com a minha pessoa”. O servidor da pasta está deixando a função para voltar à iniciativa privada. A portaria, que oficializa a saída de Abreu, deve será publicada no Diário Oficial dos Municípios de Pernambuco até o final deste mês – já que o mesmo ainda segue na função até o dia 30 deste mês. (Secom)