sábado, 30 de setembro de 2017

Claudiano filho se coloca a disposição do 9º BPM em Garanhuns e ganha apoio de vereadores


Em visita na tarde desta sexta-feira (29) ao 9º Batalhão da Policia Militar de Pernambuco – 9º BPM em Garanhuns, o deputado estadual Claudiano Filho (PP) foi agradecer ao Tenente Coronel da Policia Militar e Comandante do batalhão, Paulo Cesar, a implantação da patrulha da ROCAN na cidade de Águas Belas até o fim de dezembro.

Se mostrando preocupado com a onda de violência que aflige o estado e o todo país, Claudiano nós diz “ser muito importante à implantação da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas – ROCAN em Águas Belas como em qualquer outra cidade, pois com as motos fica muito mais fácil perseguir um suspeito de crime, pois as motos muitas vezes trafegam por onde os carros não passam”, afirma o deputado ao agradecer por ter o pleito atendido pelo Tenente Coronel Paulo Cesar, já se colocando a disposição do comandante para ajudar no que for preciso.

“Desde já quero me colocar a disposição do Tenente Coronel Paulo Cesar e toda população das 21 cidades protegidas pelo 9º BPM para o que preciso for para darmos mais segurança aos nossos irmãos pernambucanos”. Finaliza Claudiano Filho.


Apoio de Vereadores


Gil PM, Betânia da Ação Social, Claudiano Filho, Zaqueu Naum Lins e Tonho de Belo do Cal

Durante almoço no restaurante varanda também em Garanhuns, pouco antes da visita ao Tenente Coronel Paulo Cesar, o deputado Claudiano Filho ganhou o apoio e o compromisso de já quatro vereadores da cidade para o seu projeto de reeleição no próximo ano, com todos afirmando apoiar os trabalhos e os projetos que Claudiano tem apresentado para Garanhuns e região, através do direcionamento de investimentos do governo do estado e do envio de emendas. Além de todos também afirmarem que o deputado tem se mostrado sempre de fácil acesso e aberto para discutir melhoras para Garanhuns.

Os vereadores que já declararam apoio a Claudiano foram, Betânia da Ação Social, Gil PM, Tonho de Belo do Cal e Zaqueu Naum Lins.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Como já antecipado pelo Blog do Cisneiros, João Pontes entrega o cargo

João Antônio de
Santana Pontes
Como noticiado com exclusividade aqui no Blog do Cisneiros(Relembre clicando aqui) o procurador do município de Garanhuns, João Antônio de Santana Pontes, entregou o cargo ao prefeito Izaías Régis (PTB), entregando uma carta ao prefeito com seu pedido de exoneração.

Como também já adiantamos aqui no Blog do Cisneiros, João justificou sua saída dizendo que querer se dedicar mais a sua vida profissional particular, “em face da necessidade de atendimento de interesses profissionais, os quais não se conjugam com a função até aqui empenhada, entrego carta de exoneração”, disse o agora ex-procurador.

Mas, segundo fonte de dentro governo com livre transito no Palácio Celso Galvão, ou melhor, com livre transito no gabinete do prefeito, João teria sido na verdade “sido descartado por sua falta de competência a frente do cargo, chegando inclusive a ter levado alguns carões do prefeito”, nos confidencia nossa fonte, deixando a forte impressão que deseja, sedentamente, o cargo agora vago.

O prefeito de Garanhuns, Izaías Régis
Já exposta há algum tempo pela mídia, a briga pelo poder dentro do governo de Izaías vem correndo solta e a todo vapor, bem como já é percebida por muitos que o mesmo também já vem acontecendo, muito sorrateiramente, dentro das sombras, mas com não menos força, em sua base aliada na câmara municipal dos vereadores.

A portaria que oficializa a saída de João Pontes será publicada no Diário Oficial dos Municípios de Pernambuco desta sexta-feira (29).



Sedento

1 - Que tem muita sede; seco.

2 - Desejoso; ávido; cúpido.

3 - Ganancioso; ambicioso; apegado; cobiçoso.

4 - Aflito; ansioso; sôfrego; impaciente.


Exemplos


1 - O animal sedento quase morreu antes de chegar ao rio.

2 - Fulano devorou-a com olhos sedentos.

3 - Fulano é sedento por riquezas.

4 - Fulano está sedento para assumir um cargo no primeiro escalão do governo municipal de Garanhuns.

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Paulo Câmara "virou a chave" para 2018

O governador Paulo Câmara e o deputado federal Wolney Queiroz

Toda movimentação politica dos últimos dias aponta para 2018, a qual foi precipitada pela travessia de Fernando Bezerra Coelho para o PMDB. Ao levar o PDT ao comando da pasta de Agricultura, como registramos em primeira mão, Paulo Câmara consolida o palanque de Caruaru. A gestão socialista, agora, amarra o apoio de três grupos daquela cidade: o de Laura Gomes, o de Tony Gel e o de Wolney Queiroz. Detalhe: foi em Caruaru, há exatamente um mês, que um ato simbólico do Ministério das Cidades uniu os ministros pernambucanos e Fernando Bezerra Coelho, parecendo sacramentar o palanque da oposição para 2018. Ontem, ao colunista desta Folha, Inaldo Sampaio, o presidente do PDT-PE, Wolney Queiroz, que apoiou Raquel Lyra no 2º turno, afirmou: "Raquel está me empurrando para a oposição desde o dia seguinte à sua eleição, logo que o nosso apoio não mais se fez necessário". Aos olhos do governo, a fala de Wolney já sinalizou para a nova fase na relação com os Queiroz. Em função do tempo que Antônio Figueira já levava à frente da Casa Civil, um esgarçamento na relação com as bases não foi ignorado, o que impulsionou uma renovação na articulação política, razão pela qual Nilton Mota assume a Casa Civil. Nilton foi coordenador no Agreste da campanha de Eduardo Campos em 2006 e aproximou-se dos redutos no interior e dos movimentos sociais, com os quais a pasta de Agricultura dialoga intensamente. É primo de Danilo Cabral, com quem atuou na Educação, o que não deixa de demarcar a relação estreita de Danilo com o governador. Na esteira, Figueira assume a chefia da Assessoria Especial, da qual sai José Neto, que assume a Secretaria Executiva da Casa Civil.


Pelo estômago

Ontem, dia em que formalizou, via nota, a dança das cadeiras no secretariado, Paulo Câmara almoçou, em Brasília, com Eduardo da Fonte no restaurante Figueira da Villa. Antônio Figueira também participou, assim como Luciano Bivar e o prefeito Geraldo Julio. Amenidades prevaleceram. Mas arrumações políticas seguem no radar. Na sexta, como já registramos, Eduardo da Fonte também jantou com o governador.

Lupi vem > Presidente nacional do PDT, Carlos Lupi prestigia a posse de Wellington Batista na Secretaria de Agricultura. Depois, segue para reunião na sede do partido.

Sem pressa > O PDT indicará nomes para os cinco orgãos vinculados à pasta: Ipa, Prorural, Adagro, Iterpe e Ceasa. A aliados, Wolney Queiroz já avisou que o PDT "não vai entrar com fome canina de mudar tudo e interromper os trabalhos". (Renata Bezerra de Melo)

NOTA DE ESCLARECIMENTO - Prefeitura Municipal de Águas Belas

O prefeito de Águas Belas, Luiz Aroldo Rezende De Lima

A Prefeitura Municipal de Águas Belas comunica que o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco expediu Medida Cautelar em 26 de Setembro de 2017, que ordena suspensão da contratação de artistas e trio elétrico para a realização da tradicional "Festa das Águas".


A Prefeitura esclarece que:


I – O pagamento da folha de pessoal e fornecedores da atual gestão (janeiro a setembro de 2017) está rigorosamente em dias, inclusive sendo creditado nesta sexta-feira, 29, o salário de setembro.

II – Entretanto, o município possui uma dívida de folha de pagamento dos meses de outubro, novembro, dezembro e décimo terceiro de 2016, portanto, referente à GESTÃO 2016, no valor de R$ 2.875.430,38 (dois milhões oitocentos e setenta e cinco mil quatrocentos e trinta reais e trinta e oito centavos);

III – Possui ainda o município uma  divida de R$ 6.600.000,00 (Seis milhões e seiscentos mil reais) com Instituto de Previdência – IPREAB, referentes também à GESTÃO 2016.

Não obstante o atual prefeito ter assumido o pagamento parcelado dessas dívidas, já tendo quitado 40% do valor da folha de pagamento, o Tribunal de Contas recomendou a não realização da Festa das Águas.

Assim, todos os contratos de atrações, infraestrutura e trio elétrico foram suspensos pela medida cautelar, inviabilizando a Prefeitura de realizar a Festa.

Desta forma, a Prefeitura Municipal de Águas Belas, em estreita obediência aos órgãos constitucionais de controle desse DECIDE acatar a Medida Cautelar do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco e visando o zelo da gestão pública, resolve suspender a realização da FESTA DAS ÁGUAS 2017.

A Prefeitura mantem o compromisso de seguir os eventos festivos, tão logo sejam equacionadas as dívidas citadas.


Águas Belas, 28 de setembro de 2017.


LUIZ AROLDO REZENDE DE LIMA
Prefeito

Geovani Oliveira sai em busca de parcerias e investimentos para Itaquitinga

Pedro Eurico, Geovani Oliveira e Edney Souto

Em reunião na manhã desta quarta-feira (27) com o Secretário de Direitos Humanos e Ressocialização do Estado, Pedro Eurico, no Recife, o prefeito de Itaquitinga, Geovani Oliveira (PMN), apresentou uma série de projetos para que se possam viabilizar vários investimentos no município, bem como propôs várias opções de da prefeitura junto ao com Governo do Estado de Pernambuco.

Dentre as várias reivindicações apresentadas está a pavimentação de vários trechos das rodovias estaduais que passam pelo município, tais como os eixos que ligam a sede do município aos distritos de Três Ladeiras e Sapé, além do trecho que liga Itaquitinga a cidade de Goiana. Geovane pediu ainda a construção de uma escola estadual no distrito de Chã de Sapé, universalização do abastecimento d'água do município, levando água a todos os bairros, prioridade para os moradores de Itaquitinga nos empregos a serem criados com o inicio do funcionamento do presidio que está em faze de termino da sua construção, mais a instalação de pelotão e delegacia também no Distrito de Chã de Sapé.

“Tenho certeza que seremos atendidos em todos os nossos pleitos, pois não tenho a menor das duvidas do emprenho do governador Paulo Câmara de melhorar a viva dos pernambucanos que vivem em Itaquitinga, como os que vivem em todo nosso estado de Pernambuco”, afirmou Geovani Oliveira.

DEBATE: Os Impactos da Reforma Trabalhista, será tema de debate com especialista na CDL Garanhuns


O Jornal de Bons Negócios promove hoje, quinta-feira (28), às 19h, na CDL Garanhuns, uma discussão sobre os reais e possíveis impactos da reforma trabalhista nas relações contratuais de trabalho e financeiro do seu negócio.

O evento conta a participação de dois especialistas: Leonardo de Melo Tenório, especialista em contabilidade empresarial, com mais de 20 anos no ramo contábil e, o Dr. Diego Rodrigo Silva de Farias, com mais de 13 anos de atividade advocatícia, especialista em direito do trabalho e processo do trabalho, professor universitário. Eles serão os mediadores deste debate com empresários locais.

A participação neste evento, poderá esclarecer pontos importantes diretamente com especialistas das áreas trabalhista e contábil, quase uma consultoria.

As inscrições são gratuitas e LIMITADAS. Ligue agora para a CDL: (87) 3762.7181.

Faça Bons Negócios, estando mais bem informado!

Jornal de Bons Negócios

Centro Cultural terá programação no aniversário de 130 anos da Estação Ferroviária


A Secretaria de Turismo e Cultura de Garanhuns realizará nesta quinta-feira (28) uma programação especial no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti.  A data marca os 130 anos de fundação da Estação Ferroviária,  que depois  foi transformada em centro cultural  e teatro.  Em parceria com o Instituto Histórico e Geográfico de Garanhuns - IHGG, a partir das 19h será realizada a palestra ‘Nos trilhos da estação - Estação Garanhuns 130 anos’, do Professor Cláudio Gonçalves.  Em seguida, o diretor e ator Julierme Galindo apresenta a peça teatral ‘O Brasí é Nordestino’.  A programação é  gratuita e aberta ao público.

O historiador Cláudio Gonçalves explica que “a palestra fará uma viagem pela história e arquitetura da estação, antiga e atual, mostrando acontecimentos importantes dessa obra que foi narco na história de Garanhuns. Já “O Brasí é Nordestino” é um espetáculo de teatro popular, que traz na contextualização tragicômica das manifestações populares, como o bumba-meu-boi e seus personagens, e seu imaginário mítico, além das expressões rítmicas como a capoeira, o toré, o maracatu, o caboclinho e o xaxado, um enredo que refaz a história do Brasil numa engenhosa narrativa cômica e crítica, onde se misturam os acontecimentos reais do descobrimento até os dias atuais com uma dose de ficção para apimentar a liberdade da encenação. Como os personagens são do Bumba-Meu-Boi, a peça será toda desenvolvida por eles, por isso veremos o Capitão, Mateus, Bastião, Katirina, o Padre costurando o enredo, que contará também com as aparições das figuras míticas: fogo-corredor; Rasga-Mortalha; Caipora; a ema; e do próprio Boi-Bumbá.


HISTÓRICO - De acordo com artigo de autoria Maria de Lourdes Cordeiro de Araújo Bezerra e Daniella Felipe Espósito, publicado pela Fundarpe, no Brasil, em 1852, foi inaugurada a primeira estrada de ferro do país em Petrópolis (RJ). Pernambuco foi o segundo estado brasileiro a possuir este tipo de estrutura e o primeiro do Nordeste. Implantada na segunda metade do século 19, esta malha teve papel fundamental como agente de desenvolvimento e surgimento de povoações no estado. Por onde os trilhos passaram, as estações ferroviárias se tornaram polos de expansão. Em Garanhuns, também ocorreu esse progresso.A Estação Ferroviária de Garanhuns foi inaugurada em 28 de setembro de 1887 e constituía o destino final da Linha Sul, que saía do Recife. Nessa época, Garanhuns era uma típica cidadezinha de interior. A pecuária era a principal atividade que gerava economia e a educação era para poucos. A diversão quase não existia e todos se reuniam apenas aos domingos e dias santos em torno da matriz.

Com o prolongamento da Linha Tronco Sul que ligou Recife a Maceió, a estrada férrea até Garanhuns passou a ser o principal ramal desta linha com derivação na Estação de Paquevira.  No dia da inauguração da Estação de Garanhuns o evento foi marcado por uma grande festa na cidade. A estação trouxe progresso. houve uma verdadeira revolução no comércio com novos estabelecimentos, incluindo a construção de empresas exportadoras e de escritórios, o aumento anual das feiras e a variedade de produtos ofertados também aumentou.  Na época, houve ainda a fundação de hotéis que recebiam turistas de várias partes do estado de Pernambuco e do Nordeste que vinham em busca do clima diferenciado e das belas paisagens da Cidade das Flores. A arte também veio nos trilhos da nova estrada e a cidade passou a ser destino de circos, conjuntos musicais e artistas. A agricultura também foi impulsionada pela facilidade de escoamento da produção através do transporte nos vagões. Mesmo com tanta importância, o ramal e sua estação foram desativados no ano de 1971. (Secom)

Mutirão de cirurgias de catarata beneficia população de Garanhuns


O Governo Municipal de Garanhuns, por meio da Secretaria de Saúde, em parceria com a Fundação Altino Ventura (FAV), realiza, nesta quarta (27) e quinta-feira (28), cirurgias de catarata para a população da cidade. A iniciativa dá sequência ao processo de triagem realizada neste mês. A expectativa é de que 160 pessoas sejam atendidas pelo projeto, sendo metade delas encaminhadas para a cirurgia. Também foram beneficiados pacientes de outros municípios durante a semana. Os procedimentos acontecem na Unidade Móvel de Cirurgia Ocular da Fundação Altino Ventura, que está localizada em frente à antiga unidade do Programa de Agentes Comunitários de Saúde (Pacs) da Boa Vista.

Foram selecionadas pessoas acima de 60 anos, que foram atendidas por profissionais responsáveis por preparar o processo pré-operatório, verificando pressão arterial e taxas dos pacientes, além de exames de microscopia e biometria, para medir a quantidade de células e o tamanho da lente intra-ocular que será colocada no olho, respectivamente. “Vários especialistas me falaram para fazer a cirurgia. E comecei a ser acompanhada pela equipe da Cohab I, daí fui convidada para operar e estou aqui hoje”, declarou Amabília de Almeida, de 79 anos.

Após a etapa, os pacientes devem retornar à unidade para que seja acompanhado o primeiro dia pós-operatório, onde é feita a revisão; excepcionalmente os pacientes desta quinta-feira serão atendidos na sexta (29).

A secretária municipal de Saúde, Shisneyda Furtado, enaltece a parceria com a FAV para realização do projeto. “Desde a triagem mobilizamos nossas equipes para localizar as pessoas que necessitavam dessa cirurgia.  Em todo processo, a atuação da Altino Ventura foi de grande importância, viabilizando também essa estrutura grandiosa para possibilitar a ação”, afirmou a titular da pasta. (Secom)



quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Antônio Figueira deixa a Casa Civil para abrir espaço para PDT no governo Paulo Câmara

Paulo Câmara, Antônio Figueira (Casa Civil) e Danilo Cabral (Foto: Edmar Melo/Acervo JC Imagem)

A dança das cadeiras, que começou a ser especulada desde o final de semana passado, finalmente se confirmará nesta tarde de quarta-feira.

Nesta tarde, o governo do Estado anunciará que o secretário Antônio Figueira, uma das vozes mais próximas a Paulo Câmara, deixará a Casa Civil e vai assumir a chefia da Assessoria Especial no governo do PSB.

O secretário Nilton Mota, ligado a Danilo Cabral, outro dos principais interlocutores, deixa a área de Agricultura e Reforma Agrária e vai assumir a Casa Civil, no lugar de Figueira. Ele não pode voltar ao parlamento para não tirar vagas do PMDB na Câmara dos Deputados, desagregando a relação com Jarbas Vasconcelos e o vice Raul Henry.

Já o aliado de Paulo Câmara e ex-tesoureiro da campanha, José Neto, sai da Chefia da Assessoria Especial e vai assumir a Secretaria Executiva da Casa Civil.

Com a mudança, Wellington Batista, ligado ao PDT de José Queiroz e Wolney Queiroz, entra no Governo Paulo Câmara para comandar a Agricultura e Reforma Agrária.

Nos bastidores da política local, a movimentação já era dada como certa desde o final de semana. O Blog de Jamildo questionou o governo do PSB ainda no sábado, mas a orientação era desmentir publicamente a mudança. O que se comenta é que Paulo Câmara, depois de perder aliados no Sertão do Estado, com a saída do grupo de Fernando Bezerra Coelho do PSB, precisava buscar uma reação no Agreste, de olho nas eleições de 2018. 

No caso de Antônio Figueira, que sonhava com uma das vagas ao Senado, o que se comenta é que ele vai ser compensado com uma possível indicação para a sucessão de Geraldo Júlio, nas próximas eleições municipais. O problema é que a indicação deve criar arestas com outros interessados, como o deputado federal Felipe Carreras, do PSB, ex-auxiliar de Geraldo Julio e hoje secretário de Turismo de Paulo Câmara. 

A oposição não ironizava a troca, desde o começo da semana. “Wellington não sabe diferenciar uma jambo de uma jaca”, criticavam. Trata-se de missão partidária. 


Posse dos novos secretários nesta quinta-feira

O governador Paulo Câmara empossará nesta quinta-feira (28/09), às 14h30, em cerimônia no Palácio do Campo das Princesas, novos secretários estaduais. (Blog do Jamildo)

Claudiano Filho busca simplificar comércio de queijo artesanal em Pernambuco

Em reunião na tarde desta terça-feira (26) na Secretaria da Fazenda de Pernambuco, o deputado Claudiano Filho (PP) teve mais um pedido seu atendido pelo Governo Estadual. Para desburocratizar o comércio dos queijos artesanais no estado, a Receita estadual irá a partir de agora simplificar o processo de inscrição dos produtores rurais de pequeno, médio e grande porte em geral. Com esse serviço implantado, o produtor poderá formalizar seu comércio em poucos minutos pelo computador através de um link digital que será disponibilizado pelo órgão. Depois de efetivada sua inscrição e devidamente formalizado, será possível fazer a emissão de nota fiscal online, uma grande conquista para o produtor rural pernambucano.
 
Ainda atendendo uma demanda antiga do deputado Claudiano Filho, o governador autorizou a emissão de notas fiscais com isenção total do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS, gerando crédito tributário para os compradores.
 
“Essa foi mais uma conquista para todos os produtores rurais do nosso estado. Se hoje tenho a honra e o privilegio de presidir a Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa, tenho de fazer valer a pena, e valer a pena pra mim é ajudar as pessoas, cumprir com o papel para o qual fui eleito, fiscalizar, criar leis e sugerir projetos que alavanquem a economia do nosso estado, simplifiquem a vida de quem quer produzir e consequentemente gere emprego e renda para todos os pernambucanos”, diz Claudiano Filho.
 
Participaram da reunião com o deputado, Bernardo D’almeida, coordenador de Administração Tributária (CAT), a gerente do Segmento de Indústria de Alimentos, ligada à Diretoria de Planejamento da Ação Fiscal, Jarise de Holanda Cavalcanti, e ainda a contadora Débora Barros e alguns produtores.

Parabéns, "Querido Lar"!


Givaldo Calado de Freitas *


12 de outubro! Para mim, data altar...

Para esse altar, todo meu respeito... Para esse altar, toda minha reverência...

Para essa data-altar, todas as homenagens e saudações ao meu alcance.

Nunca me esqueço dessa data. Tenho-a sempre presente em minha mente. Também... Foram tantos os anos em suas salas. Foram tantos os anos em suas bancas. Enfim, foram tantos os anos em sua Capela...

Todavia, dois 12 de outubro me marcaram mais fortemente: 12 de outubro de 1965 e 12 de outubro de 2015. Anos do cinquentenário e do centenário do "Querido Lar", respectivamente.

No primeiro, eu quase que me despedindo do “Gigante”, já que, ano seguinte, teria que seguir para Recife, para dar continuidade aos meus estudos. No segundo, eu, já maduro, a me perguntar pelas ruas e avenidas de minha cidade se era eu mesmo que conduzia a bandeira do meu estado, já que a conduzira cinquenta anos atrás como aluno.


Não! Não pode ser eu cinquenta anos depois. Com essa saúde. Com esse vigor. Com esse entusiasmo. Com esse sentimento... Não! Não pode. 

Penso, de repente. Estou diante de mais uma obra divina. De que sou sempre beneficiário... Ah! Meu Deus!  Ouço vozes. E vozes. E aplausos.  E aplausos. Da população saudando o Colégio? Também. Mas, sobretudo, dos céus. “É você mesmo, Givaldo. Neste dia você saúda mais um aniversário do ‘Gigante da Praça da Bandeira’. Sim, do Colégio que lhe fez homem. Homem caráter. Homem sentimento. Homem fraternidade. Homem honestidade. Homem, enfim... Na certeza de que a ausência de quaisquer um desses atributos, que são intrínsecos ao verdadeiro homem, é excludente à sua condição de verdadeiro homem.” A mim mesmo, digo: Obrigado meu Deus. Obrigado por tudo.

Sempre estive atento a essa data - 12 de outubro. A ela presto minha saudação. Saudação de ex-aluno que, reconhecido e agradecido, saúda mais um ano de existência do "Templo Sagrado de Luz e Saber". Sim, do querido Colégio Diocesano de Garanhuns.

Parabéns, Meu "Querido Lar"!

Histórias mil. De seus corredores. De suas salas de aulas. Da sua Capela. Das horas de civilidade ou de educação moral e cívica do imortal Pe. Adelmar... Ah! Tenho muitas para contar. E que já venho contando, ousadamente, nessas Linhas & Linhas. Com o respeito que elas merecem. Diante de meus eternos altares - 12 de outubro e o Colégio Diocesano de Garanhuns.  O primeiro, que se confunde com o segundo. O segundo, que se confunde com o primeiro.

Parabéns, "Gigante da Praça da Bandeira"!


* Figura Pública. Advogado de Empresas. Empresário.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Polícia encontra R$ 700 mil dentro de mala, dinheiro estava sendo levando para o Recife


Uma mala com R$ 700 mil em dinheiro foi descoberta no bagageiro de um ônibus que passava por Vitória da Conquista, região sudoeste da Bahia, na tarde desse domingo (24), durante o trajeto de transporte do montante entre São Paulo (SP) e Recife (PE), informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com a polícia, agentes realizavam uma abordagem de rotina no coletivo quando os agentes descobriram a quantia. O dinheiro, diz a PRF, estava disfarçado dentro de uma caixa de papelão no interior de uma mala fechada com cadeado, no bagageiro externo do veículo. Por meio do tíquete preso à bagagem foi possível identificar o proprietário dentro do ônibus.

Questionado pela polícia a respeito da origem do dinheiro, o homem de 47 anos disse que pegou a quantia em São Paulo e estava levando para o Recife. Mas não quis revelar se é o dono do dinheiro ou se estaria transportando a mando de alguém. O dinheiro ficou apreendido e o homem foi encaminhado para a Polícia Federal em Vitória da Conquista.

Taxista – Aos agentes, o homem contou apenas que atua como taxista no Recife, e havia saído de sua cidade para participar de um evento em Brasília. Do evento, relatou ele, foi de avião até São Paulo, se hospedou em um hotel, onde pegou a quantia para levar de ônibus até o Recife.

Controvérsia – A PRF diz que, inicialmente, durante a abordagem, o passageiro afirmou aos agentes estar levando R$ 350 mil dentro da mala. No entanto, durante a contagem, os policiais rodoviários constataram que se tratava de uma quantia que chegou a R$ 700 mil. Depois da descoberta do real valor, o homem não respondeu mais aos questionamentos da polícia. (Ouricuri em Foco)

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Ipsos: cai desaprovação a Lula e sobe rejeição a Moro e Bolsonaro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o juiz federal Sergio Moro (Divulgação/Divulgação)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teve seu índice de desaprovação reduzido e sua taxa de aprovação ampliada em setembro na comparação com o mês anterior, segundo o mais recente Barômetro Político, pesquisa mensal de credibilidade realizada pelo instituto Ipsos. O percentual da população que não concorda com a atuação de Lula caiu de 66% para 59%, enquanto a parcela da sociedade que aprova subiu de 32% para 40%, a maior em dois anos de levantamento – 1% não soube opinar.

Ao mesmo tempo, o juiz federal Sergio Moro, que condenou Lula a nove anos e meio de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro e é um dos símbolos da Operação Lava Jato, alcançou uma taxa de desaprovação de 45%, recorde desde setembro de 2015. As impressões da população foram colhidas entre os dias 1º e 14 deste mês, ou seja, já captam parte do efeito do depoimento do ex-ministro Antonio Palocci, que fez duras acusações a Lula.

No dia 6, Palocci afirmou a Moro que o ex-presidente tinha um “pacto de sangue” com a Odebrecht por propinas e que a empresa colocou 300 milhões de reais à disposição do PT no fim do mandato de Lula. Entre agosto e setembro, Lula foi o presidenciável com a maior taxa de aprovação, perdendo apenas para Moro e o apresentador de TV Luciano Huck – os dois negam interesse em disputar o cargo.

Deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) viu aprovação diminuir e rejeição aumentar no último mês (FLAVIO TAVARES/JORNAL HOJE EM DIA/Estadão Conteúdo)

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), pré-candidato à sucessão do presidente Michel Temer (PMDB), acumulou dois reveses no Barômetro Político deste mês: o percentual que o rejeita subiu de 56% para 63% (a pior taxa em dois anos) e a parcela que aprova sua atuação caiu de 21% para 19%, dentro da margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos.

O cientista político Carlos Melo, professor do Insper, afirmou, no entanto, que a aprovação e a rejeição a Lula tem um limite porque os grupos que aprovam e desaprovam o ex-presidente têm similaridades entre si. “Eles não mudam suas opiniões, a posição desses grupos não está conectada com os fatos. Não há como reverter isso. Lula tem um piso do qual ele não passa. Assim como podemos dizer que ele tem um teto que não passará também. Nesse sentido, Lula é um candidato forte de primeiro turno, tem capacidade para fazer uma grande bancada na Câmara. Agora, ele deve enfrentar sérias dificuldades para vencer uma eleição de segundo turno”, analisa Melo.

Segundo o também cientista político Cláudio Couto, da FGV-SP, o embate entre Lula e Moro parece estar criando uma vitimização do ex-presidente. “Além disso, a aprovação de Lula surfa na desaprovação do governo Temer”, afirmou Couto.


Tucanos


Entre os tucanos, o prefeito da capital paulista, João Doria, ainda é o que tem os melhores índices, apesar de sua credibilidade com a população estar caindo. “É a prova de como a imagem se desgasta rapidamente diante de altas demandas por serviços públicos de qualidade aliada a uma expectativa não correspondida da população”, afirma Cersosimo.

No último mês, quando intensificou sua agenda de viagens pelo Brasil com foco na corrida presidencial, Doria viu sua taxa de reprovação passar de 52% para 58% (um ponto abaixo da de Lula) e sua aprovação cair de 19% para 16% – menos da metade de Lula e só três pontos acima do índice positivo do governador Geraldo Alckmin, com quem disputa a indicação do PSDB para a eleição de 2018. Os números do governador paulista oscilaram para baixo no mês passado, dentro da margem de erro. Seu índice de desaprovação passou de 73% para 75% e o de aprovação, de 14% para 13%. 


Outros nomes


A pesquisa também mostrou a percepção dos entrevistados em relação a outros nomes. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), principal responsável pela agenda de reformas do governo e que passou recentemente a se colocar como presidenciável em 2018. tem desaprovação alta, de 66%, e aprovação baixíssima, de 3% – índice que pode ser explicado pelo desconhecimento do seu nome.

A rejeição ao presidente Michel Temer (PMDB) teve um crescimento exponencial no último ano, passando de 60 para 94% dos pesquisados. Os que aprovam o presidente hoje são apenas um décimo do que eram em setembro de 2016: a queda foi de 30 para 3% nos últimos doze meses.

Já o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa também não tem motivos para sorrir com a nova pesquisa. No último ano, a desaprovação ao ex-ministro do STF chegou a 41% e superou a aprovação, que é de 38%.

A ex-senadora Marina Silva (Rede) manteve os números que tinha há um ano – o percentual dos que a desaprovam aumentou de 53 para 60%, enquanto o de seus apoiadores foi de 32 para 28% na última pesquisa.

Apontado como um possível “plano B” do PT, caso Lula seja impedido pela Justiça de concorrer, o ex-prefeito Fernando Haddad alcançou seus piores índices em dois anos. “A pesquisa mostra uma rejeição alta (57%) e comprova que essa desaprovação cai na medida em que seu nome fica mais conhecido. Isso quer dizer que Lula não repassa seu capital político para Haddad”, explica Cersosimo. (Veja.com)

domingo, 24 de setembro de 2017

Raul Jungmann diz que violência e homicídios em PE superam os do RJ e deixa os Albinos em maus lençóis

Johny e Sivaldo Albino com seu padrinho politico Raul Jungmann

Uma pedra no sapado surgiu para o ex-vereador e atual chefe da casa civil do estado para Garanhuns, Sivaldo Albino (PPS), na última sexta-feira (22), é que durante entrevista ao vivo em um programa da GloboNews naquele dia, o ministro da Defesa, Raul Jungmann (PPS), afirmou que o número da violência e homicídios em Pernambuco é maior do que no Rio de Janeiro. A comparação é feita no momento em que a área de segurança pública é o calo principal da gestão do governador Paulo Câmara (PSB). “Aqui em Pernambuco, por exemplo, em termos relativos à violência, os crimes contra a vida, eles estão hoje superando o Rio de Janeiro”, declarou o ministro da Defesa.

O governador Paulo Câmara
Por que a declaração do ministro foi uma pedra no sapado de Sivaldo?

Simples, como todos sabem, Raul é o principal avaliador de Sivaldo no PPS, seu partido, como também é do conhecimento de todos da ligação tanto na politica, quanto pessoal de ambos, como todos também sabem, o ministro é o padrinho e principal mentor do chefe da casa civil, dito tudo isto, fica extremamente embaraçoso para Sivaldo tal declaração do ministro, quando vemos Sivaldo e seu irmão Johny Albino (PPS) defendendo, freneticamente, diga-se de passagem, o governador na área da segurança pública e demais assuntos envolvendo o estado, daí vem Raul e joga esse balde de água gelada nos Albinos, gelada não, pedrificada.

Seria extremamente engraçado, se não fosse trágico.


A comparação do ministro se deu após autorizar o Exército a fazer um cerco na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, para combater os traficantes que entram em confronto com a polícia. Ainda em entrevista, também afirmou que as tropas são requisitadas para desempenharem papéis que fogem da sua função original. Paulo Câmara chegou a comemorar no último dia 15 a redução de 7,61% no número de homicídios no Estado entre julho e agosto, passando de 447 para 413 registros de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs). Com a queda, foi o segundo mês com menor número de assassinatos, atrás apenas de junho, quando houve 380. Apesar dos números, foi o pior mês de agosto desde 2010.

Após a onda de violência que ocorreu no final de semana passada (16 e 17), durante a semana o governador Paulo Câmara foi alvo de cobranças não só da oposição, como também da sociedade. Além do principal calo do socialista, a violência deve ser a pauta central nas eleições de 2018. A promessa do governo é de reduzir os índices, que são os mais altos desde a consolidação do programa Pacto Pela Vida, até lá.

Eduardo Peixoto ao lado de Samara Pontes e Marcelo Jorge durante FIG 2016

O que todos já começam a perceber é que os Albinos defendem o governador seja lá como for, bitoladamente, chegando ao ponto até de esquecerem seus amigos e sua cidade.

Dizemos sua cidade porque como todos viram durante o ultimo Festival de Inverno de Garanhuns – FIG, quando ficou evidenciado para todos o fracasso do evento, com organização da FUNDARPE, os Albinos insistiram em defender o governo estadual dizendo que o FIG estava um sucesso. Outro episódio que os Albinos também se fizeram de surdos e mudos foi quando deixaram de protestar contra o governo estadual no caso do não pagamento de imediato e retroativo dos professores estaduais pelo senhor governador em Agosto, deixando os magistrados da rede estadual abaixo do piso nacional da categoria. Não vimos os Albinos defenderem os professores estaduais como tentaram mostrar defender os magistrados municipais contra o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB).

Marcos Cardoso e Sivaldo Albino
Na ânsia de brigar pelo estado, deixam de lado até velhas e grande amizades, como já é comum se ouvir nos meios políticos em Garanhuns. Dizemos o porque de tal afirmação.

Como todos perceberam, o último FIG não contou mais com a apresentação do amigo e querido comunicador da rádio Jornal Eduardo Peixoto. Sim com a apresentação do não menos querido e competente, também comunicador, da rádio Marano Marcos Cardoso.

O motivo de tal mudança?

O motivo segundo ouvimos do próprio Eduardo e de muitos, teria sido que Eduardo cumprindo seu papel de imprensa livre e imparcial, noticiou o forte indicio de que o estado estaria com a intenção de reduzir o FIG para apenas cinco dias. Por noticiar isso, teria perdido o seu posto de apresentador do FIG. Posto este perdido a pedido dos Albinos, mesmo tendo uma boa relação com Eduardo. Repetimos, ouvimos do próprio apresentador.

É por este tipo de postura diante dos problemas do governo do estado no município, que percebemos que os Albinos estão perdendo cada vez mais espaço, tanto no próprio governo estadual, aliais, perdendo não, não conseguindo ganhar, pois não tem mostrado muito prestigio. Como também se diminuem em representar a oposição em Garanhuns. Fato este que muitos já afirmam frequentemente.

Aí, para completar, vem Raul e diz que os seus afilhados estão errados em defender o governador na área da segurança pública.

Realmente seria extremamente engraçado, se não fosse trágico.


(Com informações do Blog do Jamildo)