quinta-feira, 23 de maio de 2019

Coronel Campos se diz triste com posicionamento de Fernando Rodolfo pela retirada do COAF das mãos de Sergio Moro

Coronel Campos que se diz triste com posicionamento de Fernando Rodolfo em desfavor do ministro Sergio Moro

Todos os eleitores do deputado federal Fernando Rodolfo com quem tivemos contato, se dizem decepcionados com o posicionamento de Rodolfo contra o ex-juiz e atual Ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro.

Em votação no dia de ontem (22.05) o deputado Fernando Rodolfo, que faz parte do PR do ex-deputado Valdemar Costa Neto investigado na Operação Lava Jato, um dos principais partidos do famoso centrão, um conjunto de partidos políticos que não possuem uma orientação ideológica específica e tem como objetivo assegurar uma proximidade ao poder executivo de modo que este lhes garanta vantagens e lhes permita distribuir privilégios por meio de redes clientelistas, votou contra a permanência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) nas mãos do ministro Sergio Moro, que vinha fazendo nos últimos dias uma peregrinação na câmara federal pelo controle do órgão que asseguraria ao seu ministério junto com a policia federal, um maior poder de investigação aos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e ao crime organizado.

Fernando Rodolfo que votou contra a permanência do Coaf no Ministério da Justiça e Segurança Pública

A decepção com Rodolfo vem inclusive de um dos nomes mais proeminentes a fazer parte do grupo político do próprio deputado em Garanhuns, o Coronel Campos, que disse que no lugar de Rodolfo preferiria sair do PR a ter votado contra o ex-juiz que hoje é o maior símbolo do combate a corrupção no país, em suas palavras.

“Lamentável. Sem justificativa. Eu sairia do partido, mas não votaria (contra a retirada do Coaf de Sergio Moro). Fiquei triste com a posição de Fernando Rodolfo. Em seu lugar votaria a favor da permanência do COAF nas mãos do Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, que trata a corrupção como inimiga dos homens de bem, por uma sociedade mais justa”, disse o Coronel Campos a nossa redação.

Valdemar Costa Neto, investigado na Operação Lava Jato, mesmo não reeleito deputado federal, mantem o controle do PR

Moro que está de passagem pela cidade do Recife nesta quinta-feira (23.05) afirmou que “lamenta o ocorrido” e agradeceu aos deputados que votaram pela manutenção do Coaf no Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

"Sobre a decisão da maioria da Câmara de retirar o COAF do Ministério da Justiça, lamento o ocorrido. Faz parte da democracia perder ou ganhar. Como se ganha ou como se perde também tem relevância. Agradeço aos 210 deputados que apoiaram o MJSP e o plano de fortalecimento do COAF", disse em sua conta no Twitter.


Um fator interessante e que chama a atenção é que Rodolfo postou a pouco mais de um mês uma foto ao lado do ministro Moro em seu Instagram ao sair da primeira reunião da Frente Ética Contra a Corrupção da qual faz parte representando o nordeste, como diz na legenda em sua postagem. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário