quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Filho de Mourão vira assessor especial no Banco do Brasil e triplica o salário


O filho do general Hamilton Mourão (PRTB), tornou-se um dos três assessores especiais da Presidência do Banco do Brasil, com novo salário de quase 37.000 reais, Antônio Hamilton Rossell Mourão, filho do vice-presidente, passará a receber um valor três vezes maior do que o recebido nós últimos 11 anos como assessor da Diretoria de Agronegócios.

Procurado, o vice-presidente negou qualquer interferência dele na nomeação de seu filho. E informou, por meio de sua assessoria, que “não há nada de anormal” nela porque o filho é especializado na área agrícola e é um funcionário de carreira do banco.

O novo presidente do banco, Rubem Novaes, que tomou posse na última segunda-feira na presença de Mourão, disse, em nota, que confia no filho do vice-presidente. “Antônio é de minha absoluta confiança e foi escolhido para minha assessoria, e nela continuará, em função de sua competência. O que é de se estranhar é que não tenha, no passado, alcançado postos mais destacados no Banco”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário