segunda-feira, 22 de abril de 2019

Gersinho Filho vai ao programa de Gláucio Costa explicar concessão de exploração de feiras livres de Garanhuns

Gersinho Filho

Em entrevista na manhã desta segunda-feira (22) ao radialista Gláucio Costa, no quadro “O Pé de Conversar”, dentro do programa o Arraiá de Gláucio Costa, na rádio Marano FM, o secretário de desenvolvimento rural e meio ambiente de Garanhuns, Gersinho Filho, fez a defesa da legalidade e do direito da empresa que ganhou a concessão para explorar os serviços que serão oferecidos pelos próximos doze anos e explicou do porquê do valor de R$ 20,00 (vinte reais) que passará a ser cobrado por tais serviços. Hoje em torno de R$ 5,00 (cinco reais) cobrados por donos de bancas que as alugam aos feirantes.

“A licitação foi uma licitação aberta, onde todos poderiam participar, eles (os donos de bancas) poderiam ter fundado uma cooperativa para também participar da licitação, mas não se organizaram. Do ano de 2014 para cá tiveram várias conversas, várias discussões, mas não se organizaram,” disse o secretário. E completou, “Essa empresa (que agora irá explorar o serviço) vai pagar imposto, vai ofertar material de vestimenta adequada para todos os feirantes, vai ter segurança, vai ter uma estrutura, vai gerar empregos também, na formalidade, não na informalidade como acontece hoje. Nenhum emprego será tirado de Garanhuns. Está empresa veio para cá e ela vai contratar as pessoas de Garanhuns. Inclusive se tem a necessidade de contratar 30 pessoas para colocar as bancas, seja 100 pessoas, 50 pessoas ou 01 pessoa, vai ser de Garanhuns, e vai continuar dando prioridade aqueles que já colocam (as bancas). Inclusive Gláucio, em conversa que tivemos com o prefeito, conseguimos que nos três primeiros meses o valor que será cobrado será de R$ 15,00 (quinze reais)” disse o secretário Gersinho Filho.


Veja entrevista completa do secretário Gersinho Filho:



Nenhum comentário:

Postar um comentário