sábado, 9 de fevereiro de 2019

Eliane Vilar deixa secretaria de educação com nota divulgada as pressas


A secretária de comunicação social da prefeitura municipal de Garanhuns, Jacqueline Menezes, divulgo nota na noite desta sexta-feira (08), às 22 h 09 min, comunicando o afastamento da secretária de educação do município, Eliane Vilar. A nota informa que a secretária teria pedido o desligamento do cargo para tratar da sua saúde.

O que chama a atenção é a forma e a hora que a nota foi divulgada. Se vê claramente que a nota parece ter sido escrita no próprio celular pelo aplicativo WhatsApp, por onde a nota foi divulgada, não tendo chegado ao e-mail da redação do Blog do Cisneiros até o exato momento, nem de alguns colegas com quem conversamos.

Vamos ver a nota em sua integra:

A Prefeitura de Garanhuns informa que a titular da pasta da Educação, a professora Eliane Vilar, comunicou ao prefeito Izaías Régis, durante uma conversa em seu Gabinete na semana passada, que só estará à frente da pasta até o fim de março.

De acordo com a gestora, o pedido se deve à prioridade de cuidados com a saúde. A secretária Eliane Vilar, portanto permanece à frente da referida Secretaria até o fim de março, quando então deve entregar oficialmente sua carta de desligamento. Até lá fechará a última prestação de contas de sua gestão, e possivelmente acompanhará a entrega de algumas obras em andamento.

Vejamos que a nota informa que a secretária Eliane Vilar comunicou “desde a semana passada” e que só irá ficar no cargo até o fim de março, quando irá pedir o seu desligamento.

Neste caso, como perguntar não ofende: por que a pressa em divulgar uma nota às 22 h 09 min pelo aplicativo WhatsApp?

Outro ponto que chama a tenção é que mesmo numa nota curta, repetiram duas vezes, sem necessidade no texto, que a Eliane só ficará até o fim de março. O que reforça a ideia de que foi escrita às pressas pelo WhatsApp mesmo. Vejamos as frases repetidas:

durante uma conversa em seu Gabinete na semana passada, que só estará à frente da pasta até o fim de março

permanece à frente da referida Secretaria até o fim de março, quando então deve entregar oficialmente sua carta de desligamento

Tonho de Belo do Cal, Felipe Arruda, Luizinho Roldão e Betânia da Ação Social

Coincidentemente a nota saiu logo após os boatos do afastamento de Eliane tomou conta das redes sócias na noite de ontem. Com a informação de que a secretária havia falado da sua saída do governo em conversa com professores em escola da zona rural.

Outra coincidência é que a prefeitura divulga nota da saída da secretária após pouco mais de 24 horas da divulgação, também pelas redes socias, pelo Blog do Cisneiros, da ida dos vereadores Betânia da Ação Social e Tonho (PTB) e Belo do Cal (PSDB) e dos chefes de gabinete Luizinho Roldão e Felipe Arruda, respectivamente, ao tribunal de contas do estado de Pernambuco na regional Arcoverde, de onde saíram de lá dizendo que a situação da conta do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) em Garanhuns está pior do que pensavam. Prometendo divulgarem a real situação ainda nesta semana que vem.

O fato é que a saída da secretária já vem sendo motivo de especulação a tempo. O que se especula é que Eliane não esperava encontrar “tanta bronca lá dentro”, diz um vereador que pede anonimato. Outro motivo que se especula é que a secretária estria se negando a assinar contas com graves irregularidades do Fundeb.

Nenhum comentário:

Postar um comentário