quarta-feira, 28 de novembro de 2018

[VÍDEO] Vereador Tonho de Belo acusa seus colegas da câmara de vereadores de Garanhuns de fazerem tudo que o prefeito manda


Ao chegar ao plenário da câmara de vereadores de Garanhuns, o vereador Tonho de Belo do Cal (PSDB), acusou seus colegas de legislatura de fazerem tudo que o prefeito do município, Izaías Régis (PTB), manda.

Segundo o vereador, os vereadores que foram eleitos para lutar, defender e trabalhar pelo povo na verdade não o fazem, e sim só o que o prefeito autoriza fazerem, a exemplo dos projetos do legislativo que chegam na casa, onde, ainda segundo o vereador, todos são aprovados, mesmo que prejudiquem a população, mas se for a vontade do prefeito, a câmara aprova, afirma o vereador.


A exceção seriam o próprio vereador Tonho de Belo do Cal que se coloca como independente e a vereadora Betânia da Ação Social que é de fato a única vereadora que se declara oposição a atual administração de Izaías.

O desabafo do vereador se deu pela chegada de um projeto que cria taxa de mais de 5 mil reais para cada antena de celular que as empresas que atuam no município vierem a instalar em Garanhuns.

“Usando o exemplo da Tim, que tem atualmente tem planos de colocar mais 4 torres de celular na cidade para melhor o sinal e atender a sua demanda, terá de pagar a prefeitura mais 20 mil, ou 5 mil reais por cada antena, elevando seus custos. A empresa paga mais a prefeitura em impostos e repassa os valores para os clientes, ou a empresa desiste do investimento na cidade e deixa os usuários de Garanhuns com um serviço sem funcionar a contento. Este é o presente de natal que o prefeito quer dar a cidade. Num momento de crise como o que o país está passando, a prefeitura de Garanhuns quer criar e aumentar taxas e impostos.” Desabafa o vereador Tonho de Belo ao Blog do Cisneiros.

Infelizmente tanto nas ruas como nas redes sociais, o que vemos é que a grande maioria da população de Garanhuns tem este mesmo sentimento do vereador Tonho de Belo do Cal em relação da câmara municipal. Uma pena, Lamentável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário