quarta-feira, 23 de maio de 2018

Gosto de Sampa – Boa Tarde I


Givaldo Calado de Freitas *


No Shopping Paulista. Aqui, conferindo vitrinas e vitrinas. É o programa do turista. De quem sai de sua cidade para turistar. Bom? Gostoso? Eu acho. Limpa. Limpa a "caixola" da monotonia dos dias a dia da gente. Por isso que vez em quando turistar é preciso.

“Vovô vamos à Praça da alimentação?”. “Vamos Gui. Vamos! Você manda, já o disse”. Nem me lembrei de que no meu Nordeste tenho verdadeiro horror às praças de alimentação. É que são muito barulhentas... Esqueci-me de me lembrar!

“Vovô! Encontrei! Aqui, tem ‘Taco Bell’. O Senhor gosta?”. “Não sei Gui. Não sei. Pergunta a sua avó”. Porque outro dia me ofereceram um prato japonês, e ela partiu de lá dizendo: “Givaldo não gosta”. Sei lá se ela vai dizer o mesmo da comida mexicana...


“Agora, que saber Gui? Não pergunte nada a sua avó. Vamos nessa. Eu gosto!”.

E gostei mesmo. Também... Comida apimentada. Sou fascinado pela comida temperada, com um toque de pimenta. Uma delícia que eu voltaria a comer no mesmo restaurante - Taco Bell -, mas em outro shopping.

Gosto de viajar com meu netinho Gui. Ele, o primeiro dos cinco, tem 12 anos.  A irmã dele, Gabi, ainda muito nova para essas aventuras. De repente, bate a saudade dos pais. Como resolver essa parada? Os outros moram nos EUA - Bella, Sophia e Lucas. As duas primeiras, de Giovanna e o último de Germana. Mas também muito novos ainda.

Final do ano, todos aqui conosco. Vai ser uma farra. Ano passado a vivenciamos. Quando foram embora... Meu Deus! Que saudade! A casa ficou vazia. E, também, triste. Nunca pensei que netos nos davam tanta alegria e gosto pela vida, essa dádiva do Senhor.


* Figura pública. Empresário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário