segunda-feira, 19 de março de 2018

Elias tenta mais uma cartada por candidatura do PSDB ao governo do estado de Pernambuco

Elias Gomes

O ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes, divulgou no início da noite desta segunda-feira (19), carta aberta aos membros da direção estadual do seu partido, o PSDB, onde faz um apelo para que consultem as bases, para tentar se construir uma candidatura própria do ao governo do estado de Pernambuco. Elias, que já vem externando há algum tempo sua vontade de concorrer ao governo estadual, diz que o partido tem “outras possibilidades legítimas dentre os valorosos quadros que o PSDB dispõe no estado, a exemplo do presidente Bruno Araújo e dos dois ex-governadores Joaquim Francisco e João Lyra Neto. Além de nomes importantes como os jovens parlamentares Daniel Coelho e André Régis". Dizendo que abre mão de sua candidatura e apoiaria quem os filiados escolhessem numa prévia onde teria seu formato discutido.

Elias também alfineta a oposição quando diz que a “estratégia definida pelas oposições é de alto risco e pouca criatividade”.


Veja a seguir a integra da carta divulgada por Elias Gomes:


Aos deputados Bruno Araújo, presidente estadual do PSDB, e Betinho Gomes, secretário geral do PSDB em Pernambuco.

Aos filiados, militantes e dirigentes do partido no Estado e nos municípios.

Às senhoras e senhores deputados, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores tucanos em Pernambuco.

Amigas e amigos.

Ao longo do tempo tenho defendido em diversas oportunidades uma tomada de posição que nos tire da condição de eterna força auxiliar, em razão da apatia e do comodismo do partido.

Na busca permanente por este objetivo formulei ideias, teses e coloquei o meu nome à disposição da nossa agremiação e do nosso Estado para disputar o Governo estadual, sem prejuízo de outras possibilidades legítimas dentre os valorosos quadros que dispomos, a exemplo do nosso presidente Bruno Araújo e dos nossos dois ex-governadores Joaquim Francisco e João Lyra Neto. Além de nomes importantes como os jovens parlamentares Daniel Coelho e André Régis.

Como se vê, temos excelentes e competitivos nomes para concorrer com chances de vitória ao Governo de Pernambuco.

Desse modo, estou convencido de que devemos sim aproveitar a oportunidade histórica de sermos protagonistas nesta quadra decisiva para o destino de Pernambuco, quando poderemos apresentar ao nosso povo, que clama por mudanças, um projeto alternativo baseado em princípios, ideias e conteúdos diferenciados, contribuindo para a oxigenação do ambiente político.

Por tudo isso, e como já externei ao presidente Bruno Araújo, é que ressalto o meu entendimento de que o PSDB cometeu um profundo equívoco ao endossar a decisão de candidatura única das forças de oposição.

Decisão tomada sem um amplo e profundo debate. Ao contrário, movida pelo pragmatismo matemático e passando ao largo da complexidade da ciência política, sem se explorar o território das diversas possibilidades de construirmos na pluralidade a nossa unidade e fazermos o enfrentamento às forças governistas, visando cumprir a estratégia comum de remeter as eleições para o segundo turno.

Prezadas companheiras e companheiros.

Entendo que a estratégia definida pelas oposições é de alto risco  e pouca criatividade. E apelo para uma reflexão profunda no âmbito do nosso partido sobre a renúncia que estamos fazendo, abdicando de uma irrecusável missão, que é a de nos tornarmos protagonistas ativos na disputa pelo Palácio de Campo das Princesas, também nos constituindo em mais uma alternativa às oposições.

Da minha parte, caso alguns dos nossos quadros se disponha a cumprir a missão de disputar a eleição para o importante cargo em disputa, abrirei mão da minha postulação e cerrarei fileiras para dar a minha modesta, porém sincera e abnegada contribuição.

Isso porque a minha questão é de mais profundidade que uma simples candidatura, e por isso insisto na tarefa de se fortalecer o partido, fazendo-o ator qualificado e respeitado no âmbito das oposições e ainda ampliarmos a nossa representação na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal.

Desse modo, proponho que o PSDB realize uma CONSULTA aos seus filiados em formato a ser definido. Essa CONSULTA dará vida ao partido, com a sua militância legitimando soberanamente os rumos a serem seguidos pelo PSDB nas eleições de 2018.

Elias Gomes
Ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes

Nenhum comentário:

Postar um comentário