sábado, 26 de agosto de 2017

Givaldo: O Sete Precisa Voltar às Grandes Disputas


Em entrevista ao Blog do Cisneiros, na tarde da última quarta-feira (23), o empresário Givaldo Calado de Freitas, depois da apresentação do atacante Araújo, que envergará nesse próximo embate futebolístico, a camisa setembrina, afirmou que “Garanhuns com um Clube com mais de 66 anos; com um Clube dono de um patrimônio considerável na cidade; com um Clube dono de uma marca digna das marcas dos grandes Clubes do Estado... Não pode e não deve ficar de fora do próximo campeonato, que poderá retornar o Sete à Primeira Divisão”. E adianta Givaldo: “A conquista desse título é legítima ao Sete. Quer por suas tradições, quer por seu grande acervo, reunido ao longo desses anos todos”.

“Garanhuns cobra e exige uma atitude de seus filhos. Deixar que seu único Clube, continue como se encontra, sem perspectiva, é de cortar o coração. O “Gigante do Agreste” no abandono. Deteriorando-se. Degradando-se... É terrível. Deixar a sua torcida, que chegou a ser considerada uma das maiores e animadas do Estado, órfã de pessoas que bem poderiam estar cuidado desse patrimônio extraordinário, que é o Sete de Setembro, é inacreditável” - arremata Givaldo, até sob grande emoção. 

E continua Givaldo, que passou pela Câmara Municipal, como Vereador e pela Secretaria de Cultura, como Secretário: “Não! Não podemos assistir a essa situação, inertes e indiferentes. Não! Não podemos continuar vendo a cidade de Salgueiro, com seus pouco mais de 60 mil habitantes, "cantando de galo" e Garanhuns, com mais de 150 mil habitantes, no entanto, com seu único Clube, fora do campeonato pernambucano. Isso é humilhante demais.

Por isso que estamos trazendo para nossa cidade o atacante Araújo. Que foi da seleção brasileira. Que jogou por vários Clubes da Europa e da Ásia... E ele vem disposto a enriquecer e a reforçar o plantel do Sete. Conferindo-lhe mais probabilidade de protagonismo e confiança e, em consequência, animando e homenageando sua grande torcida”.


“O futuro dessa tentativa nos cabe promover. E vamos promovê-lo. Aliás, já estamos fazendo-o. E você assistiu. Todos assistiram esse momento que o Sete de Setembro Esporte Clube tanto cobrava de sua cidade. De sua região - esse agreste querido. De minha parte digo: estarei à disposição da minha cidade nesse esforço de todos para reconquistarmos o que perdemos. Mas, também digo: isso é tarefa de todos nós garanhuenses. Vamos nos dar as mãos, portanto.” - finalizou Givaldo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário