quarta-feira, 26 de julho de 2017

Teatro garanhuense integra programação de artes cênicas no 27º FIG


As artes cênicas já são tradicionais e sempre recebem um grande público ao longo das edições do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). No ano de 2017 não poderia ser diferente. O Teatro Luiz Souto Dourado, localizado no Centro Cultural, vira palco para diversas apresentações nacionais e locais. Nesta quarta-feira (26), foi a vez do grupo Claricena emocionar o público.

O monólogo “A Descoberta de Um” é dirigido e encenado por dois garanhuenses. É uma dramaturgia que trata de questões de identidade e sobre o “ser diferente” na sociedade. O diretor da peça, Anderson Vieira, relata que é o primeiro texto autoral do grupo, que surgiu em Maceió (AL) e hoje possui um núcleo em Garanhuns e São Paulo (SP). “Para nós é uma honra muito grande voltar pra casa e se apresentar em um festival nacional”, enfatiza.

A peça é encenada por Juan Pablo, que traz a história de Antônio, que se sente diferente diante das outras pessoas e convida a plateia a refletir sobre o que é ser fora dos padrões. Após a encenação, uma roda de conversa foi realizada em torno da temática.

Teatro - O teatro atrai grande público para o Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti durante o FIG. Mais de 300 pessoas assistem a apresentações cênicas durante o período e podem conferir o que a arte tem de melhor. Além de ser gratuito, as apresentações da próxima sexta-feira (28) irão contar com audiodescrição e um instrutor de libras.

Os temas encenados vão do universo infantil à dramas adultos. Para retirar o ingresso é necessário comparecer à bilheteria do Centro Cultural, às 15h do dia da apresentação desejada. Para outrass informações sobre a programação, acesse:http://www.garanhuns.pe.gov.br/wp-content/uploads/2017/05/FIG-2017-programacao-.pdf. (Secom)

Um comentário:

  1. Olá, boa tarde! Só corrigindo.. o ator é Juan Pedro e não Juan Pablo! Rsrs

    ResponderExcluir