sábado, 8 de julho de 2017

Empodera reúne gestoras de todo o Agreste Meridional em Garanhuns

Fotos: Daniela Batista - Secom/PMG

Mais de 20 gestoras estiveram no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), nesta sexta-feira (7), na terceira edição do Encontro de Mulheres das Políticas Públicas de Enfrentamento à Violência de Gênero da Região do Agreste Meridional, o Empodera. A ação é organizada pela Secretaria da Mulher de Garanhuns (Secmul), com o apoio da Secretaria Estadual da Mulher. O encontro teve o intuito de promover uma formação a respeito das leis que amparam a mulher.

O momento contou ainda com a participação de representantes do 9º Batalhão da Polícia Militar, Delegacia Regional de Polícia Civil, a deputada federal, Priscila Krause; Autarquia de Ensino Superior de Garanhuns (Aesga); mulheres do Vale do Mundaú e a coordenadora regional da Secretaria da Mulher de Pernambuco. Pela manhã, a ex-secretária da Mulher e atual secretária de Educação de Garanhuns, Eliane Simões Vilar, marcou presença no evento.

A titular da pasta da Mulher,
Walkíria Alves
A titular da pasta da Mulher, Walkíria Alves, abriu o evento e salientou o objetivo de reunir todas essas servidoras para uma discussão à respeito das políticas públicas que favorecem as mulheres. "A ideia é trazer essas informações e mostrar quais os procedimentos no encaminhamento à mulher ameaçada ou vítima de violência. Elas vão conhecer também os destacamentos das polícias e as delegacias regionais, que são nossas parceiras”, disse.

A representante da Coordenadoria da Mulher da cidade de Correntes, Filomena Vasconcelos, esteve na formação e evidenciou o apoio que recebe da Secmul de Garanhuns. “Desde o início do meu trabalho que eu tenho um amparo muito forte aqui pela Secretaria da Mulher de Garanhuns. Meu trabalho lá caminha por aqui, é incrível. Esses momentos são riquíssimos e importantes, porque a coordenadoria sempre está se renovando, então precisamos ter essa formação. Você não caminha sem saber. É um enriquecimento e fortalecimento muito grande”, ressaltou.

EMPODERA – O encontro chegou a sua terceira edição. Durante a primeira etapa, a questão cultural e histórica que embasa a violência contra a mulher foi discutida. Na segunda, a criação das organizações que amparam a mulher fez parte da pauta.

Na edição atual, a lei Maria da Penha e a Rede de Atendimento à Mulher são os principais pontos. “É muito importante fazer esse tipo de encontro, mostra que as gestoras têm um interesse muito grande, não estão lá só por um cargo político, e sim pela busca da luta de políticas públicas. Elas querem atuar e desenvolver bem o seu trabalho”, finalizou a secretária Walkíria Alves. (Secom)

Nenhum comentário:

Postar um comentário