quarta-feira, 19 de abril de 2017

PROFISSIONAIS DE SAÚDE QUE VÃO ATUAR EM VACINAÇÃO CONTRA A INFLUENZA SÃO IMUNIZADOS EM GARANHUNS

Fotos cedidas pela Secretaria Municipal de Saúde - PNI
Por AQUILLES SOARES

A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, deu início nesta segunda-feira (17) a imunização dos profissionais da área de saúde, que vão atuar durante a Campanha de Vacinação contra a Influenza. A iniciativa do Programa Nacional de Imunizações (PNI) tem início a partir da próxima segunda-feira (24) e segue até o mês de maio, disponibilizando a vacina em todas as Unidades de Saúde da Família (USF’s) do município.

A expectativa é de que em Garanhuns mais de 35 mil pessoas sejam vacinadas durante o período. As unidades deverão receber os grupos prioritários, que compreendem idosos (com 60 anos ou mais), gestantes, puérperas, crianças (de 6 meses a 5 anos de idade), pacientes com comorbidades, portadores de doenças crônicas e mulheres no período de pós-parto (até 45 dias).

Pela primeira vez, professores da rede municipal, estadual e privada de ensino (nível básico e superior); também fazem parte do grupo e deverão ser imunizados. Para isso, é necessária a comprovação do exercício, por meio da carteira de trabalho, contracheque ou carteirinha do professor. Já no dia 13 de maio, será realizado o Dia “D” da campanha, destinado a todos os grupos prioritários.

De acordo com a coordenação do PNI municipal, é importante o comparecimento do público durante o período, para que seja evitado que contraiam a doença. “É muito importante que as pessoas atentem para essa campanha que vai proteger esses grupos de contraírem a gripe, são uma parcela mais frágil e que tem maior probabilidade de adoecer. Então é essencial que eles possam comparecer às unidades, pois a melhor medida de combate é a prevenção”, afirmou a coordenadora do PNI municipal, Luciana Souto

As vacinas estarão disponíveis na USF de cada localidade, de segunda à sexta-feira. É necessário que a pessoa esteja munida da carteirinha de vacinação e do cartão do SUS. Nos casos de comorbidade, o interessado deve apresentar a prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário