segunda-feira, 24 de abril de 2017

NAMORO OU AMIZADE? ÁLVARO E IZAÍAS CADA VEZ MAIS PRÓXIMOS

O prefeito de Caetés Armando Duarte, o prefeito de Canhotinho Felipe Porto (PSD), o prefeito de Garanhuns Izaías Régis (PTB) e o deputado estadual Álvaro Porto (PSD)

Quem esteve na última noite do Festival Viva Dominguinhos teve a oportunidade de presenciar uma cena até pouco tempo atrás impensável, o deputado estadual Álvaro Porto (PSD) e o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB), lado a lado brincando, rindo, e trocando ideias.

Sim, depois do discurso, inusitado, de Álvaro na tribuna da assembleia legislativa de Pernambuco em defesa de Izaías, a menos de um mês, depois que a comitiva do governador Paulo Câmara (PSB), desembarcando em Garanhuns, durante o Pernambuco em Ação, programa este do governo do estado, disparou pesadas criticas a Izaías, começou a se criar um clima de maior cordialidade entre os dois. Tanto, que só quem viu pôde crer ao ver a descontração e amizade dos dois durante o Viva Dominguinhos.

Vendo Álvaro e Izaías juntos naquela animação, este Blogueiro que vos fala não poderia perder a oportunidade de, quem sabe, conseguir um furo jornalístico, foi quando disparei: Izaías, de zero a dez, qual a chance de Álvaro seu ser candidato a deputado nas próximas eleições?

A resposta? Bem, a resposta do prefeito não foi bem o furo jornalístico que eu tanto almejava conseguir. “Quer me pegar é? Quer me pegar? Não, aqui não falo de politica, aqui estou me divertindo, entre amigos”. Disse Izaías.

O fato é que os dois tem se aproximado cada vez mais, mesmo que por acaso, em eventos como o Pernambuco de Verdade e agora no Viva Dominguinhos.

Álvaro e Izaías andarem se bicando durante a última eleição estadual (2014), quando Izaías teve como seu candidato aqui na cidade o hoje vereador Zaqueu Naum Lins (PRB), e Álvaro entrou aqui com os apoios de vários políticos locais e alguns vereadores da própria base do prefeito e da oposição na época, criando-se assim um clima momentâneo de animosidade.

“Álvaro tem transitado com cada vez mais desenvoltura aqui em Garanhuns, tem conversado com muita gente, principalmente agora com esta aproximação com meu prefeito Izaías, estou muito feliz, pois todos sabem que admiro e gosto muito dos dois como pessoas e como políticos”. Disse o médico Ulisses Pereira (PTB), correligionário de Álvaro Porto.

Hoje é consenso no meio politico local que com o fim da animosidade entre os dois, seria uma mão na roda, por assim dizer, a união de ambos nas próximas eleições, pois, com a aprovação de Izaías, ainda alta, junto ao eleitor, e a popularidade cada vez mais crescente de Álvaro também junto ao eleitor de Garanhuns e região com seu estilo de sempre fazer discursos fortes e incisivos, a chance de Álvaro ter uma das maiores votações como deputado, seja para estadual, seja para federal, com o apoio do prefeito, seria enorme.

Rendendo assim dividendos políticos para ambas as partes e para cidade e região como um todo, pelo motivo de tanto Álvaro, quanto Izaías, serem políticos furões, que sabem como buscar e brigar por mais recursos e investimentos para suas cidades. Além, claro, de Izaías não precisar colocar a mão no bolso para gastar um único centavo com esta candidatura. Diferentemente de se resolver lançar Zaqueu novamente ou algum candidato novo tirado da cartola.

Sem falar que com Álvaro e Izaías juntos, o hoje senador Armando Monteiro (PTB), teria um palanque inegavelmente muito mais forte, aqui em Garanhuns e Região, com sua possível candidatura ao governo do estado de Pernambuco em 2018.

Quanto ao discurso que alguns podem já estar pensando que pode vim a ser ensaiado por alguns adversários nas próximas eleições, de que Álvaro seria um forasteiro, e que isso foi umas das coisas que não apenas Izaías como quase a totalidade dos políticos da Garanhuns tem batido muito durante as últimas eleições, não pegaria, pois não se trata de uma eleição municipal, e sim de uma eleição estadual, além de que mesmo se quiserem levar para o lado do bairrismo, Álvaro ainda assim não poderia ser chamado de forasteiro. Imaginemos que seja aprovado no congresso nacional o voto distrital, com quase que total certeza posso afirmar que Canhotinho, cidade de Álvaro, ficaria no mesmo distrito eleitoral que Garanhuns, por estar só a 33 quilômetros aqui de Garanhuns.

Verdade que seria ótimo termos um bom nome, com bom transito e força politica no estado e em Brasilia como tem Álvaro, mais hoje não vejo um nome novo com esta mesma densidade eleitoral aqui na cidade, pode vim a surgir, verdade, mas hoje não vejo. O ideal seria isso, mais imaginemos que cada cidade do estado queira eleger um deputado, teríamos de ter aí 186 deputados estaduais e federais, um para cada um dos 185 municípios de Pernambuco mais o arquipélago de Fernando de Noronha.  

Assim, como todos podem ver, a união de ambos só traria, a primeira vista, benefícios para todos os lados. O que vai acontecer? Se vai ser namoro ou amizade? Isto ninguém sabe, mas respondo agora como meu amigo Tony Neto sempre diz, “pode acontecer tudo, inclusive nada”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário