sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Advogadas acompanharão gratuitamente casos de violência doméstica e familiar

A Secretaria da Mulher (Secmul) de Garanhuns esteve reunida, na última terça-feira (14), com o advogado Jorge Wellington, presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), seccional Garanhuns. O objetivo foi firmar um convênio de de cooperação para o apoio do órgão às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. De forma voluntária, algumas advogadas se propõem a acompanhar essas mulheres em seus processos. Além do apoio do Núcleo de Práticas Jurídicas da AESGA (Autarquia de Ensino Superior de Garanhuns), a Secretaria da Mulher terá também a OAB Mulher que hoje é coordenada pela advogada Maria do Rosário Sarduy, responsável exatamente pela integração entre a Secretaria da Mulher, o Poder Judiciário e a OAB.

Para a secretária da Mulher, Eliane Vilar, este é um momento significativo para o município. “É muito importante essa parceria, porque sabemos que as mulheres vítimas de violência se sentem muitas vezes impotentes diante de algumas situações e uma delas é a contratação de advogados”, afirma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário