(87) 9.8141.4000

(87) 9.8141.4000

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Pastoril do Cras Boa Vista faz apresentação em festa religiosa

O pastoril do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) Boa Vista, localizado no bairro Francisco dos Santos Figueira (Cohab 2), em Garanhuns, participou na noite desta terça-feira (17), de uma festa realizada pela Igreja Católica. O grupo, formado por crianças de seis a 15 anos, faz parte do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, monitorado pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos.

A professora Jucineide da Silva, ressaltou na ocasião a alegria que as crianças demonstram ao se apresentarem em eventos da cidade.  “O pastoril é um resgate cultural da nossa cidade. Fico muito feliz porque eles irão dar continuidade a esses costumes. Eles dançam com o maior prazer. Quando recebem o convite para participar de festas na comunidade, eles se sentem reconhecidos, assim como eu”, comentou.

A titular da pasta, Célia Sobral, fala sobre os projetos realizados pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). “O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos é um programa que atende crianças, jovens e adultos; pessoas com deficiência; pessoas que sofreram violência, vítimas de trabalho infantil, jovens e crianças fora da escola, jovens que cumprem medidas socioeducativas, idosos sem amparo da família e da comunidade ou sem acesso a serviços sociais, além de outras pessoas inseridas no Cadastro Único. Esse serviço tem o objetivo de fortalecer as relações familiares e comunitárias, além de promover a integração e a troca de experiências entre os participantes, valorizando o sentido de vida coletiva”, explica.

Pastoril - O pastoril é uma festa folclórica de origem portuguesa com influências francesas e de caráter religioso. A apresentação é uma mistura de músicas e danças que representam o nascimento de Jesus Cristo. No Brasil, o pastoril, também chamado de folguedo, apareceu por volta de 1584 e tem um forte reconhecimento no Nordeste, devido aos conventos localizados na região, principalmente em Olinda, antiga capital de Pernambuco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário