(87) 9.8141.4000

(87) 9.8141.4000

domingo, 26 de julho de 2015

Capital Inicial encerra a última noite do 25º Festival de Inverno de Garanhuns

Uma multidão foi até a Praça Cultural Mestre Dominguinhos, área central de Garanhuns, no encerramento da 25ª edição do Festival de Inverno, que aconteceu entre a noite desse sábado (25) e madrugada deste domingo (26). De acordo com a Polícia Militar, Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros, mais de 65 mil pessoas lotaram o espaço e, por medidas de segurança, os acessos à praça tiveram que ser fechados antes mesmo da última atração subir ao palco.

Foi a cantora garanhuense Andrea Amorim que abriu a noite. Ela já tem aproximadamente 15 anos de carreira e foi primeiro lugar geral em um dos festivais de Música e Arte de Garanhuns. Com fortes influências do pop rock, em sua apresentação, ainda houve a participação do Projeto Batuque de Garanhuns, em uma homenagem ao cantor Chico Science. "Eu queria fazer uma homenagem a Chico Science, e sem a alfaia fica uma coisa meio vazia. E a primeira coisa que me veio à cabeça foi o Projeto Batuque”, disse Andrea, que empolgou o público.

A segunda atração da noite, Bonsucesso Samba Clube, trouxe músicas do seu novo álbum, intitulado "Coração da Boca que Sai". Antes do show, o vocalista Rogerman falou sobre a importância do evento para os artistas. "Hoje nós temos tantas coisas que sustentam a musicalidade pernambucana, como o próprio FIG, que é um objeto de extrema importância para isso", ressaltou.

Já os pernambucanos do Mombojó, banda que faz parte do novo cenário musical do estado, vieram com o repertório do novo álbum "Alexandre", além dos hits de lançamentos anteriores que fizeram a galera pular. 

Por último, foi a vez da banda Capital Inicial. O público eufórico gritou para receber o vocalista Dinho Ouro Preto. O grupo, que foi formado em 1982, em Brasília, tocou os grandes hits de sua carreira como "Primeiros Erros", "Independência" e "Quatro Vezes Você". Dinho demonstrou carisma, interagindo com o público que também deu um show a parte, e com um coral com mais de milhares de mãos levantadas, a banda encerrou com muito brilho mais uma edição do Festival de Inverno de Garanhuns.

Nenhum comentário:

Postar um comentário