(87) 9.8141.4000

(87) 9.8141.4000

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Conselho Municipal de Educação tem novo presidente

Um órgão de deliberação coletiva participativa e que possui caráter consultivo, propositivo, mobilizador, fiscalizador e de controle social na implementação das políticas públicas da educação. Este é o papel do Conselho Municipal de Educação de Garanhuns, que vivenciou a legitimação da posse do seu novo presidente na tarde desta terça-feira (19), no Gabinete do prefeito, no Palácio Celso Galvão.

O ato se configurou com a fala da atual presidente, Dorvalina Maciel, leitura das principais ações do Conselho para firmar sua relevância mediante os presentes, assinatura do termo de posse, seguida de fala do prefeito Izaías Régis, bem como da fala do novo empossado ao cargo de presidente do Conselho, Adilson Salustiano.

A atual presidente do Conselho, Dorvalina Maciel, declarou necessário manter o zelo pelo referido órgão público, mas expressou a dificuldade em se conseguir pessoas para atuarem nele, por não existir vínculo empregatício. “Para fazer parte do conselho é preciso entender de educação e está comprometido para que ela aconteça e dê resultados no município”, afirmou Dorvalina Maciel. Dentre as importantes ações do Conselho a presidente destacou a elaboração da Conferência Municipal de Educação, bem como o destino de recursos e elaboração de prioridades do Plano Nacional de Educação.

O chefe do poder executivo, Izaías Régis, disse contar com o desempenho do Conselho Municipal de Educação para realizar uma boa administração pública. O prefeito disse acreditar no Plano de Cargos e Carreira a ser implantado no município ainda neste governo, e que a intenção de sua gestão é realizar uma mudança no Estatuto dos atuais servidores municipais. “Nós precisamos da participação de todos para que o nosso trabalho tenha sucesso. Por isso espero contar sempre com vocês”, declarou o prefeito.

Feliz por ter sido eleito ao cargo, e consciente da necessidade do avanço na educação municipal, o presidente empossado, Adilson Salustiano observou que a sociedade esquece que o papel da escola é ministrar, e que o da família é educar. “São coisas distintas, mas que infelizmente estão sendo confundidas.  O professor que hoje busca ensinar com disciplina e austeridade em sala de aula, corre o risco de contrair processos judiciais, uma vez que as famílias não compreendem seu papel, e se encontram destruídas, com filhos esquecidos e sem orientação”.  O novo presidente do Conselho Municipal de Educação concluiu sua fala ao afirmar que a missão a qual lhe foi confiada é árdua, porém dará a sua contribuição no que for necessário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário