quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Governo anuncia novos investimentos para Moreno

Durante solenidade de comemoração dos 85 anos da emancipação do município de Moreno, nesta quarta-feira (11/09), o governador Eduardo Campos anunciou uma série de medidas para a população da cidade. Entre as ações, o governador assinou um decreto para a desapropriação do antigo Cotonifício Moreno, que dará lugar a uma escola técnica. Eduardo também anunciou que Moreno vai ganhar uma Academia das Cidades, além da chegada da indústria de massas e biscoitos GL ao município.

"Os passos que estamos dando vão nos legar um futuro melhor. Existe um pensamento, uma estratégia, um planejamento por trás, para que possamos deixar no passado os desequilíbrios sociais. É possível viver um outro momento. Pernambuco está reconstruindo sua base econômica no campo e nas cidades", destacou o governador.

O prefeito de Moreno, Adilson Gomes Filho, destacou a importância dos anúncios. "De 30 anos para cá, muitas indústrias daqui foram desativadas. E hoje, o governador, o primeiro que vem ao município no dia de nosso aniversário, vem para entregar ao povo presentes que conversam com o passado e animam nosso povo ao futuro. Marca esse novo momento que todos nós sonhamos", ressaltou Adilson.

Já a Escola Técnica Estadual de Moreno vai receber investimentos de R$ 8,5 milhões, mantendo a mesma estrutura de outras unidades, com salas de aula, laboratórios, biblioteca, quadra poliesportiva e demais áreas. "Queremos voltar aqui para entregar não mais uma promessa, mas um equipamento técnico pronto, onde os alunos têm a oportunidade de passar o dia estudando. À noite, essas escolas oferecem curso técnico para qualificar os que não tiveram essa oportunidade”, afirmou o secretário de Educação, Ricardo Dantas.   

A Academia das Cidades, que recebeu recursos da ordem de R$ 950 mil, ficará numa área de 4.589 metros quadrados, no distrito de Bonança. O empreendimento contará com quiosque e corredor de exercícios, além de playground, espaço de convivência com mesas de jogos, bicicletário e pista de cooper com aproximadamente 300 metros de extensão.

INDÚSTRIA - A Indústria GL vai investir R$ 168 milhões para instalação da planta, que deve começar a produção em junho de 2014, e empregará 400 pessoas diretamente e mais 800 indiretamente. Serão três linhas de produção: Cracker, Maria e Maizena; Recheados e Amanteigados; e o Wafer. A expectativa é que a produção alcance 37 mil toneladas por ano. A planta ocupará 34 hectares de um terreno às margens da BR-232, no quilômetro 27, com 24 mil metros quadrados de área construída.

Nenhum comentário:

Postar um comentário