quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Governador entrega ampliação do HRA e fiscaliza conjunto de obras para tornar Caruaru polo médico do Agreste

Com recursos que ultrapassam a casa dos R$ 170 milhões, Caruaru, no Agreste pernambucano, se prepara para uma revolução na assistência à saúde. O governador Eduardo Campos visitou, nesta sexta-feira (09/08), as quatro novas unidades que estão sendo construídas na cidade: o Hospital Mestre Vitalino, a Unidade Pernambucana de Atendimento Especializado (UpaE), o Hospital da Mulher e a reforma e ampliação do Hospital São Sebastião, fechado desde 2004. Durante a passagem pelo município, o governador também inaugurou 35 leitos de enfermaria de ortopedia, um auditório e um posto de coleta do Hemope, no Hospital Regional do Agreste (HRA), sediado também em Caruaru.  

Para Eduardo, essas ações fortalecem ainda mais Caruaru como polo médico do Agreste e representam "mais cuidados com a saúde, mais qualidade para os profissionais de saúde e, sobretudo, mais médicos para o Interior". "Serão mais três mil funcionários de saúde contratados somente para esses novos equipamentos e que vão nos permitir organizar a rede de assistência médica. Assim, cada um fará o seu papel, oferecendo um atendimento melhor às pessoas. Para se ter um ideia, recrutamos para todo o Estado oito mil profissionais da área médica, e três mil trabalharão aqui", reforçou o governador.

A nova enfermaria do HRA faz parte de um pacote de obras, orçado em cerca de R$ 2 milhões. Com as 35 novas vagas, a enfermaria de ortopedia do hospital passa a contar com 70 leitos. A primeira fase da obra, que também contava com 35 leitos, foi entregue no mês de janeiro. A inauguração dos novos leitos permitirá a readequação da enfermaria de oncologia da unidade.


"Há dois anos, o Hospital Regional do Agreste vem passando por uma grande reestruturação, quando ganhou uma nova emergência e dobrou o número de leitos no setor, passando de 20 para 40. A sala vermelha, que contava com 6 leitos, agora conta com 13", lembrou o governador, após descerrar as placas de inauguração.

A biblioteca e o auditório funcionarão próximos à entrada da unidade e vão oferecer espaços confortáveis para a realização de reuniões clínicas e solenidades.

VISITAS - Antes de realizar as entregas, o governador reuniu uma comitiva técnica, a fim de vistoriar o conjunto de obras que estão em curso no município na área da saúde. A primeira parada de Eduardo foi no Hospital Mestre Vitalino, onde tomou café-da-manhã com os operários da obra, que o parabenizaram por seu 48º aniversário, comemorado neste sábado (10/08).

A unidade está sendo construída às margens da BR-104, com investimentos de mais de R$ 74 milhões, e contará com uma estrutura construída de mais de 19 mil metros quadrados. Serão 275 leitos, dos quais 202 de internação, 40 de UTI, 20 de UCI e 13 de Recuperação Pós-Anestésico, além de 38 leitos de observação na emergência.   

A inauguração do Mestre Vitalino está marcada para o final deste ano. "Este hospital  será o maior do Interior. Para se ter uma ideia do quão importante é este equipamento, ele terá mais da metade do tamanho do Hospital da Restauração. Teremos aqui a urgência 24 horas em cardiologia, que é algo inexistente hoje na rede do Interior", exemplificou Eduardo, após visitar as obras do novo hospital, que já se encontra com 95% de sua estrutura pronta. A unidade terá capacidade para realizar cerca de 4 mil atendimentos por mês na emergência e cerca de 5 mil consultas ambulatoriais, por  mês.    

Também com prazo de entrega para o final deste ano, o Hospital São Sebastião foi a segunda agenda do governador em Caruaru. Atualmente sendo reformado e ampliado, a unidade estava fechada desde 2004, por consequência de uma forte chuva. Ao todo, serão investidos R$ 7,1 milhões no projeto. "A grande missão do São Sebastião é servir de retaguarda para o Regional do Agreste. Com isso, a maior emergência do Interior poderá priorizar os casos de seu perfil, que são os traumas graves, como acidentados de trânsito e vítimas de violência", informou o secretário de Saúde, Antonio Carlos Figueira.

Com obras avançadas, o Hospital da Mulher e a Unidade Pernambucana de Atenção Especializada de Caruaru (UpaE), que estão sendo construídos lado a lado, também receberam a visita do governador e sua comitiva. A UpaE será entregue ainda este ano. Já o Hospital da Mulher deve estar pronto no primeiro semestre de 2014. Juntas, as obras estão orçadas R$ 89 milhões. O Hospital da Mulher terá mais de 13 mil metros quadrados de área construída e será especializado ao atendimento integral à mulher, com maternidade de alto risco e casa da gestante, entre outros equipamentos. Por sua vez, a UpaE atenderá casos de pequena e média complexidade, podendo realizar anualmente mais de 126 mil consultas, 315 mil exames e 6,7 mil pequenas cirurgias. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário