quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Estado inaugura Terminal Integrado de Xambá, em Olinda

“Essa é uma peça que se coloca a mais no quebra-cabeça que é formar um novo sistema de transporte público, como metrô, corredores exclusivos de ônibus, 25 terminais de integração, além das ciclovias e da navegabilidade do rio Capibaribe. Até o final de 2014, montaremos todo esse quebra-cabeça”. Essa foi a garantia dada pelo governador Eduardo Campos ao realizar, nesta quinta-feira (15/08), a entrega do 18° Terminal Integrado (TI) de sua gestão. Localizado na Avenida Presidente Kennedy, em Olinda, o novo terminal recebeu o nome de TI de Xambá e atenderá diariamente cerca de 44 mil pessoas.

Parte do compromisso do Governo de Pernambuco em expandir e modernizar o Sistema Estrutural Integrado (SEI), o equipamento garante aos usuários do transporte público o pagamento de apenas uma passagem para se locomoverem por toda a Região Metropolitana do Recife (RMR). “As pessoas vão poder pegar um ônibus aqui e terminarem em Suape, na Zona Sul da nossa Região Metropolitana, pagando apenas uma tarifa”, exemplificou o governador. “Em Pernambuco, tínhamos uma das passagens mais caras e um serviço ruim. Fomos atrás de medidas para dar um salto na qualidade no sistema de transporte público, mas também de garantir a inclusão de mais pessoas ao sistema. Hoje, estamos entre as três passagens mais baratas do Brasil”, completou.


Orçado em R$ 5,5 milhões, o TI de Xambá possui uma área de 4.813 metros quadrados e conta com 16 plataformas de embarque e três de desembarque, além de lanchonete e Central de Atendimento ao Cliente. O início da operação está marcado para este sábado (17/08), quando o terminal ofertará 19 linhas de ônibus e 160 veículos, que farão 2.034 viagens todos os dias. Entre as linhas, 11 transportarão os usuários do subúrbio para o terminal; cinco ligarão Xambá aos TIs Joana Bezerra, Afogados e Rio Doce; e outras três terão o Centro do Recife como destino. “Com essa nova estrutura, as pessoas poderão economizar cerca uma hora nos seus trajetos de ida e volta. Esse é um resultado intangível, porque significa qualidade vida”, sublinhou Eduardo.

O secretário das Cidades, Danilo Cabral, apresentou algumas das intervenções em curso para a melhoria da mobilidade da Região Metropolitana, entre elas a Perimetral Norte - cujo início se dá no Centro do Recife, chegando a Olinda pela avenida Presidente Kennedy, seguindo para a PE-01, em Paulista, até a área do canal do Fragoso. “Já estamos em processo de licitação das obras, que estão orçadas em cerca de R$ 400 milhões. Vamos implantar e qualificar toda a via, além de fazer um corredor de transporte público e um elevado, que levará até a PE-01. Essa é uma obra muito importante para Região Metropolitana Norte, pois fará a ligação com o eixo Oeste da cidade, que antes tinha como única alternativa de rota a avenida Carlos Lima Cavalcanti”, detalhou Danilo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário