sábado, 20 de julho de 2013

Em Paranatama, Eduardo garante água e posse de propriedades para agricultores

O governador Eduardo Campos entregou obras e autorizou novos empreendimentos durante passagem por Paranatama, município do Agreste pernambucano, nesta sexta-feira (19/07). “A universalização do acesso à água é uma prioridade do nosso governo, porque garantir esse recurso é fundamental para o desenvolvimento de Pernambuco”, destacou o governador. A solenidade aconteceu na nova Unidade Municipal de Processamento de Carne, na Zona Rural do município.

A obra recebeu investimentos da ordem de R$ 850 mil, numa parceria entre o Governo do Estado e o Ministério da Ciência e Tecnologia. “O local é um exemplo de qualidade”, atestou o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Aldo Santos. A unidade tem capacidade para abater 20 animais por dia. O abatedouro anterior só tinha estrutura para abater três animais. A inauguração do local representa mais saúde e mais oportunidade para a economia local.

Sônia Inácio, de 40 anos, deixou de ser autônoma para compor a equipe do abatedouro. Ela conta que o novo emprego é uma esperança de uma nova vida. “Meu marido não está trabalhando e no momento eu sou responsável pela renda da casa”, revelou Sônia, que é mãe de três filhas. “Esse abatedouro vai beneficiar toda essa região, dinamizando a economia e proporcionando mais saúde”, disse o governador.

Eduardo também autorizou a construção de 125 cisternas tipo calçadão, de duas barragens e um poço tubular, com investimento da ordem de R$ 2 milhões. O conjunto de ações vai beneficiar mais de 200 famílias da região. “Até o fim de 2014, toda a casa do mundo rural terá uma fonte de abastecimento de água”, garantiu o chefe do Executivo estadual.


HABITAÇÃO - Além de garantir o acesso à água, o governador entregou 132 títulos de posse para 770 agricultores familiares dos municípios de Angelim, Bom Conselho, Brejão, Caetés, Calçados, Canhotinho, Correntes, Garanhuns, Iati, Jucati, Jupi, Lagoa do Ouro, Lajedo, Jurema, Palmeirina, Paranatama, Saloá, São João e Terezinha. A ação faz parte do Programa de Regularização Fundiária, uma parceria do Governo do Estado com o Governo Federal. “Nós batalhamos por essa conquista durante 20 longos anos. Agora, é só alegria e segurança para a minha família”, comemorou a agricultora Maria Francisca de Noronha, de 65 anos e mãe de 11 filhos, todos criados com recursos da terra.

O governador enfatizou que esse tipo de ação acontece no Estado inteiro, do Litoral ao Sertão. “A atual gestão tem uma prioridade: integrar o Interior do Estado com a Região Metropolitana. A intenção é oferecer oportunidade e desenvolvimento para todos os pernambucanos”, completou o secretário Aldo Santos.


EDUCAÇÃO - Ainda na passagem por Paranatama, Eduardo entregou 246 tablets para os alunos da Escola Estadual Narciso Correia, única instituição de Ensino Médio do município. A estudante Letícia Gomes, de 16 anos, conta que o equipamento vai dar um ânimo para os jovens. “A internet é uma ferramenta fundamental para a educação. Agora, os estudos serão mais aprofundados”, garantiu.

Durante a solenidade, o governador confirmou a construção de mais uma escola na cidade. “Em 2014, Paranatama terá uma escola de referência, ou seja, uma unidade que funcionará em tempo integral. O terreno já foi disponibilizado pela prefeitura e nós vamos licitar a obra no segundo semestre”, revelou Eduardo, explicando que o projeto já estava sendo avaliado, mas que só seria revelado quando todo o recurso necessário para a construção fosse viabilizado. Hoje, a unidade possui 547 alunos no Ensino Médio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário