(87) 9.8141.4000

(87) 9.8141.4000

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Eduardo pode ser o vice de uma chapa com Lula

Há três caminhos estudados, hoje, por Eduardo Campos, para trilhar em 2014: ser candidato à Presidência da República, disputar o Senado, ou ser o vice do ex-presidente Lula. Esta última hipótese esta mais do que nos cálculos do governador, segundo um socialista de trânsito bem livre no Campo das Princesas. As últimas declarações de Lula, repetindo que não tentará retornar ao Planalto, foram lidas por socialistas como nada mais que um contra-ataque retórico ao, cada vez mais forte, “Volta, Lula”. Agora, que a aprovação da petista despencou, se ele fica calado, só colabora para descredenciar a sucessora e isso só serviria para subtrair ainda mais pontos do PT. Sendo as negativas de Lula apenas estratégicas, e podendo ser ele mesmo o candidato à sucessão de Dilma, Eduardo tem compromisso com o líder-mor do PT e, se for preciso, será seu vice. Na tradução de um interlocutor de Campos: “Ele não tem nada a ver com o PT, mas com Lula ele tem!”. Por Renata Bezerra de Melo da coluna Folha Política

Nenhum comentário:

Postar um comentário