(87) 9.8141.4000

(87) 9.8141.4000

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Eduardo abre 23ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns

O governador Eduardo Campos abriu, na noite desta quinta-feira (18), a 23ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). O evento vai até o dia 27 de julho e reúne atrações musicais, cinema, cênicas, artesanato, design, moda, fotografia e literatura em diversos polos de animação espalhados por toda cidade. "Serão dez dias de mergulho na cultura popular, regional, erudita e universal", resumiu Eduardo, depois de assistir a apresentações do reisado de Garanhuns.  

Nos dez dias de festa, a expectativa é que cerca de um milhão de turistas injetem na economia mais de R$ 30 milhões. Na noite de abertura do FIG, se apresentam Naná Vasconcelos e Ney Matogrosso. O FIG 2013 homenageia três artistas da terra: a arquiteta, decoradora e amante da arte popular nordestina, Janete Costa (in memoriam), e os dois mestres do reisado pernambucano, Luiz Gonga e Benone. "Temos a maior e mais democrática política pública de cultura do País. Sabemos aplaudir o talento que vem de fora, mas, sobretudo, o nosso Governo dá valor ao que é da nossa gente", afirmou o governador.


Para ajudar os turistas no acesso às informações referentes ao FIG, um time recém-chegado do programa de intercâmbio Ganhe o Mundo, do Governo de Pernambuco, ficará  à disposição nos principais pontos da cidade. "Vamos informar  aos turistas brasileiros e também estrangeiros, por meio do inglês, como chegar ao programa de seu interesse. Nossa intenção é não deixar ninguém ficar perdido e nem perdendo tempo por problemas de comunicação", explicou o estudante Bernabé Lucas, de 16 anos, que passou seis meses nos Estados Unidos.

Secretário de Cultura, Fernando Duarte detalhou a diversidade das atrações. "São 570 ações culturais, das quais 48% em palco e 52% por linguagens, como oficinas e demais apresentações não musicais. Desta forma, o FIG consegue unir o contemporâneo à raiz regional, secular. Esse conjunto de atrações feito numa cidade que absorve, acolhe é que faz com que o evento cresça na qualidade e na potencialidade. Faremos, com certeza, um FIG 2013, maior do que foi o de 2012", destacou. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário