(87) 9.8141.4000

(87) 9.8141.4000

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Prefeito institui Programa Garanhuns Universitário - PROGUS

O Prefeito Izaías Régis sancionou na manhã desta quinta-feira (20), em seu gabinete, uma lei destinada à concessão de bolsas de estudo integrais e parciais para alunos do Ensino Superior de Garanhuns de quaisquer cursos oferecidos pela Autarquia Municipal do Ensino Superior de Garanhuns. O ato foi acompanhado pela presidente da AESGA, Giane Lira, a vice-prefeita, Rosa Quidute, a imprensa e alguns estudantes da instituição.

As bolsas de estudo serão concedidas a estudantes não portadores de diploma de curso superior e corresponderão, por aluno, aos valores de R$ 260,00 (duzentos e sessenta reais) para bolsas integrais e R$ 130,00 (cento e trinta reais), para bolsas parciais. Serão concedidas entre 80 (oitenta) até 160 (cento e sessenta) bolsas, distribuídas proporcionalmente dentre as integrais e as parciais, em 50% (cinquenta por cento) para cada modalidade.

As concessões ocorrerão com base em processo seletivo e critérios específicos definidos por Decreto do Poder Executivo, após aprovação da Comissão de Avaliação. Dentre os critérios, será incluso os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM, as notas dos respectivos vestibulares e o desempenho escolar do aluno, nos termos definidos em portaria da Presidente da AESGA.

Para Giane Lira, esta era uma das preocupações do Prefeito Izaías Régis, em auxiliar alguns alunos de Garanhuns a fazer um curso superior, como os oferecidos pela Autarquia. "O PROGUS foi pensado para aqueles estudantes que não têm condições financeiras de assumir toda a mensalidade. O Programa terá um modelo similar ao PROUPE, direcionado àqueles que têm alguma carência financeira comprovada, como os alunos que vieram de escolas públicas, ou estudaram em escola particular mas que cursaram o ensino médio subsidiados por bolsas integrais ou parciais nestas instituições", argumentou.

Agora que a Lei foi assinada, será aberto um edital de seleção, similar ao edital do PROUPE para que os estudantes já no próximo período sejam contemplados pelo Programa "Nós estamos fazendo a bolsa de estudo PROGUS da mesma forma que o governo federal fez o PROUNI e o governo de Eduardo Campos fez o PROUPE. Com isso, através de seleção, nós iremos incentivar os estudos desses alunos que não têm condições financeiras, e o município irá arcar com as despesas, juntamente a Autarquia.

Nós somos a primeira cidade de Pernambuco para criar e implantar esse Programa", declarou o governante municipal.

Para o estudante Alberto César, do quinto período de Engenharia da AESGA, hoje foi conseguida uma grande vitória para toda a cidade. "A Prefeitura e a Autarquia montando um programa que incentiva o estudo e permitindo que os alunos permaneçam na nossa cidade é um estímulo muito positivo para aqueles que não têm como pagar uma faculdade. Este ato faz com que nos dediquemos ainda mais aos estudos e futuramente tenhamos a oportunidade de desenvolver nossos trabalhos aqui", finalizou o aluno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário