segunda-feira, 8 de abril de 2013

Governo Municipal amplia Bolsa Família em Garanhuns


Com apenas três meses de gestão, o Governo Municipal conseguiu ampliar de forma significativa o programa Bolsa Família em Garanhuns. Desde que o prefeito Izaías Régis assumiu, em janeiro deste ano, mais 1.017 famílias passaram a ser beneficiadas pelo programa do Governo Federal.

Esse aumento se deve à orientação do prefeito e do trabalho dos que fazem a Secretaria de Assistência Social e Gestão do Bolsa Família.

Com mais pessoas carentes sendo beneficiadas, Garanhuns recebeu em março R$ 1.952.854,00 de repasse do governo. O valor anterior era de R$ 1.796,416,00. O incremento em termos financeiros foi de R$ 156.438,00 por mês.

O gestor do Bolsa Família no município, Luiz Roldão, acredita que ainda há espaço para atender mais pessoas. Assim, a previsão é que Garanhuns terá recebido até o final do ano, especificamente para esse programa do Governo Federal, um total próximo ou superior a R$ 24 milhões.

Na atual gestão já são 14.500 famílias atendidas pelo programa, com valores que vão de R$ 70 até o salário mínimo. Em média, cada família garanhuense beneficiada por esses recursos recebe R$153,82.

Com a seca que castiga toda a região e a falta de oportunidades de trabalho, principalmente para quem ainda não se qualificou profissionalmente, o Bolsa Família termina sendo a salvação de muita gente.

O dinheiro do programa é usado prioritariamente na alimentação, ajudando as pessoas a subsistirem e movimentando a economia. As famílias usam o dinheiro que recebem nos mercadinhos e supermercados, padarias, farmácias, feiras livres, lojas de roupas e sapatos, além de outros estabelecimentos comerciais.

Os quase R$ 2 milhões mensais que entram em Garanhuns, através do Bolsa Família, fortalecem o comércio do centro e dos bairros.

A Prefeitura de Garanhuns já consegue na atual gestão atender 99,7% das famílias pobres existentes no município, de acordo com dados do IBGE relativas ao Censo de 2010.

“Como os números da população em 2013 são outros, temos a perspectiva de crescer ainda mais atendendo a população que precisa”, avalia o gestor, vinculado à Secretaria de Assistência Social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário