(87) 9.8141.4000

(87) 9.8141.4000

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Tiririca desiste oficialmente da Câmara dos Deputados


Palhaço garante que não será candidato à reeleição em 2014 e vai se desfiliar do partido. Prefere voltar ao mundo artístico que, inclusive, lhe rende mais dinheiro

Ele já vinha ameaçando fazia algum tempo, mas agora é certo: o deputado – e palhaço – Tiririca disse que não estará na Câmara em 2015. Para quem quiser ouvir, o parlamentar e artista tem dito que não tentará a reeleição em 2014 e, mais, irá se desfiliar do PR, partido que lhe serviu de abrigo no último pleito, quando Tiririca carregou um monte de gente para dentro da casa por causa do sistema eleitoral brasileiro.

"Não dá para fazer muita coisa (aqui)", disse à Folha de S. Paulo ontem, quando esteve na Câmara para a eleição que levou o peemedebista Henrique Eduardo Alves à presidência (Tiririca votou no segundo colocado, seu amigo Júlio Delgado, segundo a Folha). 

Mas engana-se quem acredita que a desilusão com a política é a única razão para tirá-lo de lá: Tiririca quer voltar a fazer graça por aí. Isto é, shows.

“Quero dar uma guinada na minha carreira artística”, afirmou ao site de Veja ontem.

O fato é que Tiririca não conseguiu conciliar a carreira de palhaço com a de deputado. Esta última lhe rende 26,7 mil reais mensais. A artística lhe permite mais.

Ele diz também que quer passar mais tempo com a filha de 3 anos. Ele é pai de outros seis.

O parlamentar não quer, no entanto, deixar a Casa de mal com os colegas, afirmando que "eles trabalham para caramba".

Mesmo assim, não conseguiu aprovar nenhum de seus projetos, como pensou que faria. Certa vez, atribuiu a dificuldade ao fato de haver “outros interesses” envolvidos. Até hoje, nunca subiu à tribuna para fazer um discurso, o que promete fazer se alguma de suas ideias passarem pelo crivo do parlamento.

Famoso pelo lema que o elegeu , “pior que tá não fica”, Tiririca, se sair mesmo, provavelmente o fará com mais moral do quando entrou. Alvo de ações do Ministério Público por supostamente ser analfabeto - o que inviabilzaria sua eleição - foi escolhido como um dos melhores deputados da Câmara no ano passado. (Via Exame.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário