(87) 9.8141.4000

(87) 9.8141.4000

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Governador recebe titulo de cidadão bonconselhense


Em um dos seus últimos atos como vereador do município de Bom Conselho, Carlos Alberto (PRTB), que não conseguiu renovar o seu mandato nas urnas, resolveu prestar uma homenagem ao governador Eduardo Campos (PSB), dando-lhe o titulo de cidadão bonconselhense. 

“Vamos agora trabalhar para tentar trazermos o governador ao nosso município até o final do nosso mandato, para que possamos pessoalmente lhe entregar esta honraria, aproveitando a oportunidade de o reunirmos com o novo prefeito eleito, Danilo Godoy (PSDB), o qual apoiamos, para selarmos o compromisso de colocarmos Bom Conselho, nos próximos quatro anos, no ritmo de desenvolvimento em que se encontra o estado”, diz Carlos Alberto, e completa, “não é porque não nos reelegemos vereador que vamos deixar de tralhar por Bom Conselho, vamos continuar lutando pelo desenvolvimento desta cidade que a muito abraçamos”.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Escola São José de Garanhuns está entre as melhores do Estado


Quem entra hoje na Escola São José de Garanhuns nem imagina que há cerca de dez anos, ela ameaçava fechar devido a graves problemas estruturais no prédio onde funciona. Os problemas eram muitos, salas com o teto desabado, telhado ameaçado pelos cupins, paredes sem o reboco, pátio sem pavimento. A maior dificuldade era que por ser um prédio alugado, o governo não poderia reformar. Então o que fazer?  A palavra é simples – mobilização – mas deu muito trabalho. O recomeço veio a partir do ano de 2002 quando a Professora Maria Jisleide Gomes assumiu a gestão tendo a professora Maria José Melo como gestora adjunta e que em 2006 assumiu a gestão permanecendo até hoje.  Governo, gestores, professores, servidores, pais e alunos se movimentaram para mudar essa realidade. O Governo do Estado fez todo o retelhamento do prédio, mudou a rede elétrica e reconstruiu a cozinha, sala dos professores e sala de gestão. O jardim, os bancos, o piso do pátio vieram por meio das parcerias firmadas pela gestora com a comunidade escolar. E aos poucos, surgia uma nova escola.   

Antes da reforma, a Escola sofria com a perda de alunos, ninguém queria viver em um ambiente como aquele, os menos de 400 alunos da época transformaram-se em 900 nos dias atuais.  Mas a maior mudança não foi estrutural e sim na aprendizagem, junto com o novo ambiente surgiram funcionários, professores e alunos mais motivados e consequentemente mais aplicados. Hoje a Escola São José estampa com orgulho a nota 4,9 alcançada no último IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (2011), esta seria a meta que a Escola deveria alcançar apenas em 2015. Essa nota deixa a Escola em primeiro lugar em Garanhuns e região entre as escolas regulares e nono lugar em Pernambuco, perdendo apenas para escolas de aplicação ou de referência. Vale salientar que há cinco anos a escola se mantém nos primeiros lugares.


De acordo com a gestora escolar professora Maria José Melo, esses resultados não foram apenas reflexo da melhora da estrutura física, ela elenca fatores essenciais para essa revolução escolar como, o comprometimento de toda a equipe e a participação ativa da família na escola.

Porém para que todos esses fatores somados trouxessem resultado, a liderança da gestora Maria José Melo foi fundamental. Desde que assumiu a direção ela colocou como meta pessoal ver a escola totalmente transformada tanto na estrutura física, quanto na pedagógica. “Para mim foi um grande desafio, mas hoje ao olhar os resultados alcançados, as fotos antigas, conversar com alunos, ex-alunos e com os pais, vemos que valeu à pena.”

A Escola São José também se destaca no índice que mede a qualidade de ensino no Estado, o SAEPE (Sistema de Avaliação Educacional de Pernambuco). Desde 2008, quando o sistema foi implantado, a escola sempre supera as metas em mais de100%. De acordo com o gestor da GRE-AM (Gerência Regional de Ensino do Agreste Meridional), Paulo Lins, a Escola São José é um exemplo para a região. “A intenção do Governo do Estado é que todas as escolas estaduais possam atingir bons índices nos sistemas de avaliação de aprendizagem. Para isso a cada ano Pernambuco vem aumentando o investimento nas unidades escolares. Exemplos como o da São José demonstram que isso é possível com a união de todos”, ressaltou Paulo Lins.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

CHOQUE DE GESTÃO, SIM!


Passada a euforia da vitória nas eleições de outubro passado, observo, com serenidade, que os ventos que sopram de Brasília não são os melhores. Apesar de perceber o empenho já demonstrado pelo nosso prefeito eleito Izaías Régis, que, aliás, sempre volta com boas notícias (e ele mesmo já dizia em campanha conhecer o caminho dos recursos e dos bons projetos), prefeituras de todo o Brasil sofrem com os profundos cortes no FPM. É óbvio que numa cidade como Garanhuns não podemos imaginar que o FPM seja a salvação da lavoura, e de toda forma, os melhores administradores só provam serem bons mesmo é em tempos de crise. É preciso entender que Garanhuns pode, e deve, buscar alternativas que ampliem o seu leque de recursos orçamentais. Opções pra isso não nos faltam. Mas, o caminho mais provável é, a curto prazo, o CHOQUE DE GESTÃO proposto em campanha pelo Prefeito Izaías Régis.

No início, alguns vão dizer que não é legal, outros vão se sentir traídos, pois para efetuar tal choque, é necessário cortar gastos, e muitos, especialmente no setor de pessoal, cortando cargos comissionados, contratados, estagiários e afins. Só utilizando o estritamente necessário.

O CHOQUE DE GESTÃO prevê o aumento das receitas através do corte das despesas. Não é nenhuma mágica fazer isso. O problema é a cultura que se criou ao longo de décadas, de que o “toma lá da cá” da política é algo normal. Bom frisar que isso não é ‘privilégio’ só nosso. Infelizmente, é fato corriqueiro no Brasil.

Em meio à crise que se instalou nos munícipios, não há melhor caminho para desenvolver os bons projetos que foram apresentados à população na eleição passada. Não há forma de controle orçamentário mais eficaz, pois tem como objetivo primordial a obtenção do aumento da produtividade nas funções públicas, notadamente, na economia que se fará com o implemento dessas ações. Portanto, a melhor aplicação dos recursos, evitando desperdícios, com redução das despesas correntes, só trará benefícios. Com essa economia, os investimentos nas áreas de educação, saúde, saneamento básico, infraestrutura, turismo, entre outras, serão mais efetivas e só tem a ganhar a cidade e seu povo.

Não dar mais pra ouvir falar que em Garanhuns a máquina tá ‘inchada’. São tantos os cargos em comissão, os contratados, os estagiários, a quantidade de aluguéis que é pago pela prefeitura (tendo uma área como aquela do Centro Administrativo), as contas de telefone, de água e luz, enfim, de tudo que só tem atrasado o crescimento do município, que agora podemos acreditar que algo de bom vai acontecer.

Acreditar é a palavra certa. EU ACREDITO!  Votei e participei ativamente da campanha de Izaías Régis e vi nessa vitória uma enorme esperança do nosso povo. O tamanho da vitória só dá a ele uma responsabilidade sem precedentes em nossa história, contudo, o entusiasmo e as forças politicas que o cercam, frente à boa equipe que ele vem montando, só me dar a certeza de que, finalmente, Garanhuns estará RUMO AO CRESCIMENTO, e que O CHOQUE DE GESTÃO, então proposto pelo prefeito eleito, deve ganhar corpo e ter o apoio da imprensa, dos políticos e por fim do povo, que é quem guia os  melhores caminhos a serem trilhados.

TONY NETO é advogado, casado com Anna Cecilia, Mestra e professora da AESGA que esta em Portugal concluindo curso de Doutorado, onde Tony foi passar 45 dias, após as eleições, ao lado de sua esposa e filha, Anna Luíza.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Alcindo afinado com Izaías


Alcindo de São Pedro, vereador eleito pelo PRB, afirma estar totalmente afinado com o novo prefeito eleito, Izaías Régis (PTB). “Estive eu, meu colega de partido, Gil PM, também eleito vereador pelo PRB e nosso presidente da executiva estadual, o deputado estadual, pastor Vilalba, para conversarmos com Izaías, reunião essa que posso classificar como muito produtiva e positiva para a nossa cidade, pois nesse encontro nós, do PRB, já disponibilizamos, para a nova administração, através do deputado Vilalba, emenda parlamentar no valor de um milhão de reais. Com isso, queremos mostrar para todos os Garanhuenses que iremos trabalhar, com afinco, para honra o mandato que o povo nos deu”, diz Alcindo.

Mesmo não tendo participado da mesma coligação de Izaías durante a campanha, Alcindo deixa claro que passado o período eleitoral, devesse desmontar os palanques, pois de ainda de acordo com o novo vereador eleito, o que importa agora é trabalhar todos juntos pelo desenvolvimento de Garanhuns.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Pedro Henrique é novo eleito presidente da OAB-PE


O procurador Pedro Henrique Reinaldo, 42 anos, foi o eleito para ser o novo presidente da OAB-Pernambuco para o triênio 2013-2015. Conselheiro federal da OAB, ele concorria com Emerson Leônidas, candidato da oposição. 

“Essa votação, de 75,6% dos votos válidos, não só nos endossa, mas também o trabalho que vem sendo feito desde Jayme Asfora e Henrique Mariano. Trabalho este de reaproximação da OAB-PE com os grandes temas da sociedade civil, como também com a classe" diz Reinaldo. 

Questionado qual será a sua principal bandeira a frende da ordem, afirma que será o combate à corrupção, em especial, à eleitoral.

Sobre as eleições nas 24 subseccionais de estado, o novo dirigente disse que apenas um presidente eleito não estava em seu palanque, em consonância com a sua linha. “É sinal de que todos os presidentes aprovaram o esforço que a OAB-PE vem fazendo pela interiorização de seus serviços”, finaliza.

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Vereadores grátis: relator finaliza parecer sobre extinção dos salários


Ao que tudo indica, o cargo de vereador caberá mesmo aos altruístas apenas. De acordo com matéria publicada pelo jornalista Lauro Jardim em seu blog, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prevê o fim da remuneração a legisladores de municípios com até 50.000 habitantes (Mais detalhes em: O fim do salário de vereador) já tem relator e parecer quase pronto.

Cyro Miranda, autor da PEC, está vendendo otimismo. Diz que o relator do projeto na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Aloysio Nunes Ferreira, deve entregar seu parecer até o fim do mês, e com poucas alterações no texto original.

Segundo Cyro, Aloysio planeja incluir somente a previsão de uma ajuda de custo de um ou dois salários mínimos para cobrir custos, como transporte e alimentação. E Eunício de Oliveira já avisou: assim que receber o relatório, põe o projeto em votação na CCJ, o que pretende fazer antes do recesso.

Os vereadores que passem a economizar desde já.

Terezinha realiza Festa do Estudante com Sorriso Maroto

DST/Aids: Garanhuns participa de oficina

O Programa Estadual de DST/Aids da Secretaria Estadual de Saúde (SES) reúne 60 profissionais de 22 Serviços de Assistência Especializada (SAE) para participar da Oficina de Manejo Clínico Básico para Adultos, Gestantes e Crianças Vivendo com HIV/Aids. O evento, desta segunda (19/11) até a quarta-feira (21/11), no Hotel Orange, em Itamaracá, busca discutir a organização do serviço nos 14 municípios participantes e a melhoria do atendimento à população.

“Teremos como eixo temático a organização de serviços para as pessoas que vivem com Aids e a melhoria das práticas de adesão, extrapolando as discussões focadas apenas nos medicamentos, ampliando atividades que possam diminuir as dificuldades de assistência existentes”, afirma o coordenador do Programa Estadual de DST/Aids, François Figueiroa.

Nos Serviços Especializados de Assistência (SAE), os pacientes são cadastrados, realizam exames laboratoriais de rotina, têm acesso aos medicamentos antirretrovirais, medicamentos para infecções oportunistas e insumos de prevenção, além de receberem acompanhamento com profissionais especializados.

Participam da oficina médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, farmacêuticos, bioquímicos, odontólogos, entre outros, dos municípios de Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Paulista, Camaragibe, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Petrolina, Salgueiro, Cabo de Santo Agostinho, Limoeiro, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Geres investe na prevenção contra a dengue

Respaldado pelo excelente trabalho que vem realizando a frente das campanhas de prevenção a acidentes no trânsito, em especial os acidentes envolvendo motos, o diretos da 5ª Gerência Regional de Saúde – 5ª GERES, Dr. Elenilson Liberato, encampa agora campanha contra o aedes aegypti, mosquito popularmente conhecido como mosquito-da-dengue, causador, como o próprio nome já diz, da dengue, doença infecciosa que pode levar a morte em sua forma mais grave, a dengue hemorrágica. A dengue hemorrágica só acomete pessoas que já tiveram dengue anteriormente, não tendo com isso necessariamente ter de vim a desenvolver a forma hemorrágica da doença.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

ACM Neto não será um bom prefeito


Por Cynara Menezes, no blog Socialista Morena:

Três letras em política me causam calafrios: ACM e DEM, por exemplo. Jamais votaria no neto de ACM para nada, mas ele foi eleito prefeito de Salvador, a capital da minha terra natal. Desejo sinceramente que faça um bom trabalho, não por ele, mas pelos que vivem lá. Infelizmente, não acredito que fará.

Mais uma vez, Salvador tem um prefeito eleito com um voto não de esperança num futuro melhor, mas contra o prefeito atual. Foi assim inúmeras vezes desde que, em 1988, ano do centenário da abolição da escravatura, políticos profissionais ditos “progressistas” não permitiram que Gilberto Gil se lançasse à prefeitura. Gil teria sido o primeiro negro eleito prefeito de Salvador, que até hoje não houve. Um marco, tenho certeza, sobretudo para a auto-estima dos negros soteropolitanos. A cidade só deu errado a partir dali.

Depois do não-Gil, veio o radialista Fernando José (já falecido), que se tornaria rapidamente o prefeito pior avaliado do Brasil. Lídice da Mata foi eleita em seguida contra Fernando José e, com o velho ACM fazendo-lhe oposição junto ao governo federal de então, não teve melhor destino. Antonio Imbassahi, aliado de ACM, foi eleito contra Lídice. E João Henrique ganhou contra Imbassaí. Agora, ACM Neto se elegeu contra João Henrique e o PT.

Há quanto tempo os soteropolitanos não votam porque acreditam de fato em alguém? Não sei. Estive em Salvador no final de semana da eleição. Enfurecidos com o tratamento dado pelo governo estadual (petista) aos professores e policiais grevistas, até na minha família pela primeira vez teve gente que votou no neto de ACM. Incrível como o governador Jaques Wagner, sendo um ex-sindicalista, pôde ser tão inábil: a greve dos professores durou 115 dias!

Não encontrei ninguém que dissesse: “Estou votando em fulano porque é o melhor para o Salvador”. E sim: “Voto em Neto porque não suporto Pellegrino” (o candidato do PT). Ou: “Voto em Pellegrino porque não suporto Neto”. É compreensível, mas triste, entregar o destino de uma cidade a alguém motivado pela rejeição a um ou outro candidato.

Mas ACM Neto não vai ser um bom prefeito para os soteropolitanos porque, como todos os demais, não vai mexer no que realmente importa. Sim, fará uma cidade empesteada pelo lixo, sujeira e descaso parecer “bonita” para os turistas. O Pelourinho, a reforma fake que seu avô fez no Centro Histórico, vai voltar a ficar “limpinho” e policiado, que é o que interessa a quem apenas passa pela capital baiana. Quem vive lá, porém, não vai sentir diferença alguma.

ACM Neto vai melhorar a vida dos habitantes dos bairros da periferia, onde os turistas não vão? Massaranduba, Narandiba, Sussuarana, Mussurunga, já ouviu falar? O lixo vai sair de lá também? Vai melhorar as escolas municipais? Vai colocar centros de cultura e lazer nestes bairros? Vai melhorar o transporte público nestas áreas? E os viciados em crack do centro histórico, o que vai fazer com eles? Vai tentar resolver ou agir à maneira do DEM, simplesmente “limpando” a área? Vai acabar com os “cordeiros”, jovens negros e pobres, escravizados pela indústria dos blocos de carnaval? Duvido –e gostaria de estar errada.

Até mesmo para os turistas tenho dúvidas que ACM Neto irá governar bem. Existe uma pendenga judicial em torno dos quiosques da orla marítima de Salvador, que foram retirados há mais de dois anos para serem substituídos e, até agora, nada. Como não há estrutura alguma para atender os banhistas e é proibido usar fogões na areia, quem vai à praia é teletransportado à África mais sofrida: negros com alimentos na cabeça passam a todo momento apregoando seus produtos. ACM Neto vai conseguir resolver essa pendenga e, mais do que isso, ceder os quiosques a quem já está trabalhando na praia dessa maneira?

Isso se ele não largar a prefeitura para se candidatar a governador, daqui a dois anos. Já prometeu que não, mas quem duvida? Essa é uma aposta que gostaria de perder. Salvador, no entanto, me parece uma cidade complexa demais para as soluções simplistas de um político do DEM, identificado com a desigualdade social desde a origem –e até mesmo responsável por ela, no caso de um ACM. Desafortunadamente, ainda não apareceu o político ideal para governar a capital da Bahia, em quem as pessoas votassem a favor, não contra.

Em minha opinião, o problema é que não basta alegria para ser prefeito da Cidade da Bahia. Parodiando Vinicius, seria preciso um bocado de tristeza para governar Salvador. Governar Salvador não é piada, quem governa assim não é de nada, governar Salvador é uma forma de oração. Ou devia ser.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

PTB afinado

Izaías Régis, Armando Duarte e Armando Monteiro
Determinados a mostrar a todos os pernambucanos o modo PTB de governar, os novos prefeitos eleitos pelo partido no agreste meridional, Izaías Régis (PTB) de Garanhuns e Armando Duarte (PTB) de Caetés, estão em Brasília já em sintonia com a liderança maior do partido no estado, o senador Armando Monteiro (PTB), o qual tem se colocado a total disposição dos novos eleitos e de todo povo pernambucano para junto a todos ajudar no que for possível, com o intuito de firmar o PTB no estado como um grande partido gerador de progresso e desenvolvimento. (Foto do Blog do colega Roberto Almeida)

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Rede Banorte Matriz prospecta interessados no seu projeto de expansão na ABF Franchising Expo Nordeste


A pernambucana Rede Banorte Matriz participa, com sua equipe de expansão e vendas, da ABF Franchising Expo Nordeste, feira voltada para o público interessado em abrir franquias, que acontece de 06 a 09 de novembro, no Centro de Convenções de Pernambuco. Pelo segundo ano, a Rede chega ao evento para prospectar interessados do seu projeto de expansão, que inclui abertura de lojas na capital e interior do Estado, além da Paraíba, Alagoas, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Segundo os dados da ABF, as franquias de Negócios, Varejo, Serviços e Outros, estão entre os cinco segmentos que mais cresceram em 2011, representando 14,9% no ranking de faturamento. “É muito importante estarmos presentes na Feira para encontrarmos parceiros que queiram participar do nosso plano de expansão. Temos potencial para atingir 500 lojas no Norte e Nordeste até 2015”, pontuou o Diretor da Rede Banorte Matriz, Darrell Marinho.

As cidades prioritárias para instalação de novas unidades da Rede Banorte Matriz são Recife, Olinda, Jaboatão, Garanhuns, Timbaúba, Paudalho e Glória do Goitá. O investimento gira em torno de R$ 65 mil, sendo R$ 35 mil referente à taxa de acesso e outros R$ 30 mil para a montagem. O atendimento é voltado para o público das Classes C, D e E. “Nossa estratégia é manter presença em local mais afastado dos centros urbanos, ou nas periferias das maiores cidades, oferecendo agilidade e conveniência às classes emergentes”, disse Marinho.

A Rede tem mais de 100 lojas em Pernambuco, distribuídas em 50 municípios, e já conta com unidades na Paraíba. São atendidos em média 800 mil clientes por mês, o que resulta em movimentação anual superior a R$ 2 bilhões.

Izaías no rumo certo

Ao decidir anunciar sua equipe de primeiro e segundo escalão lá para meados ou final de dezembro, o novo prefeito eleito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB), da demonstrações de maturidade politica e de que esta no rumo certo. Ao deixar os anúncios para dezembro, ele ganha tempo de formar uma boa equipe (apesar de acreditar que já esteja com ela quase toda montada na sua cabeça), escolhendo sempre os melhores nomes em cada área, como também os mais bem avaliados e aceitos em cada setor a ser escolhido, a exemplo dos três nomes escolhidos até agora, como Geandré Nogueira, empresário indicado em parceria com a classe empresarial da cidade para a secretária de desenvolvimento; Giane Lira, professora e profissional de carreira da AESGA, indicada para a presidência da autarquia em parceria com o corpo acadêmico da instituição; por fim Gerlane Barros, funcionária de carreira do SEBRAE que pode ir para a secretária de turismo.