(87) 9.8141.4000

(87) 9.8141.4000

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

I Bienal Iternacional do Livro do Agreste deve atrair mais de 150 mil pessoas


Bienal homenageará o escritor Luis Jardim, o educador Paulo Freire e musicista, cantor e compositor Luiz Gonzaga. Cerca de 100 mil títulos serão expostos e mais de 80 editoras participarão do evento, aquecendo o cenário cultural e econômico da região do Agreste.

Durante oito dias, a cidade de Garanhuns será palco para a cultura, lazer e conhecimento. Entre os dias 09 a 16 de setembro, o município do agreste pernambucano receberá escritores, educadores, empresários do mercado editorial, professores, estudantes entre outros interessados no mundo da literatura. A 1ª Bienal Internacional do Livro do Agreste terá entrada gratuita e acontecerá na Esplanada Guadalajara e no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti, em Garanhuns. A festa do conhecimento é idealizada pela Associação do Nordeste das Distribuidoras e Editoras de Livros (Andelivros) e organizada pela It! Comunicação & Eventos Conta com os patrocínios da Prefeitura da Cidade de Garanhuns, do Ministério da Cultura/Governo Federal, da Empetur e do SESI/SENAI e os apoios da Câmara Brasileira do Livro (CBL), da Associação Brasileira de Difusão do Livro (ABDL) e da Associação Nacional de Livrarias (ANL).

A BIENAL será aberta às 10h do domingo (09) e, a partir daí, terá o funcionamento em todos os dias do evento no horário de 9h às 21h. O tema da feira é “Educação Empreendedora” com o objetivo de estimular a discussão entre profissionais da área, formadores de opinião e público em geral sobre o futuro do empreendedorismo. O evento cultural ainda prestará uma justa homenagem a cinco personagens. O espaço para autógrafo terá o nome do escritor Luis Jardim, o Espaço para as Crianças levará o nome do escritor Monteiro Lobato, o educador Paulo Freire será homenageado no Café Literário, a vida e obra da arquiteta Janete Costa são temas da Praça de Convivência, já o auditório destinado a palestras e debates terá o nome Luiz Gonzaga em comemoração aos cem anos do rei do baião.

A programação da BIENAL valoriza a produção nacional, internacional e local, promovendo a cultura da região, apresentando nomes como a jornalista Sônia Bridi, a jornalista Flávia Gusmão, que lançarão livros na Bienal, a escritora Lenice Gomes, o psicólogo Luiz Schettini e sua esposa a doutora Suzana Schettini e a sexóloga Marta Menezes, a psicóloga Thereza Motta, João Marques, presidente da Academia de Letras de Garanhuns, como também os membros da Academia de Letras de Garanhuns. Como convidado teremos Amaro Poeta, presidente da Câmara Paulistense de Letras e também os membros da Academia de Letras do Paulista e Olinda. Como a Bienal é Internacional temos convidados como o professor e mediador internacional, Jean Carlos Lima, que também é Membro do Comitê de Resolução de Conflitos da ABA (EUA). A feira reservará espaço para nomes de peso nacional como o educador Celso Antunes, que tem 180 livros didáticos lançados e é membro da UNESCO.

Além de construir um foco de cultura no agreste, a BIENAL propiciará a geração de quase 500 empregos (200 diretos e 300 indiretos) e o aperfeiçoamento dos professores da rede municipal de ensino de Garanhuns. Para tanto, serão concedidos bônus-livro para 750 professores, gestores e técnicos. Os bônus-Livro não podem, sob hipótese alguma, serem trocados por dinheiro sendo, inclusive, proibido o troco em dinheiro. Assim, os cupons só devem ser trocados por livros e materiais pedagógicos nos estandes de expositores presentes no evento. Cada educador terá direito a um talão com valor equivalente a R$ 120,00. Para viabilizar isso, a Secretaria de Educação de Garanhuns investiu o total de R$ 90.000,00.

A BIENAL ainda tem a intenção de difundir a leitura em todos os estandes das distribuidoras e editoras.

PÚBLICO-ALVO – A BIENAL pretende atingir todos os públicos do agreste, abrangendo os municípios de Jupi, Jucati, Lajedo, Angelin, Capoeiras, Paranatama, Saloá, Quipapá, Caetés, Jurema, Brejão, Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Gravatá, Belo Jardim, Pesqueira, Bezerros, Surubim, Limoeiro, São Bento do Una, Buíque, Bom Conselho, Brejo da Madre de Deus, Águas Belas, Bom Jardim, Bonito, Toritama, São Caetano, João Alfredo, entre outros. Uma fatia importante desse público-alvo é o de educadores e estudantes na área de abrangência do evento. A meta da BIENAL é receber cerca de 150 mil visitantes ao longo dos oitos dias de programação.

ESTRUTURA – Montada na Praça Esplanada Guadalajara, a BIENAL contará com 2 mil m² de estrutura para diversos espaços de convivência. 

Com 500 vagas para o público, o Auditório Luiz Gonzaga será o palco principal para apresentações culturais, teatrais, palestras, debates, recitais, saraus e lançamentos de livros.

A BIENAL ainda disponibiliza uma área para os pequenos, a Vila da Criança, denominada de Monteiro Lobato. Lá, o público infantil poderá participar de oficinas criativas, pintura, contação de histórias, teatrinho, entre outras atividades recreativas.

Sempre haverá arte-educadores no Estande para o monitoramento dos pequenos.

Na Bienal ainda foram montados 41 estandes de distribuidoras e editoras, para o público adquirir obras literárias, boa parte delas com preços mais acessíveis. A organização da BIENAL dispõe de mais de 100 mil títulos disponíveis para os visitantes. É importante ressaltar ainda que muitas das obras serão comercializadas em média por valores 30% mais baixo que o mercado em geral. Editoras e livrarias confirmadas: Editora Vozes, Editora Paulinas, CPAD, Editora Paulus, Top Editora, Editora Cortez, Desafio Editorial, Varejão, Multimarcas, Gilu Livros, Editora Saraiva, Livraria Espírita, Dinâmica, Editora Bagaço entre outras.

Outro espaço importante e que deve atrair muitos curiosos é a Casa do Escritor, com o nome do homenageado, o escritor Luis Jardim. É nessa área que o público poderá interagir melhor com escritores, educadores e demais atrações da BIENAL.

Todos os dias a Casa do Escritor reservará horários para sessão de autógrafos.

Importante parceira da BIENAL, a Secretaria de Educação e a Prefeitura de Garanhuns, também terão um estande exclusivo. O espaço será utilizado para atividades culturais e educativas.

Um momento dos escritores se reunirem e abordar sobre diversos assuntos literários será no espaço denominado Café Literário, que recebe como nome de peso o de Paulo Freire. Será um momento para troca de conhecimentos, ampliarem o networking e ainda ajudar a fomentar diversos assuntos, que podem servir de inspiração para novas obras literárias. Nesse momento ocorrerão debates sobre livros, literatura e temas atuais.

A Bookafé vem com uma proposta de livraria e cafeteria, que além de proporcionar uma variedade de obras literárias para comercialização, o visitante pode saborear deliciosos cafés e guloseimas regionais.

No ambiente cultural que será realizado na Praça de Eventos, denominada Janete Costa, haverá recital de poesias, cordéis e prosas, que serão declamadas por diferentes artistas e escritores, que contarão seus causos e também deixará suas homenagens a cidade de Garanhuns.

A Praça de Alimentação será outra área da BIENAL onde o público poderá interagir e relaxar.

Serviços:

I Bienal Internacional do Livro do Agreste - Garanhuns/PE

De 09 a 16 de setembro de 2012 - 9h às 21h

Local: Esplanada Cultural Guadalajara


IT Comunicação & Eventos - www.itcomunica.com.br

Direção Executiva - Patrícia Guedes (81) 9128.5357 / 9688.9464

Jornalista Responsável - Patrícia Nogueira (81) 3023.1314 / 8865.4213

Nenhum comentário:

Postar um comentário