sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Armando Monteiro é nome de nova sede da CNI

O novo prédio corporativo da Confederação Nacional da Indústria (CNI) receberá o nome de Armando Monteiro. O patrono da indústria, Roberto Simonsen, batiza o imóvel atual, sede da entidade, em Brasília. Líder do sistema de representação sindical da indústria, a CNI reúne 27 Federações de Indústria, nos estados e Distrito Federal, e cerca de 1.300 sindicatos patronais.

A homenagem foi decidida e aclamada por unanimidade na reunião mensal de diretoria da entidade. O gesto é fruto do reconhecimento ao alto padrão das gestões de Armando Monteiro à frente da CNI, de 2002 a 2010.

O período foi marcado pelo fortalecimento da representação política da entidade, com a criação do Fórum Nacional da Indústria, em 2003, um compromisso de Armando antes de sua eleição. Órgão de aconselhamento da CNI, o Fórum reúne65 líderes empresariais, presidentes de Associações Nacionais Setoriais. Em 2005, o Fórum apresentou à sociedade o Mapa Estratégico da Indústria 2007-2015 e, desde então, acompanha a evolução dos indicadores traçados com vistas ao desenvolvimento sustentado.

O Movimento Empresarial pela Inovação (MEI) é outra iniciativa da gestão de Armando, que nasceu com o compromisso de aprofundar o desenvolvimento tecnológico do País e das empresas. Ele criou igualmente o Programa Educação pela Nova Indústria, com o objetivo de integrar o ensino formal à educação profissionalizante, atendendo às novas demandas da indústria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário