(87) 9.8141.4000

(87) 9.8141.4000

sexta-feira, 30 de março de 2012

Artesanatos produzidos por agricultores pernambucanos despertam o interesse Paquistanês


Acompanhada pelos técnicos do IPA, a delegação paquistanesa que visita Pernambuco, até a próxima sexta-feira, esteve, terça-feira (27), na Secretaria de Ação Social do município de Machados. Lá, os especialistas daquele país conheceram o trabalho de extensão rural em artesanatos feito com o beneficiamento da palha e da fibra da banana, por agricultores familiares das associações de trabalhadores rurais, Maria Auxiliadora e Jovens de Fibra.

Vinte famílias, das duas associações desenvolvem todo trabalho manualmente, retirando a fibra e a palha da bananeira, com a fruta ainda no pé, o que não causa prejuízos à produção. Do beneficiamento da banana são produzidos licores, doces, banana chips, banana passa.

Da palha e da fibra é obtida toda uma linha de produtos artesanais, que garantem o complemento da renda familiar. “É muito gratificante para nós fazer uma atividade tão satisfatória, que ainda garante a empregabilidade no campo”, completou o agricultor e artesão, Antônio Mota.

Entusiasmado com o projeto, O coordenador da missão, Kamal Majmullah, propôs uma parceria ao prefeito de Machados, Manuel Plácido, para capacitar pequenos produtores paquistaneses. O estado de Sind, no Paquistão, possui 28 mil ha explorados com a cultura e nenhum outro produto, além do fruto é aproveitado. À tarde, a delegação visitou o Centro de Treinamento do IPA, em Carpina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário