quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Projeto Prefeitura Presente oferece aulas gratuitas de Judô e Karatê


A Prefeitura de Garanhuns ampliou o programa Prefeitura Presente com o oferecimento de atividades de Judô e Karatê, gratuitamente. Cem alunos na faixa etária dos 10 aos 14 anos vêm sendo beneficiados com a iniciativa coordenada pela secretaria de Comunicação Social e Esportes, com o apoio da secretaria de Assistência Social.

Os interessados em matricular os seus filhos, de ambos os sexos e com idades entre os 10 e 14 anos, deverão procurar a secretaria de Comunicação Social e Esportes, munidos dos seguintes documentos: xérox do registro da criança; comprovante de residência; declaração da escola e exame médico liberando o aluno para a pratica de esportes. As atividades do Programa Prefeitura Presente, nas modalidades Judô e Karatê, estão sendo realizadas na Associação Carlos Tevano (Judô) e na Associação Sylvestre de Karatê-Dô (Karatê), localizadas no centro da Cidade, no contra-turno escolar. As vagas são limitadas.

Maiores informações poderão ser obtidas na secretaria de Comunicação Social e Esportes, que esta localizada na Avenida Santo Antônio, Edifício Matriz Center, salas 14 e 15.

PROGRAMA PREFEITURA PRESENTE – Coordenado pela secretaria de Comunicação Social e Esportes, com o apoio da secretaria de Assistência Social, o programa consiste em escolinhas de futebol, futsal, judô e Karaté, que estão instaladas em diversos bairros da cidade, denominados de Núcleos dos Bairros. A iniciativa consiste no atendimento de 1.000 crianças na faixa etária dos 8 aos 16 anos, de ambos os sexos. Dez localidades estão sendo contempladas: Manoel Chéu; Dom Hélder Câmara (Cohab 3); Liberdade, Magano, Indiano, Cohab 2, Boa Vista, Centro, Casas Populares e o Parque Euclides Dourado, que por possuir uma localização central, atende alunos de várias localidades.

As aulas são ministradas no período contra-turno escolar. É oferecido todo o material necessário a prática desportiva, bem como o lanche. Os pré-requisitos para a matricula são: autorização expressa dos pais e estarem matriculados no ensino regular e a competente liberação médica para a prática esportiva. “Nosso objetivo é formar cidadãos e afastar as crianças dos riscos sociais das drogas e da violência, tudo através do esporte, esse grande meio de inclusão social”, registra o secretário de Comunicação Social e esportes, Carlos Eugênio, que coordena a Ação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário