quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Givaldo diz que quem vai decidir o candidato do PSB será o povo


Na noite desta terça-feira (7), o ex-vereador e empresário Givaldo Calado de Freitas (PSB), participou de reunião com aproximadamente 100 pessoas, onde reafirmou a sua pré-candidatura a Prefeito de Garanhuns. Afirmando que foi intimado, a ser um dos pré-candidatos do PSB na sucessão municipal, e que ao longo do tempo, que falta para as convenções, – que acontecem de 10 a 30 de junho – vai procurar fazer “o dever de casa”.

Quanto às demais pré-candidaturas com as quais divide espaço no partido, Givaldo afirmou que quem vai decidir entre os nomes colocados é o povo. “Não vamos de encontro às pesquisas. Se elas apontarem que o nome que está mais bem colocado é o meu, irei para a disputa com a maior honra. Mas também se não for, terei humildade para reconhecer que devo apoiar outro companheiro”, enfatizou. 

Perguntado se já estava com o “bloco na rua”, Givaldo negou. “Não queremos ferir legislação alguma. Mas é certo que, junto com amigos que estão dando força para que nossa candidatura aconteça, vamos caminhar com muita disposição e entusiasmo para que ninguém invada nossa cidade dizendo querer representar o povo”, pontuou.

Ainda de acordo com Givaldo, o governador Eduardo Campos não vai permitir que prefeitos de outras cidades sejam candidatos em Garanhuns, já que, segundo ele, Eduardo tem se mostrado totalmente contra este tipo de prática.

“O governador não vai agir contra a vontade dos garanhuenses. Quem estiver com essa conversa, está redondamente enganado. Se Eduardo Campos conseguiu esse índice de popularidade e aceitação que tem, foi porque soube ouvir, e não ir de encontro às aspirações do povo”, argumentou.

Finalizando, o empresário declarou que quer contribuir para que chegue ao fim, esta indignação que os garanhuenses estão sentindo, pelo fato de estarem sendo ameaçados a se tornarem vítimas da imposição de determinada candidatura por parte da executiva estadual do PSB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário