terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Eduardo pede e Dilma amplia verbas para obras de mobilidade

Foto: Aluísio Moreira/SEI
A visita da presidenta Dilma Rousseff ao Recife nesta terça-feira (28) foi marcada pela entrega de 480 apartamentos na Zona Sul da cidade, mas também pelo anúncio da ampliação de verbas que serão destinadas à diversas obras de mobilidade urbana em toda a Região Metropolitana do Recife. 

O governador Eduardo Campos revelou o novo aporte de R$ 2,4 bilhões no PAC Mobilidade. Do total a ser liberado, o Governo do Estado vai receber R$ 1,6 bilhão para construir viadutos e corredores exclusivos para ônibus no Grande Recife. Os R$ 800 milhões restantes, a Prefeitura do Recife utilizará na execução de outros três corredores destinados a ônibus. 

“Com essa medida, a presidenta aumentou a nossa participação no PAC mobilidade em quase 20%, mostrando o quão justo é o seu governo, que prioriza os pleitos técnicos e que valoriza àqueles que conseguem o consenso entre as prefeituras envolvidas e o próprio Governo do Estado”, disse o governador, enquanto discursava na cerimônia de entrega das casas no bairro do Pina.

As obras de mobilidade urbana estão dentro do Projeto da Copa 2014. Com foco no Sistema de Transporte Público de Passageiros da Região Metropolitana do Recife, contemplam ainda uma série de intervenções que terão impacto direto na fluidez do trânsito.

Serão tocadas pelo Governo do Estado, as obras de construção dos Corredores Exclusivos de TRO (Transporte Rápido de Ônibus) da IV Perimetral (BR-101), e da II Perimetral, que prevê a duplicação da avenida com a implantação de uma faixa exclusiva de ônibus ligando a PE-15 a PE-01.

Ainda estão incluídas as obras d’arte dos Corredores Exclusivos de Ônibus Leste-Oeste e Norte-Sul. No primeiro será construído um elevado na Benfica e um túnel na Real da Torre. Outros três elevados serão erguidos no Leste-Oeste: na III Perimetral, no Bom Pastor e outro próximo à UPA da Caxangá. Além disso, cinco estações para embarque e desembarque para usuários fazem parte deste eixo. O Corredor Leste-Oeste será responsável pelo transporte dos passageiros que vão circular da Praça do Derby até o Terminal Integrado de Camaragibe, com extensão de 12,3 Km.

Já para o Corredor Norte-Sul, entre o Shopping Tacaruna e o Terminal Integrado de Joana Bezerra, os recursos serão investidos na construção dos quatro viadutos estaiados nos cruzamentos mais críticos da via. São eles: viaduto da Bandeira Filho (entrada da Rosa e Silva, próximo ao Português e a Mac Donald); da Rui Barbosa, em frente ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral), atravessando a Agamenon até o Colégio Americano Batista; viaduto Joaquim Nabuco, saindo da rua Dom Bosco até o Hospital Santa Joana.

Há ainda o último elevado na Rua Paissandu, começando na General Joaquim Inácio e saindo do outro lado, no canteiro central. Todos os viadutos terão 7 m de largura na pista e torres de sustentação com 56 m de altura.

Dentro do pacote de obras sob a batuta do Governo do Estado, está também o Programa de Navegabilidade dos Rios Capibaribe e Beberibe. O projeto prevê estações de embarque e desembarque de passageiros para o transbordo e a integração com o sistema de transporte urbano existente. As rotas previstas são o corredor Fluvial Oeste - BR 101/ Centro e o Corredor Fluvial Norte - Centro/ Olinda.

A Prefeitura do Recife ficará responsável por três Corredores Exclusivos de Ônibus. O da II Perimetral (do Largo da Paz até a Avenida Presidente Kennedy), o segundo situado na III Perimetral (liga a zona norte – Rio Morno/Linha do Tiro – à zona sul da cidade - Areias, Imbiribeira e Boa Viagem) e o último do Radial Sul (entre a BR-101/IV Perimetral até a Avenida Boa Viagem).

A VISITA – Eduardo, Dilma e o prefeito João da Costa chegaram às 10h30 aos conjuntos residenciais Via Mangue I e II que abrigam 992 famílias retiradas de palafitas e comunidades ribeirinhas. Os três visitaram os apartamentos de 42m2 antes de subir ao palco armado na área comum do residencial. Dos novos moradores, Dilma recebeu presentes e várias cartinhas e bilhetes, lendo-os na hora.

A presidenta garantiu a continuidade das parcerias com o Estado e, especialmente, do Programa Minha Casa, Minha Vida “para que os brasileiros mais pobres possam ter acesso às suas moradias”.  A presidenta não poupou elogios a Eduardo Campos. “Tenham muito orgulho porque vocês têm um governador combativo, capaz, eficiente e que tem transformado Pernambuco no estado que mais cresce no país, com uma taxa de crescimento similar aos tigres asiáticos. Pernambuco é a onça nordestina”, cravou Dilma, que visita o estado pela segunda vez este mês.

O prefeito João da Costa também ressaltou a sinergia entre os governos municipal, estadual e federal. “Mais do que a entrega de 480 apartamentos, esse ato simboliza uma parceria que vem promovendo mudanças significativas na vida do povo do Recife”, destacou. O projeto Via Mangue é um complexo viário projetado para melhorar o transito da Zona Sul do Recife e está orçado em R$ 550 milhões.

Ainda prestigiaram o evento, os ministros Aguinaldo Ribeiro (Cidades), Miriam Belchior (Planejamento, Orçamento e Gestão), Fernando Bezerra Coelho (Integração Nacional) e Helena Chagas (Comunicação), além do senador Humberto Costa, dirigentes da Caixa Econômica Federal e vários políticos pernambucanos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário