sábado, 28 de janeiro de 2012

Givaldo divulga carta aberta entregue ao presidente nacional do PSB, o governador, Eduardo Campos

Givaldo Calado de Freitas

Cumprindo sua promessa, o socialista, Givaldo Calado de Freitas, enviou à toda imprensa, carta aberta que deixou no Palácio do Campo das Princesas, na última quinta-feira (26), para ser entregue ao presidente nacional do seu partido, o PSB, o governador Eduardo Campos.

Na última quinta-feira (26), o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, convocou toda a comissão provisória do partido em Garanhuns, para uma reunião na capital pernambucana, reunião esta marcada na véspera, de última hora, com o intuito de enquadrar e forçar os companheiros garanhunenses, a aceitarem a candidatura a prefeito, imposta pelo palácio do campos da princesas, do prefeito de Lajedo, Antônio João Dourado, em Garanhuns.

Não aceitando a imposição, o empresário e ex-vereador Givaldo Calado de Freitas (PSB), propôs uma pesquisa para a escolha do candidato do partido, tendo Sileno Guedes, se colocado totalmente contra, em discursão bastante calorosa, afirmando que a escolha já estava feita a favor do prefeito e Lajedo. Givaldo não se dando por satisfeito foi ao palácio entregar uma carta aberta a Eduardo Campos.

Veja abaixo a integra da carta entregue no Palácio:

Excelentíssimo Senhor Governador do Estado de Pernambuco 
Eduardo Henrique Accioly Campos 
M. D. Presidente Nacional do Partido Socialista Brasileiro - PSB

Senhor Presidente,

Saúdo em V.Exa. a todos os companheiros que trabalham com empenho e coerência pelo crescimento do Partido Socialista Brasileiro -PSB, inserindo-o neste momento virtuoso que vivem Pernambuco e o Brasil, como não temos notícia em nenhum capítulo de nossa História. Não tenho dúvida, Senhor Governador, de que a consagração do seu trabalho é que faz do nosso Partido uma agremiação política com presente notável e um grande futuro. 

Tenho muito orgulho de fazer parte desse trabalho, modestamente, em meu pequeno mundo, Garanhuns. Aqui, onde o PSB alcançou uma dimensão, que poucos partidos tiveram até hoje, abrindo a análise e a discussão de todos os grandes problemas sociais da região, uma iniciativa extraordinária dos companheiros - especialmente do presidente da Comissão Municipal Provisória, Ivan Rodrigues, cuja história pessoal e política dispensam qualquer comentário. 

E porque o Partido tem se destacado na mobilização de lideranças locais - de todos os setores - para encontrar os melhores caminhos não apenas para Garanhuns, mas para todo o Agreste Meridional - inevitavelmente começaram a surgir nomes possíveis para governar nosso município a partir do próximo ano. 

Estou sendo colocado honrosamente como pré-candidato e é nessa condição que me dirijo a V.Exa. para dizer como dizia o poeta: “É o tempo da travessia /E se não ousarmos fazê-la/Teremos ficado para sempre/À margem de nós mesmos". 

Aceitei, e aceito, a sugestão da pré-candidatura porque nunca me perdi na travessia, nunca admiti ficar à margem de mim mesmo. Tenho absoluta certeza de que não o faço pela vaidade de dirigir Garanhuns, mas por conhecer os problemas da cidade, do município, e ter a convicção de que saberei enfrentar cada um - se chegar à Prefeitura -, com o apoio de V.Exa. e de todos os companheiros de Partido. 

Advogado e empresário, sempre fui, sobretudo, político, no sentido mais abrangente do termo, e por isso me dedico, em cada dia de minha existência, a pensar a cidade e todos os seus obstáculos. A descobrir os caminhos possíveis para realizar os sonhos possíveis, e um deles é coletivo: a melhoria da qualidade de vida para todos.

Por isso ouso procurar V.Exa. de uma forma diferente de outros dias, quando busquei o Partido para me fazer um dos militantes, contribuindo para o momento histórico que Pernambuco vive, governado pelo aprendiz de Miguel Arraes de Alencar, que se transformou no mestre de todos nós. 

Estou me apresentando a V.Exa. como pré-candidato a prefeito de Garanhuns nas eleições deste ano. E me empenho para que o Partido chegue unido e mais forte à eleição municipal, fazendo de 2013 o ano em que nosso município - como Pernambuco vem fazendo -  iniciará um trabalho histórico de crescimento, gerando trabalho e renda, fazendo as transformações inadiáveis, com a celeridade que exigem os novos tempos.

Fui advogado militante; advogado do Banco Nacional da Habitação e da Caixa Econômica Federal, como também dirigente sindical e vereador, e hoje sou ativo empresário dos ramos da construção civil e da hotelaria na minha cidade de Garanhuns. Além de ter exercitado forte militância estudantil e partidária, e no nosso partido seu presidente municipal por vários anos, a ele voltado pelas mãos honradas do nosso bravo companheiro e presidente Ivan Rodrigues da Silva. Portanto, julgo-me preparado para exercer o honroso cargo de prefeito da minha cidade como assim o fez o grande líder garanhuense, meu sogro, Amílcar da Mota Valença.

Na certeza de que V. Exa., na condição de defensor intransigente dos postulados democráticos, reconhecido por todo o povo pernambucano e brasileiro, atenderá ao meu pedido no sentido que se exercite a democracia no nosso partido em Garanhuns, subscrevo-me.

Saudações socialistas.

Garanhuns, 25 de janeiro de 2012

Givaldo Calado de Freitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário