domingo, 30 de outubro de 2011

Pesquisa mostra que eleitor de Garanhuns não vota em prefeito de Lajedo nem mesmo com o apoio do Governador Eduardo Campos


Pesquisa realizada pelo Instituto Data Agreste, instituto este com grande credibilidade em Garanhuns e região graças ao seu enorme número de acertos em várias eleições passadas, com grande destaque para as eleições de 2010 onde o instituto acertou em praticamente todos os percentuais dos candidatos a deputados estaduais e federais na região, mostra que eleitor de Garanhuns não vota para prefeito em candidato de fora como o prefeito de Lajedo Antônio João Dourado, nem mesmo com o apoio do Governador Eduardo Campos.

A pesquisa foi realizada entre os dias 26 e 28 do mês de outubro em todos os bairros da cidade e nos três distritos que abrange também a zona rural do município, foram entrevistadas 431 pessoas divididas proporcionalmente por sexo, idade, escolaridade e renda, mostrando os seguintes números: Izaías Régis (PTB) - 25,3%; Zé da Luz (PHS) - 21,8%; Aurora Cristina (PSDB) - 10,7%; Zaqueu Naum (PDT) - 7,7%; Dimas Carvalho (PC do B) - 7%; Ivo Amaral (PMDB) - 5,8%; Sivaldo Albino (PPS) - 3,9%; Antônio João Dourado (PSB) - 2,6%; Rosa Quidute (PT) - 2,3%.

No quesito em que se fez a pergunta em quem o eleitor votaria se entre o deputado estadual Izaías Régis apoiado pelo senador Armando Monteiro e Antônio Dourado apoiado pelo governador Eduardo Campos, os petebistas se saíram melhor, pois teriam 48,3%, contra 12,8% dos socialistas.

Veja mais números da pesquisa clicando nas tabelas abaixo:









sábado, 29 de outubro de 2011

Frente Popular continua a se esfacelar pelo interior do estado

Foto: Kleber Cisneiros

Enquanto ontem no congresso da UVP em Garanhuns o senador Armando Monteiro Neto tentou mostrar que está tudo bem com a Frete Popular formada por vários partidos em Pernambuco, tendo como seus principais partidos PSB, PTB, PT e PDT, em São João a 12 Km de Garanhuns, o PTB continua a ser atacado pelo PSB como acontece na cidade vizinha e outras cidades do estado. 

Partindo desta vez de um próprio correligionário do Senador, o prefeito da cidade Dr. Pedro (PTB), que por já estar em seu segundo mandato e não pode concorrer a reeleição, colocou o seu sobrinho no PSB para concorrer ao executivo municipal.

Já o PT por sua vez não aceitando a fome de poder do PSB, parte para brigar com o total apoio do presidente estadual do partido o deputado federal Pedro Eugênio, unido em torno dos nomes do ex-PSB Antônio de Pádua e do Dr. Hugo Cabral, os quais se mostram como favoritos nas eleições 2012 daquele município

Nova Direção do PSB Estadual ensaia recuo na candidatura do prefeito de Lajedo em Garanhuns e tenta desvincular do Palácio

Sileno e Eduarda Guedes / Foto: Daniela Gusmão
Do Blog da Folha

Adotando um discurso mais cauteloso e sem querer entrar em rotina de colisão com o PTB do senador Armando Monteiro Neto, o futuro presidente do PSB, o secretário estadual de Articulação Regional, Sileno Guedes, quis desvincular do Palácio do Campo das Princesas a ordem para que o prefeito de Lajedo, Antônio João Dourado (PSB), transferisse o domicílio eleitoral para Garanhuns, com vistas nas eleições de 2012.

Para Sileno, raciocinar essa lógica seria 'apequenar' a discussão, uma vez que o governador Eduardo Campos (PSB) está cada vez mais engajado aos temas da pauta nacional. O socialista aproveitou o espaço para tecer elogios ao neosocialista, reforçando ainda mais a tese de que a iniciativa da transferência partiu única e exclusivamente do prefeito de Lajedo.

"A gente tem que separar as coisas. A transferência do domicílio eleitoral do prefeito de Lajedo para Garanhuns não foi decisão do governador, mas de Antônio Dourado. Ele é um prefeito maduro e sabe o que faz. Não é correto apequenar a discussão, como querem fazer", defendeu primeiramente, para logo admitir: "O PSB fez o jogo que a legislação impõe".

Para o futuro presidente estadual do PSB, o partido fez as movimentações dentro do prazo que determina a legislação eleitoral, mas que isso não implica, necessariamente, em candidaturas. Sileno Guedes disse que a orientação se aplica aos demais partidos da Frente Popular em Pernambuco. "As candidaturas serão discutidas mais a frente, onde veremos se o PSB vai conseguir viabilizar ou não as postulações. Isso se aplica aos outros partidos da Frente. Não é momento de discutir eleição, até porque tudo que for discutido corre o risco de mudar lá na frente", cravou.

Sileno Guedes considerou legítimas as movimentações dos partidos em busca de se cacifar nos municípios, de olho em 2012. "Essa movimentação é salutar até para podermos sentar à mesa, no futuro, e ter opções", minimizou.


Conversas com partidos

O novo dirigente do PSB disse que teve uma conversa com o presidente estadual do PT, o deputado Pedro Eugênio, ontem (27), em Brasília. Apenas de ambos estarem na capital federal, não houve um encontro pessoal para debater tratativas eleitorais. Sileno Guedes informou que após realizar os congressos estadual e nacional do partido, vai procurar as legendas aliadas para intensificar as conversas.

Parece mesmo que de agora em diante a culpa de todas as mazelas e o que há e foi feito de errado no PSB Estadual vai ficar nas costas do ex-dirigente afastado do cargo Milton Coelho.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Senador Amando Monteiro Neto Almoça na casa do Deputado Izaias Régis com Amigos de Garanhuns

Foto: Kleber Cisneiros

Após sua participação no congresso da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP) em Garanhuns que acontece no auditório do Hotel Tavares Correia, o senador Amando Monteiro Neto chegou a pouco na casa do deputado estadual Izaías Regis junto com o também deputado estadual Silvio Costa Filho, João Batista que é secretário do PTB estadual, e com “amigos de longa data na cidade, amigos estes que estão comigo desde o começo da minha carreira politica na região” se referindo ao próprio deputado Izaías Regis ao qual logo cedo reafirmou o seu “total apoio” a sua candidatura a prefeito da cidade nas eleições 2012 e os empresários José Carlos dos Santos (Cacau), Marcone Silvestre e Roberto Ivo, aos quais fez questão de convidá-los para o almoço na casa do deputado. Na foto acima da esquerda para a direita, Roberto Ivo, Izaías Regis, Amando Monteiro, Cacau e Marcone Silvestre.

Em visita a Garanhuns, Senador Amando Monteiro reafirma seu apoio a candidatura de Izaias Regis

Foto: Kleber Cisneiros


Como faz todos os anos, o senador Armando Monteiro, presidente estadual do PTB, participou na manhã desta sexta-feira (28), em Garanhuns, no Agreste do Estado, do congresso estadual da União dos Vereadores de Pernambuco. Falou na abertura do evento, que reúne mais de 300 parlamentares de 100 municípios do Estado.
Em entrevistas a blogs e rádios, Armando Monteiro fez uma avaliação do Congresso e comentou a pré-candidatura do deputado estadual Izaías Régis, do PTB, à Prefeitura de Garanhuns, que o recebeu na cidade. “Temos um candidato que tem um enraizamento, que tem uma extensa folha de serviços prestados ao município, que tem uma identificação com uma agenda de desenvolvimento local, que é um misto de empresário e de político na sua trajetória. Então, nós temos muita convicção que poderemos oferecer uma candidatura a Garanhuns”, comentou.

Veja abaixo as declarações de Armando a blogs e rádios:

Sobre o congresso da UVP

Armando Monteiro – “Eu tenho participado todos os anos e fiz muita questão de participar deste porque, inclusive, não sendo um ano eleitoral, a nossa presença tem um caráter mesmo de apreço aos vereadores. A nossa presença não pode ser confundida com uma presença de interesse meramente eleitoral. Eu vim fundamentalmente dar um testemunho do meu apreço a esse nível da representação dos vereadores de Pernambuco. Acho que a UVP tem dado exemplos de que é possível promover esse associativismo, estreitando os laços de convivência dos vereadores de todas as regiões de Pernambuco e definindo claramente, nesses congressos, um alinhamento, uma convergência de posições, não só de ações de interesse diretamente dos vereadores, mas sobretudo de interesse de Pernambuco. Essa agenda da UVP cada vez mais se sintoniza com os interesses de Pernambuco, das suas microrregiões, de todos os diferentes rincões de Pernambuco. Esse me parece que tem sido o grande resultado dos encontros da UVP”.

Sobre a sucessão municipal em Garanhuns

Armando Monteiro – “Se me procurarem (para falar sobre reação ao nome de Antônio João Dourado, pré-candidato do PSB no município), eu darei uma opinião, até contrária. Porque acho que não cabe repudiar pré-candidaturas ou candidaturas, o que cabe é discutir uma agenda para Garanhuns e ao povo é quem compete julgar as candidaturas que têm mais legitimidade, mais aderência às aspirações populares. Acho que qualquer movimento de repúdio soa como uma intolerância e acho que, no processo de convivência democrática, a gente não deve excluir a participação das pessoas, de ninguém, de ninguém. Acho que a questão é a seguinte: vamos fazer um debate alto sobre as questões de interesse do município e o povo é quem vai, ao final, julgar quem que acha que tem mais legitimidade para conduzir um projeto em favor do município e da região. Essa é a questão fundamental. Manifestações de intolerância, excludentes, não são, a meu ver, uma forma própria de conduzir o processo”.

Sobre a pré-candidatura de Izaias Régis

Armando Monteiro – “Nós do PTB entendemos que o processo deve estar aberto, não há reserva de mercado. Tanto na economia quanto na política reserva de mercado não dá certo. Ou seja, o processo na democracia é de franco acesso, as pessoas disputam onde entenderem que podem, evidentemente observando a lei. E aí cabe ao povo fazer o julgamento. Quanto mais opções você possa oferecer ao eleitor, melhor. Como nós do PTB temos muita consciência de que temos um candidato que tem um enraizamento, que tem uma extensa folha de serviços prestados ao município, que tem uma identificação com uma agenda de desenvolvimento local, que é um misto de empresário e de político na sua trajetória, então, nós temos muita convicção que poderemos oferecer uma candidatura a Garanhuns, uma candidatura que preencha todos os requisitos, e vamos seguir mais interessados em destacar os atributos e as qualidades do nosso candidato do que estar propriamente preocupado em desqualificar qualquer outro concorrente”.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Centro de Cultura Luiz Freire realiza oficina em Garanhuns

























A equipe de comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire chega ao Agreste Meridional de Pernambuco, neste sábado (29 de outubro), para realizar a oficina Comunicação e Direitos Humanos. Desta vez, a oficina acontecerá em Garanhuns, na Associação do Comércio, da Indústria e Agroindustrial de Garanhuns e Agreste Meridional – ACIAGAM (Av. Rui Barbosa, 749), a partir das 9h.

Estão convidadas entidades, comunicadores populares, blogueiros, radialistas, professores, estudantes, jornalistas e quem mais tiver interesse em discutir a comunicação enquanto direito humano. Entre os temas que serão levantados, estão as propostas resultantes da I Conferência Nacional de Comunicação e a criação de um novo marco regulatório das comunicações.

A atividade acontecerá pela manhã e pela tarde, com intervalo para almoço e lanche – oferecidos pelo CCLF. Os participantes receberão o material da oficina, com artigos e cartilhas sobre o tema. Haverá exibição de vídeos e espaço para que os participantes debatam questões pertinentes à comunicação em sua região.

Data: 29/10/2011
Horário: das 9h às 16h
Local: Associação do Comércio, da Indústria e Agroindustrial de Garanhuns e Agreste Meridional - ACIAGAM: Av. Rui Barbosa, 749, Garanhuns - PE

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Armando diz que não aceitará 'imposições'



Do Jornal do Commercio

Mesmo ciente de que a Frente Popular se tornou um campo minado, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) decidiu endurecer o discurso. Farto das recentes alfinetadas de integrantes do PSB, e sem dar sinais de que pretende mudar sua estratégia de fortalecimento no interior do Estado, ele falou ontem ao JC. Assegurou estar tranquilo frente às posições que tem assumido dentro da aliança governista e foi categórico ao afirmar que não pretende se curvar às imposições do PSB, que tem demonstrado irritação com sua atuação política em Pernambuco. "Não vou pedir licença para me movimentar no meu Estado. Não preciso pedir licença a ninguém, eu sempre fiz isso", afirmou em evidente recado aos aliados socialistas.

As desavenças entre as duas legendas começaram no início deste ano, quando o senador orientou a bancada do PTB na Assembleia Legislativa a se posicionar contra a emenda que garantiu o quarto mandato consecutivo ao presidente da casa, deputado Guilherme Uchoa (PDT). A emenda foi um "mimo" ofertado pelo governador Eduardo Campos (PSB) ao aliado pedetista. Em seguida, o trabalhista retomou as andanças pelo interior, quando aproveitou para incrementar os quadros do PTB até a data limite para o fim das filiações partidárias. Em represália, assistiu a um avanço socialista em cidades como Goiana e Garanhuns.

Questionado sobre o porquê de suas movimentações incomodarem tanto os aliados, Monteiro Neto foi ainda mais incisivo: "É preciso perguntar a eles porque as minhas movimentações estão incomodando tanto!", desafiou. Armando Monteiro tem sido o alvo preferencial dos socialistas, que o enxergam como o principal adversário nas eleições de 2014, quando o governador não poderá mais disputar a reeleição. "Não recebi recado nenhum do governador e numa convivência como a nossa, não cabem recados. Nós temos um canal direto, não há problema. E posso garantir que não tenho nenhuma ansiedade em relação a 2012, muito menos a 2014".

Para o senador, a relação com Eduardo não está difícil. Sem citar nomes, ele avalia que políticos que atuam no entorno do governador é que estão alimentando intrigas entre os dois. "O fundamental é que não vou me deixar perturbar por essas figuras periféricas, que atuam de forma desagregadora. Continuarei preservando a minha autonomia e a minha independência. Vou continuar me movimentando", avisou o trabalhista, que permanece placidamente com suas andanças e articulações pelo Estado.

sábado, 22 de outubro de 2011

Partidos e Sociedade Civil Organizada pedem investigação contra Antônio João Dourado e Leonardo Dias

foto: Kleber Cisneiros
Em visita ao ministério público de Garanhuns, alguns integrantes de uma frente suprapartidária formada por 19 partidos políticos e sociedade civil organizada, reunidos contra o que chamam de “Intervenção Branca” do PSB Estadual em Garanhuns com a imposição da candidatura do Prefeito de Lajedo Antônio João dourado ao cargo de prefeito nas eleições 2012, pediram que fosse investigada as circunstancias das mudanças de domicilio eleitoral do mesmo como também do deputado estadual Leonardo Dias. Pois segundo a frente, estes nunca residiram, residem ou convivem na cidade, e de acordo com as leis vigentes, eles teriam de provar que moram na cidade a pelo menos três meses antes da mudança.

Na foto acima estão da direita para a esquerda, Pedro Passos presidente municipal do PT, vereador e presidente municipal do PV Geraldo Lucena, Vereador Ary Jr. (PTB), irmão do Vereador Sivaldo Albino (PPS) Johny Albino também do PPS, Audálio Ramos Filho presidente municipal do PSDC e o advogado Tony Neto, presidente municipal do PRB.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Manifesto Contra Intervenção Branca do PSB Estadual em Garanhuns


Manifesto Pluripartidário Contra Intervenção Branca do PSB Estadual em Garanhuns na Câmara dos Veadores no dia 10/10/2011. Com a presença dentre outros do Dr. Silvino Duarte (PSDB), O deputado Izaías Régis (PTB), O Prefeito Luiz Carlos (PDT), Vereador Ary Jr. (PTB), Vereador Sivaldo Albino (PPS), Paulo Camelo (PSOL), Alexandre Marinho Presidente do PSD Local, O Advogado Tony Neto Presidente do PRB Local, Vereador Zé de Vilaço Presidente da Câmara dos Vereadores dentre outros presidentes de partidos, vereadores, representantes da Sociedade Civil Organizada.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Presidente do PRB Garanhuns o Advogado Tony Neto à Rádio 7 Colinas


Entrevista com o Advogado Tony Neto Presidente do PRB Garanhuns à Rádio 7 Colinas a respeito da "Intervenção Branca" do PSB Estadual em Garanhuns com a candidatura à prefeito do Prefeito de Lajedo Antônio João Dourado em Garanhuns nas eleições 2012

Alexandre Marinho Presidente do PSD Garanhuns na Rádio Marano


Entrevista do Presidente do PSD Garanhuns, Alexandre Marinho, à Marco Cardoso da rádio Marano sobre a "intervenção branca" do PSB Estadual Impondo em Garanhuns a candidatura do Prefeito de Lajedo Antônio João Dourado.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Mônica Simone Presidenta do Sindicato dos Servidores de Lajedo


Depoimento da Presidenta do Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Lajedo (Mônica Simone) sobre a situação dos servidores públicos da cidade.