domingo, 20 de novembro de 2011

Cúpula do PSB Garanhuns se rende as pressões do PSB estadual e recebe prefeito de Lajedo Antônio João Dourado como pré-candidato em sua reunião

Ivan Rodrigues, Emilía Pessoa e Marlos Duarte / Foto: Kleber Cisneiros
Para surpresa de todos os presentes no auditório do Garanhuns Palace Hotel na tarde deste sábado (19), onde aconteceu a primeira reunião do PSB local depois de exatos 45 dias do anuncio da transferência do domicilio eleitoral do prefeito de Lajedo Antônio João Dourado para Garanhuns afim disputar pelo partido o cargo de prefeito da cidade, causando inclusive muitos protestos dentro do próprio PSB Garanhuns. Um dos presentes era o próprio Antônio João Dourado.

O qual já foi aceito como mais um dos pré-candidatos do PSB local pelo núcleo duro do partido em Garanhuns, formado pelo seu Presidente Ivan Rodrigues diretor financeiro da Agência Reguladora do Estado de Pernambuco (ARPE), Emília Pessoa diretora do Hospital Regional Dom Moura (HRDM) e seu marido e integrante do Funrural. Todos assim com fortes laços com o Governo do Estado.


Já na plateia formada em sua grande maioria por funcionários contratados do Hospital Regional Dom Moura, seus familiares e populares, o sentimento já não era o mesmo, mas sim de incomodo, indiferença, surpresa e ansiedade na espera pelo fim da reunião para que pudessem aproveitar o restante da tarde de sábado

Um comentário:

  1. Não adianta espernear!!!
    O governador esteve aqui e não conseguiu o apoio da classe política dominante.Muitos sabem da tal reunião.
    Então está usando as armas que tem.

    Infelizmente para os que estão AGONIZANDO,tudo isso vai ficar nas mãos do POVO. Se a sociedadde formadora de opinião é mesmo formadora, não háo que temer. Mas com uma classe política totalmente desacreditada e uma cidade parada há varios anos sendo engolida pelo desenvolvimento das cidades vizinhas abre-se uma lacuna enorme para que o povo se manifeste contra a atual situação. Antonio João está tentando se encaixar nessa lacuna.

    Com todo o respeito a todos os críticos eu darei minha opinião:

    Não será apenas com discursos contraditórios, ofensivos ou " TENTATIVAS FAJUTAS" de mobilização popular que vai se reverter o quadro ( visto a última e ridícula mobilização feita no colunata).Quanto mais se bater nessa tecla , mais propaganda para Antonio João.

    FALEI LÁ NO COMEÇO DESSA HISTÓRIA :

    A estratégia está errada! As ações estão equivocadas.

    Mas eu sou apenas um eleitor sem formação acadêmica de destaque,autônomo como qualquer um outro da cidade e não faço parte da classe política nem formadora de o pinião da sociedade.

    Do alto da minha ignorância e independência politico-partidária digo que não sou militante de QUALQUER PARTIDO , não tenho amizade, proximidade nem initinidade com NENHUM DOS CANDIDATOS até agora apontados pela mídia e vou votar naquele que eu perceba que será o MELHOR PARA MINHA CIDADE. Se eu vislumbrar que só haverá progresso com um candidato de fora É NELE QUE EU VOTO. Pode ser Lula, Fernando, Antonio, Pedro, Joaquim, Jurema... Se qualquer outro me convencer do contrário, BOM votarei nele.
    Prezo pelo desenvolvimento da minha cidade em detrimento das minhas preferências pessoais.

    Daqui até outubro tem tempo para eu analisar.

    ResponderExcluir