sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Em visita a Garanhuns, Senador Amando Monteiro reafirma seu apoio a candidatura de Izaias Regis

Foto: Kleber Cisneiros


Como faz todos os anos, o senador Armando Monteiro, presidente estadual do PTB, participou na manhã desta sexta-feira (28), em Garanhuns, no Agreste do Estado, do congresso estadual da União dos Vereadores de Pernambuco. Falou na abertura do evento, que reúne mais de 300 parlamentares de 100 municípios do Estado.
Em entrevistas a blogs e rádios, Armando Monteiro fez uma avaliação do Congresso e comentou a pré-candidatura do deputado estadual Izaías Régis, do PTB, à Prefeitura de Garanhuns, que o recebeu na cidade. “Temos um candidato que tem um enraizamento, que tem uma extensa folha de serviços prestados ao município, que tem uma identificação com uma agenda de desenvolvimento local, que é um misto de empresário e de político na sua trajetória. Então, nós temos muita convicção que poderemos oferecer uma candidatura a Garanhuns”, comentou.

Veja abaixo as declarações de Armando a blogs e rádios:

Sobre o congresso da UVP

Armando Monteiro – “Eu tenho participado todos os anos e fiz muita questão de participar deste porque, inclusive, não sendo um ano eleitoral, a nossa presença tem um caráter mesmo de apreço aos vereadores. A nossa presença não pode ser confundida com uma presença de interesse meramente eleitoral. Eu vim fundamentalmente dar um testemunho do meu apreço a esse nível da representação dos vereadores de Pernambuco. Acho que a UVP tem dado exemplos de que é possível promover esse associativismo, estreitando os laços de convivência dos vereadores de todas as regiões de Pernambuco e definindo claramente, nesses congressos, um alinhamento, uma convergência de posições, não só de ações de interesse diretamente dos vereadores, mas sobretudo de interesse de Pernambuco. Essa agenda da UVP cada vez mais se sintoniza com os interesses de Pernambuco, das suas microrregiões, de todos os diferentes rincões de Pernambuco. Esse me parece que tem sido o grande resultado dos encontros da UVP”.

Sobre a sucessão municipal em Garanhuns

Armando Monteiro – “Se me procurarem (para falar sobre reação ao nome de Antônio João Dourado, pré-candidato do PSB no município), eu darei uma opinião, até contrária. Porque acho que não cabe repudiar pré-candidaturas ou candidaturas, o que cabe é discutir uma agenda para Garanhuns e ao povo é quem compete julgar as candidaturas que têm mais legitimidade, mais aderência às aspirações populares. Acho que qualquer movimento de repúdio soa como uma intolerância e acho que, no processo de convivência democrática, a gente não deve excluir a participação das pessoas, de ninguém, de ninguém. Acho que a questão é a seguinte: vamos fazer um debate alto sobre as questões de interesse do município e o povo é quem vai, ao final, julgar quem que acha que tem mais legitimidade para conduzir um projeto em favor do município e da região. Essa é a questão fundamental. Manifestações de intolerância, excludentes, não são, a meu ver, uma forma própria de conduzir o processo”.

Sobre a pré-candidatura de Izaias Régis

Armando Monteiro – “Nós do PTB entendemos que o processo deve estar aberto, não há reserva de mercado. Tanto na economia quanto na política reserva de mercado não dá certo. Ou seja, o processo na democracia é de franco acesso, as pessoas disputam onde entenderem que podem, evidentemente observando a lei. E aí cabe ao povo fazer o julgamento. Quanto mais opções você possa oferecer ao eleitor, melhor. Como nós do PTB temos muita consciência de que temos um candidato que tem um enraizamento, que tem uma extensa folha de serviços prestados ao município, que tem uma identificação com uma agenda de desenvolvimento local, que é um misto de empresário e de político na sua trajetória, então, nós temos muita convicção que poderemos oferecer uma candidatura a Garanhuns, uma candidatura que preencha todos os requisitos, e vamos seguir mais interessados em destacar os atributos e as qualidades do nosso candidato do que estar propriamente preocupado em desqualificar qualquer outro concorrente”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário